OGIVA NUCLEAR

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018








Só se perde uma batalha  ou uma guerra quando menospresamos o nosso inimigo ou rival ao pensarmos apenas nas nossas capacidades ou superioridades.

Em momento algum Doka Internacional ou a sua equipa farão parte daqueles que pensam que a humilhação e a derrota de muitos poderão ser a sua alegria ou felicidade.

Desinformem como quiserem, o certo e o absloluto é que a decepção será grande demais para muitos.  Nós que tivemos no terreno e no embate, sabemos ao fundo o que ali se passou e o que vai acontecer na próxima semana.

Esta equipa nunca conheceu a derrota e não será agora. 
Que se mantenham todos firmes, porque a situação daqui não é a CEDEAO e muito menos as pessoas que as redes sociais desinformam.  Próxima semana será o estrondo e o levantar do Internacional, porque em Portugal as coisas funcionam e como deve ser.

Aleluia

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

FONTE: www.defuntoscorda.blogspot.com

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Defuntos Corda ka sta na durmi
O colectivo deste blog Defuntos Corda esta acompanhando a situação do julgamento em Portugal do Doka Internacional. Segundo as informações que vamos recebendo, dão de conta que a queixosa saiu de cabeça baixa por não esperar do que ali se passou. 
No entanto estranhamos o silêncio que Doka Internacional e da sua equipa em não virem ao publico explicar realmente o sucedido, mas percebemos que estão esperando pela decisão final que será proferida na próxima semana e assim poderem informar com mais exactidão e com exibição documentais.  Sem querermos defender a este ou aquele, esperamos que a surpresa irá ser enormissima para muitos.

A CARA DA GUINÉ BISSAU MUDANDO AOS POUCOS E EM SINTONIA COM PORTUGAL.
O TURISMO NO SEU MAIS ALTO NIVÉL
AOS POUCOS LÁ CHEGAREMOS






DOKA INTERNACIONAL PROCURANDO O CONTACTO TELEFONICO DOS ELEMENTOS DA PJ:
- FERNANDO JORGE BARRETO COSTA
- CORNÉLIA FLORINDA VIEIRA TÉ
- CORREIA QUITOLE
- FERNANDO CORREIA
- DOMINGOS MONTEIRO CORREIA
- SENGHOR OLIVEIRA CA

PORTUGAL ESTA DANDO AULAS DE DIREITO A MUITA GENTE E DEMONSTRANDO QUE AQUI É UM VERDADEIRO ESTADO DE DIREITO.
ESTA EQUIPA ESTA COM PRESSA PARA QUE CHEGUEMOS A PRÓXIMA SEMANA E APRESENTARMOS OS DOCUMENTOS, NINGUÉM SE VAI PRONUNCIAR ATÉ A PRÓXIMA SEMANA.
E NÓS AQUI NÃO DESINFORMAMOS.  VAMOS APRESENTAR OS RESULTADOS EM TEMPO REAL SEGUIDO DE UMA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA NA GUINÉ BISSAU COM TUDO REGISTADO EM REDES SOCIAIS.
UMA DAS FRASES NO ACONTECIMENTO DA PARTE DE QUEM COMANDAVA E DIRIGIA O ATAQUE E DEFESA DO NOSSO LADO:
" FOI UMA CONFUSÃO QUE FIZERAM EM TRAZER- TE AQUI..., E SERÁ A CONFUSÃO QUE TE VAI TIRAR DAQUI "
POR OUTRO LADO TAMBÉM SE DISSE AINDA DO NOSSO COMANDANTE
" ELES VIERAM CONFIANTES NUMA VITÓRIA CERTA E ABSOLUTA..., NO ENTANTO SAÍRAM DAQUI COM A INCERTEZA DE QUEM VAI GANHAR ISTO " 
PORTANTO, GUINEENSES, AGUARDEM UM POUCO MAIS PORQUE AQUI NÃO ESCONDEMOS NADA, APENAS IREMOS NOS PRONUNCIAR NA PRÓXIMA SEMANA.
MAS PORTUGAL, ACREDITEM, QUE AS COISAS FUNCIONAM E BEM.
PRÓXIMA SEMANA, SERÁ O MOMENTO DA VERDADE.  O MOMENTO DE TODA A VERDADE.
FALANDO POR ENIGMAS, E PERCEBENDO QUEM QUISER PERCEBER E ENTENDA QUEM QUISER ENTENDER.
NO DICIONARIO NÃO EXISTE A DERROTA E ALIAS NUNCA EXISTIU.
PRÓXIMA SEMANA TUDO SERÁ APRESENTADO.  ESTA EQUIPA ESTA ORGULHOSA. ESTAMOS AGUENTANDO A CARGA DE DESINFORMAÇÕES, MAS TUDO SERÁ EXIBIDO. PORQUE AQUI NÃO SOMOS DERROTADOS.  ESTA EQUIPA É PODEROSA.

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

MAIS UM PASSO GIGANTESCO DO NOSSO IRMÃO CALIFA SOARES CASSAMA

A NOSSA EQUIPA ESTA ORGULHOSA E ESTAMOS SOLIDARIOS COM O INTERNACIONAL PUTO DE MANCHESTER.
TODOS ESTAMOS ANSIOSOS PARA QUE CHEGUE A PRÓXIMA SEMANA.
O INTERNACIONAL SE DESLOCOU A LISBOA E SAIU EM GRANDE METENDO TRAVÃO NUMA GIGANTESCA CONSPIRAÇÃO..., MAS AGUARDEMOS PORQUE FALTAM POUCOS DIAS E MUITA COISA SERÁ EXIBIDA.

