OGIVA NUCLEAR

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Nota de Condolência

O Partido de Renovação Social (PRS) está de luto. Morreu em Bissau no dia 19 de Fevereiro, o seu militante e deputado da Nação, Alberto Lamine Djaló, vítima de doença prolongada. Lamine Djaló nasceu no sector de Pirada, Região de Ga nos ano 1960. Fez os seus estudos primários na Escola 11 de Novembro e concluiu 4ª Classe no ano 1975. Depois de concluir o ciclo entro para o Liceu Nacional Kwame N’krumah no ano 1982.
Quando terminou o liceu, foi professor de Matemática na escola Hoji Henda em Bafatá no ano lectivo 1983/84. Ainda em 1984, Alberto Lamine Djaló foi para ex-União Soviética onde permaneceu até 1990, quando concluiu o Curso superior de geotécnia.
De volta ao país natal (Guiné-Bissau), Alberto Djaló ingressou como funcionário do Ministério da Agricultura e Pecuária. No ano 2003, foi delegado Regional da Agricultura em Gabu.
Foi chefe do projecto Agro-silvo pastoril em Bafatá e Chefe de programa do ambiente e energia no projecto APRODEL igualmente em Bafatá.
Militante do PRS desde 1995, Alberto Djaló foi eleito na última legislatura, deputado da Nação no Círculo 17 – Pirada. Membro da Comissão Política do PRS até a data da sua morte, o malagrado desempenhou entre outras funções no partido, Secretário da Comissão especializada Permanente para Área da Agricultura, Pescas, Recursos Naturais, Turismo e ambiente.

Alberto Lamine Djaló era casado segundo usos e costumes e deixou a viúva com cinco filhos. 

Sem comentários:

Enviar um comentário