VAMOS AGUARDAR PELA DECISÃO FINAL.
PORQUE ESTAMOS TODOS ANSIOSOS.
PARABÉNS DJAMBAKUSS NUCLEAR.
SURPRESA...., VAI HAVER SURPRESA E DAS GRANDES.
QUEM NINGUÉM PROTESTE.
SURPRESA E DECEPÇÃO PARA MUITOS E DAS GRANDES.

DSP NUNCA FIA BRAIMA .
BC ka fácil DSP Kata fial nim mbocadinho, um homem coerente,  determinado,  persistente  i convicto na si propósito BC KA FÁCIL.

domingo, 25 de fevereiro de 2018

BOMBA
AS NAÇÕES UNIDAS NÃO APROVAM AS SANÇÕES IMPOSTAS PELA CEDEAO E NÃO AS ADOTA. Ler este paragrafo
A CEDEAO, então, aplicou sanções a 19 personalidades guineenses, pela obstrução ao cumprimento do Acordo de Conacri, uma medida que o Conselho de Segurança da ONU reconheceu num comunicado emitido na semana passada, mas "não adota e não endossa".
PORTANTO,  VERDADE ACABA POR VIR AO DE CIMO TENDO EM CONTA DE TODA A BANDIDAGEM DE DSP E SUA EQUIPA EM INJUSTIÇAR A PERSONALIDADES POLITICAS GUINEENSES.
Apreciando e curtindo a satisfação da executiva ao lado do meu sobrinho,  filho de Abdu djaquité com destino a Portugal na passada 5ª Feira.

sábado, 24 de fevereiro de 2018

TRIBUNAL DE BISSORÃ..., ALI HÁ GATO E DOS BEM FEDORENTOS.
ALGUMA COISA CHEIRA MAL.
A QUEM DO DIREITO QUE PROCURE SABER A CAUSA DE TANTA MOROSIDADE DOS PROCESSOS E PORQUE RAZÃO AS COISAS NÃO ANDAM COMO DEVE SER. TUDO ESTA TORTO NESSE TRIBUNAL.

Mentiras do terrorista Aly Silva

 
Na sua lógica de semear confusão através de mentiras encomendadas pelo DSP, Aly Silva mais ma vez não poupou os meios para disparar duas mentiras as quais Doka Internacional vai desmonta-las a seguir:

Disse que a CEDEAO notificou a todos os bancos comerciais para bloquear as contas dos sancionados,  tamanha mentira.  O Doka Internacional  apurou junto de todos os Bancos Comerciais do país  que nenhuma instituição financeira recebeu alguma notificação da CEDEAO e nem podiam recebe-la por três razões fundamentais:

1.     Os  Bancos comerciais recebem instruções apenas de três entidades:
a)     Entidade reguladora ( BECEAO)
b)     O governo
c)     Os Tribunais

2.     A CEDEAO é uma instituição regional de estados ,as suas decisões vinculam estados ,ela não lida e nem pode lidar diretamente com as instituições publicas e privadas  internas de cada estado membro. Se assim fosse ia notificar diretamente os serviços de migração e fronteiras de todos os estados membros para cumprirem com sanções sob pena de serem demitidos das suas funções, onde estaria a soberania Aly ?

3.      A Guiné-Bissau não está vinculada a cumprir as sanções da CEDEAO mas sim outros estados membros da CEDEAO. Aliás, quando as Nações Unidas sancionaram os nossos militares em 2012, naõ foi cumprida aqui, nenhuma conta dos militares foi congelada e nenhum militar foi impedida de viajar.

Na sua missão de mentir compulsivamente,  Aly  Silva disse que o Conselho de Segurança apoiou as sanções, tamanha mentira, em nenhuma parte do comunicado do Conselho de Segurança consta que apoiou essa falsidade de sanções.  O Conselho de Segurança foi claro  quando disse: Os membros do Conselho de Segurança apoiaram os esforços da CEDEAO para garantir uma resolução rápida da crise e tomaram nota da sua decisão de 4 de fevereiro de 2018 de impor sanções contra as que obstruem a implementação do Acordo Conacri, o único quadro consensual para encontrar uma duração solução para esta crise, cujo pré-requisito continua a ser a nomeação de um primeiro ministro de consenso e de um governo inclusivo.  Tomar nota significa apoio?


Doka Intrnacional desafia o Aly para mostrar em parte ou paragrafo do comunicado do conselho de segurança onde consta o apoio as sanções. Tudo enquadra-se numa estratégia de mentira e de confusão porque a CEDEAO e DSP estão isoladas nestas medidas arbitrárias e injustas que o povo guineense já repudiou de forma inequívoca através da ultima manifestação.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

O PRS reage às difamações diabólicas e falsas propaladas pelo senhor Cipriano Cassamá


Comunicado à Imprensa



O Partido da Renovação Social comunica a população guineense, a comunidade internacional e à CEDEAO em particular, de que a mentira não passará a ser verdade pelo facto de ser repetida várias vezes.



Com efeito o PRS reage às difamações diabólicas e falsas propaladas pelo senhor Cipriano Cassamá, Presidente da Assembleia Popular, em que pretende dar conta de um plano sórdido, onde o Partido da Renovação Social pretenderia promover, amanhã, sábado dia 24, um assalto à Assembleia Nacional Popular.



Para além de caluniosas e mentirosas, estas declarações veem demonstrar claramente até onde pode levar o estado de desespero a que chegaram os nossos adversários, se é que são dignos desse nome nas pessoas do senhor Cipriano Cassamá e da sua clique de assessores nacionais e internacionais. 



O Partido da Renovação Social comunica ao povo guineense e à comunidade internacional de que ciente dos valores democráticos porque sempre pautou, nunca atentará e nunca se comprometerá com nenhuma forma de subversão contra as instituições da República. 



Portanto, que fique claro, a abertura da plenária da Assembleia Nacional Popular ficará dependente, como aliás sempre esteve ao longo dos últimos dois anos aos caprichos do senhor Cipriano Cassamá, e uma abertura forçada e fora da lei nunca será sustentada pelo Partido da Renovação Social, de resto, ato ignóbil e ilegal que só cabe na cabeça de um irresponsável. 



Bissau, 23 de fevereiro de 2018

O Porta-voz
O NORTE DO DR. GERALDO MARTINS E OUTROS “A LESTE DE TUDO”…

Por mais que queIra distanciar-me temporariamente, acabo sempre impelido a escrever algo sobre os assuntos da minha pátria-mãe! Conforme diz Mia Couto, “estou condenado a escrever sempre naquele universo, que é o mundo onde nasci e vivi.. Estou condenado a escrever sobre o meu país.”
Tenho acompanhado de forma regular e algo silenciosa, sempre com muito esforço de contenção, as autênticas obras de arte argumentativas nas páginas sociais sobre os assuntos que vão marcando o compasso do quotidiano guineense. Alguns nem merecem comentários, outros merecem que e debrucem sobre eles de forma irónica e há aqueles, o motivo principal do impulso para escrever estas linhas, que merecem um pouco mais de seriedade, apesar que, a divergência política guineense, agora com a CEDEAO de um dos lados da barricada, tem muito pouco de sério, com exceção obviamente, do sofrimento que esses aventurismos políticos vão provocando ao povo guineense.
Após essa nota introdutória, passo a dar os meus parabéns ao PAIGC, por ter conseguido organizar o Congresso, sem as vozes incómodas e com votos garantidos dos amigos e afins, sempre no espírito de Unidade, Luta e Progresso. A UNIDADE foi efetivamente a nota dominante do Congresso, traduzida não só no empenho dos seus militantes para a realização do Congresso na data escolhida, nem que fosse na rua, contra todas as adversidades, porque o adiamento poderia constituir uma questão de vida ou morte nas aspirações políticas do então líder. Houve quem se manifestou disposto a pagar com a sua vida o não adiamento do Congresso e houve mesmo quem pagou com o seu dedo a concretização dos trabalhos do Congresso e a reeleição do líder, como nos velhos tempos da luta pela libertação da Guiné-Bissau. Também saúdo desde aqui o Presidente do travestido Partido de Cabral, pela sua histórica vitória sobre si mesmo nas eleições para a liderança do partido, com 1113 votos a favor dos 1135 delegados que votaram. Julgo que feito igual nem Cabral ressuscitado conseguiria atingir! Em todo o caso, espero que o voto dos delegados tenha sido secreto, porque começo a temer pela expulsão dos 22 que votaram contra! A título de curiosidade histórica, Adolph Hitler (não sei se os delegados do PAIGC chegaram a ouvir falar dele!), também no contexto de umas eleições precedidas de atos muito semelhantes aos que precederam o Congresso do PAIGC e fazendo uso de todos os meios modernos de propaganda, como o PAIGC tem feito, conseguiu ganhar as eleições alemãs de 1933, curiosamente contra outros três candidatos, apenas com 43,9%, menos de metade da percentagem dos votos com que o líder do PAIGC ganhou a eleições! Constou-me que o Presidente do Sporting Clube de Portugal rapidamente aprendeu a lição, mas ainda não conseguiu atingir a qualidade e o nível do presidente do PAIGC. A LUTA é aquilo que o PAIGC sempre soube fazer, dentro e fora do partido, sempre em prejuízo da Guiné-Bissau e do seu povo. PROGRESSO, para quem ainda não deu conta, foi aquilo de que o PAIGC privou a Guiné-Bissau há 44 anos.
Há dias dizia-me um compatriota que o PAIGC pós-Cabral anda a mentir o povo guineense, desde a declaração da independência, que venderam ao povo que tinha sido declarada unilateralmente em Madina de Boé, quando foi, efetivamente, nas matas de Lugadjol, perto de Madina de Boé!
É esse o partido que o ex-Ministro das Finanças quer comparar com a Seleção de Futebol Alemã, no que concerne às vitórias, baseando-se numa afirmação do futebolista Gary Lineker. Mas não, caro Dr. Geraldo Martins, não há comparação possível! A seleção de futebol alemã foi sempre composta por um conjunto de profissionais de alto nível, que vestem a camisola da representatividade da pátria e fazem questão de honrar a pátria, a disputar nas mesmas condições que os outros, o tal onze contra onze de que falava Gary Lineker. Contrariamente, o PAIGC pós-Cabral é um grupo de pessoas com pouco ou nenhum profissionalismo, que não vestem a camisola dos interesses pátrio mas degladiam-se, caluniam-se, excluem-se, torturam-se e matam-se por um lugar na representatividade do Estado, não para projetar o bom nome pátrio, mas sim para a resolução do seus problemas pessoais ou familiares. O PAIGC não joga na mesma condição que os outros partidos guineemse e ganha sempre! Isso é mentira, porque o PAIGC jogou sempre na manutenção do obscurantismo da população, em confundir-se com o Estado e a transmissão da ideia que quem não está com o PAIGC é contra o PAIGC, podendo vir a sofrer consequências por esse não alinhamento com o Partido-Estado. Dessa forma, o próprio PAIGC colocou a Guiné-Bissau nos últimos lugares do campeonato do IDH!
É esse o partido em que o Dr. Geraldo Martins e amigos do Presidente do partido se sentem confortados e seguros com a cultura do voto garantido e, por seu lado, acham que aqueles que acusam judicialmente o Ex-Ministro da Economia e Finanças, por algumas opções que tomou na aplicação do dinheiro público, tencionam assaltar o partido e perpetuar-se no poder, como o PAIGC tem feito e pretende continuar a fazer! Infelizmente não entenderam que o povo já começa a perceber a essência do PAIGC e, como nunca antes se viu, hoje alguns guineenses já se sentem com consciência e liberdade para pedir publicamente a extinção desse caduco instrumento que enferruja os rolamentos das rodas do desenvolvimento da Guiné-Bissau.
Neste momento os guineenses não estão preocupados se o Dr. Geraldo Martins é ou não culpado dos crimes de que é imputado. Para isso, o povo só deve esperar a realização de uma justiça séria, independente e idônea. Mas, existe a questão executiva, económica e até política da questão. Nessas vertentes é que quer me parecer que o Dr. Geraldo Martins falhou rotundamente, em não conseguir explicar e demonstrar aos guineenses que impacto esse pretenso resgate aos bancos ou seja a assunção pelo Estado de dívidas contraídas por indivíduos e entidades privadas aos bancos, teria nos indicadores económicos do país, pelo menos naqueles mais básicos que a maioria dos cidadãos escolarizados percebem, como a balança comercial, o PIB, o défice, a exportação e a importação. O Dr. Geraldo Martins, pelos vistos, não foi sequer capaz de convencer os seus pares (economistas) do FMI, do impacto positivo sobre as contas públicas desse persistente resgate! Quem ganharia então com esse resgate? É a pergunta que fica no ar.
O Dr. Geraldo, pelo seu texto, parece querer usar as sanções da CEDEAO à algumas figuras guineenses, entre os quais o Procurador Geral da República, para não ter de responder sobre as suas opções enquanto governante.
Sobre essas sanções pouco ou nada há mais a dizer, revelando o facto demasiado óbvio que se trata daquilo que nós guineenses denominamos de “Tchuba di Caoverde, só di um burdu”. Essas sanções vieram pôr a nu a fraca idoneidade da CEDEAO como intermediário na resolução deste conflito e na defesa dos interesses do povo guineense. Qualquer criança a quem é explicado o desenrolar dos acontecimentos, até se chegar às sanções da CEDEAo (já fiz esse exercício com os meus filhos), terminam perguntando se do outro lado só existem cumpridores e santos, para além de também perguntarem o que é que algumas figuras não signatárias do Acordo de Conakry fizeram de concreto para a obstaculização da aplicação desse mesmo acordo e, as sanções envolveriam às suas famílias até que geração?!
Sinceramente, não conheço qualquer fundamentação legal em que se baseou a CEDEAO para privar cidadãos de um Estado de Direito, inclusive apolíticos, de alguns dos seus direitos mais básicos, previstos na Constituição da República! 
Julgo que a CEDEAO optou-se por colocar de um dos lados da contenda premiando os que bloquearam o país e o funcionamento da ANP, como consequência do demissão de um Primeiro-Ministro. O que a CEDEAO transmitiu aos guineenses e à outra parte da contenda, é que posições intransigentes e de bloqueio compensam e, é a minha convicção que devia passar a ser essa a resposta do PRS e dos apoiantes dos 15 deputados expulsos do PAIGC, à todos os esforços da CEDEAO e da Presidência da República no sentido do desbloqueio da situação do país…
Em todo o caso, também é minha convicção que essas sanções estão assentes numa frágil ou até ausente sustentabilidade legal, que rapidamente o brilhante Advogado João Nabais deitará por terra e ficará para a história, tendo servido apenas para o gáudio temporário daqueles que a encomendaram… 
O mal, é que muitos dos neocolonialistas e assimilados ainda não querem perceber que,  apesar da elevada taxa de analfabetismo na Guiné-Bissau, “povo ka burro”. O tempo em que a ignorância do povo era facilmente manipulável está cada vez mais a diminuir e a massa crítica guineense a aumentar.

O que o Dr. Geraldo Martins ainda não se apercebeu, é que o seu Norte já não é o mesmo Norte que indica a bússola da sociedade guineense e insistir nesse Norte, só levará com que o próprio partido a que pertence, começar a ficar Leste de Tudo..

Jorge Herbert

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Doka Internacional e seu amigo Abdu Djaquite no voo desta quinta feira da Euroatlantic com destino a Lisboa, Barcelona, Los Angeles, Las Vegas, Dubai e Ilhas Mauricious .
Curtindo a executiva
Muchacho


DECLARAÇÃO DE IMPRENSA DO CONSELHO DE SEGURANÇA SOBRE A SITUAÇÃO EM

GUINEA-BISSAU



Os membros do Conselho de Segurança foram informados, em 14 de fevereiro de 2018, pelo Representante Especial do Secretário-Geral e Chefe do Escritório Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS), Modibo Ibrahim Touré e pelo Embaixador Mauro Vieira, Representante Permanente do Brasil às Nações Unidas, na qualidade de presidente da configuração da Guiné Bissau da Comissão de Consolidação da Paz, sobre a Situação na Guiné-Bissau.

Os membros do Conselho de Segurança expressaram sua profunda preocupação com a crise política e institucional em curso na Guiné-Bissau, devido à falta de disposição dos atores políticos para alcançar uma solução consensual e sustentável. Eles pediram às partes interessadas da Guiné-Bissau que implementem plenamente o Acordo de Conakry sem demora. Denunciaram as ações tomadas por aqueles que procuram prevenir e obstruir a resolução da crise. Solicitaram a realização das eleições legislativas e presidenciais, respectivamente, em 2018 e 2019, que são livres, justas, credíveis e transparentes, inclusive através da participação plena das mulheres.

Os membros do Conselho de Segurança apoiaram os esforços da CEDEAO para garantir uma resolução rápida da crise e tomaram nota da sua decisão de 4 de fevereiro de 2018 de impor sanções contra as que obstruem a implementação do Acordo Conakry, o único quadro consensual para encontrar uma duração solução para esta crise, cujo pré-requisito continua a ser a nomeação de um primeiro ministro de consenso e de um governo inclusivo. Eles manifestaram a sua intenção de continuar a acompanhar a actual crise política e manifestaram a sua disponibilidade para tomar as medidas necessárias para responder ao novo agravamento da situação na Guiné-Bissau.

Os membros do Conselho de Segurança elogiaram o trabalho da missão de segurança da CEDEAO na Guiné-Bissau (ECOMIB) no reforço da estabilidade na Guiné-Bissau e tomou nota da decisão da Autoridade da CEDEAO de prorrogar o seu mandato até 31 de Março de 2018 na sua sessão extraordinária em 27 de janeiro de 2018 em Addis Abeba, na Etiópia.

Os membros do Conselho de Segurança elogiaram as Instituições de Defesa e Segurança da Guiné-Bissau por sua posição de não interferência no Processo Político, assegurando seu papel constitucional. Eles acreditam que a reforma das instituições de defesa e segurança continua a ser uma prioridade fundamental.

Os membros do Conselho de Segurança deploraram a falta relatada de respeito pelo direito de reunião pacífica reconhecido pela Constituição da Guiné-Bissau, bem como os instrumentos jurídicos das Nações Unidas, da CEDEAO e da União Africana. Eles pediram às autoridades da Guiné-Bissau que assegurem um estrito respeito pelas obrigações que lhes incumbem por força do direito internacional dos direitos humanos.

Os membros do Conselho de Segurança encorajaram os esforços contínuos das organizações regionais, em particular a CEDEAO, a União Africana, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e a União Européia, na mediação e promovendo o diálogo direto das partes interessadas políticas da Guiné-Bissau em vista da implementação do Acordo de Conakry e do Roteiro de 6 pontos de Bissau.

Os membros do Conselho de Segurança sublinharam a necessidade de apoio contínuo e empenho da comunidade internacional no apoio aos esforços regionais, em particular a CEDEAO, mas também a União Africana, a Comunidade de Países de Língua Portuguesa e a União Européia, com o objetivo de resolver o impasse político.

Os membros do Conselho de Segurança saudaram o empenhamento contínuo da União Africana na promoção de uma solução pacífica para o atual impasse político na Guiné-Bissau e no Comunicado da 752ª reunião do Conselho de Paz e Segurança do número da União Africana PCS / Pr / COMM. (DCCLII) emitido em 13 de fevereiro de 2018 a este respeito.

Os membros do Conselho de Segurança encorajaram o Representante Especial do Secretário-Geral a intensificar os seus esforços para promover um diálogo político inclusivo, incluindo a participação plena e efectiva das mulheres, tal como demonstrado pelo Grupo de Facilitação da Mulher, e apoiar o processo de reconciliação nacional em estreita coordenação com parceiros internacionais presentes no terreno, especialmente a CEDEAO e a União Africana pelo seu compromisso contínuo e seus consideráveis ​​esforços de mediação e facilitação, com o objetivo de resolver a crise política e institucional que prevalece na Guiné-Bissau.

21 de fevereiro de 2018

FONTE: www.defuntoscorda.blospot.com

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018


FORAM ELES, FORAM ELES QUE 2º INFORMAÇÕES NA POSSE DA NOSSA EQUIPA DEFUNTOS CORDA, ORQUESTRARAM E ENCOMENDARAM AS PERSONALIDADES QUE DEVERIAM SER SANCIONADOS PELA CEDEAO.
ESTES SÃO OS HOMENS QUE TUDO FIZERAM E CONTINUAM FAZENDO A FIM DE PREJUDICAR AOS GUINEENSES E SEUS IRMÃOS.
DEFUNTOS CORDA, O SEU BLOG DE INFORMAÇÃO PRECISA.





Convicção e determinação da maioria dos guineenses.
Há um movimento expontâneo a volta do Braima Camará denominado:
     MOVIMENTO GUINÉ LANTA
          BRAIMA CAMARÁ I NÔ ESPERANÇA.


TIC TAC... TIC TAC.
ELE VAI CAIR, ELE VAI TOMBAR. 
JA NAO EXISTEM CONDICOES.
34 DIAS HOJE. 
TIC...TAC... TIC TAC 
O quimico passado passado a gestor de assuntos obscuros de DSP podera ser detido a qualquer momento. 



quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

JOÃO NABAIS GARANTE QUE O CASO DOS 19 SANCIONADOS INJUSTAMENTE PELA CEDEAO, IRÁ SER ALGO INÉDITO E QUE NÃO IRÁ PERDER ESTE PROCESSO. JAMAIS.
NABAIS, O ADVOGADO MUITO TEMIDO PELAS HOSTES DO DSP E QUE RECEIAM O PIOR COM O EXERCÍCIO DE NABAIS NOS TRIBUNAIS DA COMUNIDADE. ELES NÃO BRINCAM EM SERVIÇO. GANHAM TODOS OS CASOS

TIC TAC..., TIC TAC
ALGUÉM VAI TOMBAR

Completam hoje 33 dias que a Guine Bissau esta sem governo .
Algo que jamais  aconteceria em qualquer outro pais.
Alguma coisa nao bate bem 

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

CONTAGEM DECRESCENTE
QUEDA DA ANP A QUALQUER MOMENTO.
E O POVO SE PREPARA PARA RETOMAR O SEU VERDADEIRO LUGAR. PELO QUAL JÁ O DEVERIA TER FEITO A MUITO TEMPO.
QUE HAJA SANGUE, QUE HAJA MORTES, MAS O POVO JAMAIS DEIXARÁ QUE A TIRANIA REINE OU PONHA EM CAUSA A NOSSA SOBERANIA, PORQUE MORRER PELA PATRIA É VIVER.

A PATRIA TEM QUE SER  DEFENDIDA COM UNHAS E DENTES, COM GARRAS, DETERMINAÇÃO E CORAGEM.

ESTA PREVISTO PARA BREVE A TOMADA DA CASA DO POVO.
TODOS JUNTOS QUE SEJAM ATROPELADOS OS QUE DESEJAM FAZER FRENTE AO POVO. 
O lider do partido socialista guineense; Secuna Balde criticou fortemente o POSICIONAMENTO da CEDEAO devido as ditas sancões tendenciosas e encomendadas. A entrevista foi numa das radios da capital guineense. E o certo é que é mais uma vôz que se junta ao lado dos injustiçados e da verdade.








Dentro de poucos minutos, as 11 horas, as 19 personalidades sancionadas pela CEDEAO de uma forma arbitraria, tendenciosa e encomendada por DSP e sua equipa de traidores, irão entregar pessoalmente uma petição na sede da cedeao.

O mundo assistiu e viu o grito do povo em defesa da verdade e contra a tirania de pessoas que vao contra os interesses da nacao e do seu bem estar .
Doka Internacional sempre na linha da frente da INFORMACAO .

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

A DIASPORA GUINEENSE EM FRANÇA
Solidària

A diaspora Guineense em França vem manifestar a sua solidariedade com os nossos irmâos em luta pela soberania do nosso povo.

Partilhamos as vossas reivindicações nesse grande dia em que os guineense observam uma especial atenção aos problemas que afectam a vida social e politica do nosso pais.

Nôs condenamos as ingerências exteriores nos assuntos internos do nosso país.
A posiçâo arrogante da CEDEAO nos interpela quanto ao seu papel de mediador.

Quem está à fazer obstruções impedindo o normal funcionamento das instituições na Guiné-Bissau desde 2015?

O que está por detrás das sanções?

O problema será o acordo de Conakry où existem problemas que nos conduziram ao Acordo de Conakry?

Por outro lado perguntamos : Um lider que faz apelo aos mercenarios politicos internacionais para incendiar o seu proprio pais, qual será sua posição futuramente no país. Um lider cuja a estratégia politica é essencialmente : ameaças, intimidaçâo, recusa de tudo e qualquer forma de dialogo que nâo seja o seu desejo e que pretende fazer o congresso do partido com centenas dos seus membros excluidos brutalmente e injustamente.

Para nôs o dito Acordo de Conakry nâo é mais de que uma proposiçâo de um instrumento de dialogo na busca de uma soluçâo à crise politica vigente.

As partes têm de continuar à negociar até encontrar uma saída viável.
Nós ficamos solidários com os nossos irmâos alvos de sançôes que violam a nossa soberania e estaremos sempre ao lado da verdade.

Viva o Povo da Guiné Bissau !
Viva a paz !

Lille, dia 18 de Fevereiro de 2018
Responsável Norte França
CANTE Dembo

PRÓXIMO FIM DE SEMANA O POVO IRÁ RETOMAR A SUA CASA POR DIREITO E POR OBRIGAÇÃO.
O POVO NA PRÓXIMA MARCHA VAI ENTRAR NA ANP E ASSUMIR O SEU POSTO. 
A CASA DO POVO QUE FOI ASSALTADA E USURPADA PELOS MALFEITORES SERÁ TOMADA DE VOLTA.
AI DE QUEM TENTAR DESAFIAR O PODER E A FORÇA DO POVO.
O POVO NÃO ACEITA QUE A SOBERANIA SEJA POSTA EM CAUSA.


ANP..., QUEDA A VISTA.
O ARTIGO 94 DA CONSTITUIÇÃO DA REPUBLICA DIZ QUE:
OS PRIMEIROS DOZE MESES DO MANDATO DO PRESIDENTE DA REPUBLICA, E OS SEUS 6 ULTIMOS MESES, TAMBÉM DO SEU MANDATO...., NÃO PODE " DERRUBAR " A ANP.
NESTE MOMENTO, EXISTE UM MEDO HORRENDO PARA QUE SE MARQUEM AS ELEIÇÕES DEVIDO A FRAGILIDADE INTERNA EM QUE SE ENCONTRA O PAIGC E A TODO O CUSTO TENTAM DESINFORMAR.
DOKA INTERNACIONAL ALERTA DE QUE UMA DELEGAÇÃO DA CEDEAO ESTA PARA CHEGAR A BISSAU ENTRE HOJE E AMANHÃ. PORTANTO, SE FOREM AS MESMAS PESSOAS QUE CONHECEMOS E SABEMOS DAS SUAS INTENÇÕES, NÃO VALE A PENA O ENCONTRO, PORQUE SENDO ASSIM DE NADA VALERIA ESTA MARCHA.




AFINAL A MARCHA EM QUE O POVO DEFENDE A SOBERANIA, TEVE UM IMPACTO GIGANTESCO NOS ORGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INTERNACIONAL.
LEIAM
AS IMAGENS DO DOKA INTERNACIONAL SÃO REAIS E VERDADEIRAS, NÓS AQUI INFORMAMOS APRESENTAMOS O NECESSÁRIO E O REAL.





Discurso dia 18.02.2018 – Marcha Contra as Sanções da CEDEAO

Viva a Republica da Guiné Bissau!

Compatriotas, devemos dizer bem alto obrigado a Rússia e a China. 

Estes dois países apoiaram Cabral para formar os nossos militares. Eles deram armas a Cabral para conquistar a nossa soberania. Eles foram os aliados do PAIGC de A. Cabral para a conquista da Independência. 

As declarações destes dois países nas Nações Unidas, há dias, prova uma vez mais que  eles foram e são amigos e irmãos do nosso humilde Povo. 

Por isso Viva a Federação da Rússia! Viva a Republica Popular da China!

O PAIGC de Domingos Simões Pereira (DSP) e a sua claque, para poderem estar no poder, para venderem as riquezas da nossa Nação,  não se importam de fabricar uma imagem negativa da nossa Pátria Amada. 

O DSP diz muitas inverdades à Comunidade internacional (C.I.). (Em crioulo dizemos: DSP ta conta cafumba)

O PAIGC de DSP diz que na Guiné Bissau vivemos num inferno. 

Eles dizem que na Guiné Bissau os cidadãos são espancados, que há prisões arbitrárias, que há prisioneiros políticos, que há torturas,  que não há liberdade de reuniões, que não há liberdade de expressão, que estamos a beira de uma calamidade humanitária. 

O DSP para fabricar maldades e inverdades é de facto o melhor do mundo.  

O PAIGC de DSP só não ousa dizer, que há mortes e fuzilamentos na Guiné Bissau, porque não podem fabricar os mortos.   

O PAIGC de DSP foi fazer manifestação à frente das Nações Unidas em Bissau para poder dizer a C.I. que não há direito à reunião na nossa terra. 

Mas eles não disseram a C.I. que quem não autorizou a realização da reunião deles foi o Tribunal e não o Governo ou o JOMAV.

Aliás, logo que houve uma segunda ordem do Tribunal eles fizeram a sua reunião, de “di boca iem, só sim senhor”,  a que eles chamaram de Congresso da disciplina. 

O PAIGC de DSP disse a C.I. que há censura da Imprensa na Guiné Bissau. Mas todos os dias ouvimos as rádios, vemos a Televisão nacional e estrangeira, lemos os jornais, consultamos os bloques etc. Alguém foi censurado? Alguém foi incomodado? 

Desde que o Jomav é Presidente, algum jornalista foi espancado ou preso? Ou alguém foi preso por dizer sua opinião? 

Eu mesmo critiquei o Presidente Jomav na ANP e não fui preso! Felizmente o Guineense diz e fala o que pensa, diz o que quer e como quer!

O PAIGC de DSP diz que há violação da Constituição e subversão da ordem constitucional.

Mas até hoje, o STJ não declarou nenhum acto do Presidente Jomav ou dos 19 cidadãos sancionados como sendo inconstitucional.   

E quem declara inconstitucionalidade na Guiné Bissau é o STJ e não o DSP e a sua claque.

Devemos dizer ao DSP que é mentira dizer que na Guiné Bissau não há respeito dos direitos do homem e do cidadão. È mentira dizer que não há liberdade de reunião, que é mentira dizer que não há liberdade de manifestação ou de liberdade de imprensa e é uma grade mentira dizer que há subversão da ordem constitucional.

Na Guiné Bissau não há prisões arbitrarias, nem torturas e nem mortes. 



Devemos dizer ao DSP e a sua claque que na nossa democracia há mais liberdade de imprensa, há mais liberdade de expressão, há mais liberdade de reunião,  há mais liberdade manifestação do que na maioria dos países africanos. 

Por isso: Viva a Democracia da República da Guiné Bissau.

Com base nas inverdades fabricadas pelo DSP em colaboração com o Mediador para a Guiné Bissau Alfa Condé e com o Presidente da Comissão da CEDEAO Marcelo de Sousa, a CEDEAO decretou injustas e infundadas sanções contra 19 cidadãos, abertamente visando o Presidente Jomav, tentando intimidar políticos e Deputados da Nação e ultrajando e interferindo no nosso poder judicial. 

O DSP e a sua claque diz que estas sanções não ofendem a soberania. 

Diz que estas sanções não são contra a Guiné Bissau, mas sim contra as pessoas que impedem a execução do Acordo de Conacri. Contra as pessoas que bloqueiam o exercício dos direitos do homem e dos cidadãos. Contra as pessoas que estão a bloquear o exercício da democracia no nosso pais. Contra as pessoas que subverteram a ordem constitucional. 

Mas que grande mentira! 

Dar sanções com base na mentira fabricada pelo DSP ao filho do Presidente da República não é falta de respeito ao nosso país? Dar sanções com base na mentira aos Magistrados de um pais soberano não é interferir no seu poder judicial? Dar sanções a Deputados das Nação e Deputados da CEDEAO, sem levantar as respetivas imunidades parlamentares, não é desrespeito a nossa Pátria e a própria CEDEAO? 

Dar sanções a políticos que discordam do PAIGC do DSP não é interferir na disputa politica interna da Guiné Bissau?

Uma disputa política resolve-se com eleições e não com sanções a uma das partes em contenda. 



Esquecer ou fingir não entender qual a responsabilidade do DSP e do Cipriano Cassamá na obstrução do exercício da democracia e no incumprimento das obrigações constitucionais dos Deputados, através do abusivo encerramento da ANP, descredibiliza a CEDEAO e a natureza destas sanções.  

Estas Sanções são encomendadas por interesses obscuros. Estas sanções foram encomendadas pelo DSP e a sua claque a troco da promessa de venda das nossas riquezas. 

Mas nós estamos cá e vamos impedir que esses negócios obscuros se concretizem.

O DSP e a sua claque dizem que em 2012 os militares foram sancionados e não a Guiné Bissau. Em 2012 os militares foram sancionados porque fizeram golpe de estado. 

Será que os 19 sancionados fizeram golpe de estado?

Mas é bom relembrar que quem levou os nomes dos militares para as Nações Unidas foi o então Secretário Executivo da CPLP, isto é, o DSP.  

O DSP é useiro e vezeiro a levar nomes de cidadãos nacionais para as instâncias internacionais. (em crioulo: Ele é Ocaléro)

O DSP eliminou os seus adversários dentro do PAIGC e tal como ele diz, “disciplinou a velha e a nova guarda” do PAIGC e agora ele é o único galo. 

E agora, com a cumplicidade dos seus aliados e da sua claque, ele quer eliminar os seus adversários políticos a nível nacional para ser o Chefe Máximo, o Homem forte da Guiné Bissau. Ele quer ser em 2019 o próximo Presidente da República todo poderoso.

Queremos dizer ao DSP de que a Guiné Bissau não necessita de mais um “Homem forte” na nossa Historia.  


Na verdade o que ele quer é continuar a dividir os guineenses para reinar. 

Mas ele está totalmente enganado. Pois a guerra só agora começou. Vai ter que lutar muito para ganhar a estes cidadãos convictos e patriotas.

Guineenses não podemos tolerar mais divisões na nossa sociedade. È tempo de construirmos e fortificar a Nação. Todos temos de fazer esforços para nos aproximarmos uns dos outros. Todos temos de construir plataformas comuns. 

Não temos Parlamento, temos magistrados divididos, temos classe politica dividida, futebolistas divididos, artistas divididos, jornalistas divididos, famílias divididas, juventude dividida, desconfianças étnico-religiosas, desconfianças sociais, etc. etc.  Basta de tanta divisão!  

È hora de fazermos um esforço nacional para considerarmos em primeiro lugar os interesses da Nação.  

Sem um Estado e Instituições fortes nunca sairemos da pobreza, isto é, continuaremos  sem escolas de qualidade, sem saúde e sem emprego. 

Sem um Estado forte ninguém nos respeitará. Sem Estado vamos continuar a ser humilhados nas organizações internacionais. 

O período que atravessamos é duro, mas é necessário para a nossa formação. Estamos a apreender a aceitar a diferença. È duro mas torna-nos mais maduros para, no futuro próximo, fazermos melhores escolhas eleitorais.

Vamos todos nas próximas eleições escolher líderes que construam o Estado e que consolidem a Nação.

As eleições são a única via para acabarmos com esta crise e não estas as sanções injustas e ilegítimas!

Por isso: Eleições Já! Abaixo sanções injustas, infundadas e parciais! 

Viva a soberania da Guiné Bissau                    Viva a Guiné Bissau