Falar para quê?

Falar para quê?
Tem que haver uma explicação e culpados. Aonde estão os restos mortais de Roberto Cachéu???

quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

PIDE DA CPLP EM BISSAU
Quem ainda duvida que a CPLP já - em relação a nossa terra - não corresponde a matriz linguística e cultural para a qual foi criada que levante o braço! Pois, ontem, dia 29 de Outubro, entre as decisões, notas, encorajamentos, reafirmações, saudações, considerações, etc., etc., o comunicado Final da XIIIª Reunião Extraordinária do Conselho de Ministros da CPLP, “confirmou a necessidade da presença da CPLP em Bissautanto para o acompanhamento do período pós-eleitoral, como para promover a concertação e interação com o Governo e os parceiros regionais e internacionais, incluindo a Organização das Nações Unidas, a CEDEAO, a União Africana e a União Europeia, bem como os parceiros bilaterais em prol da assistência internacional ao processo de normalização política e institucional da Guiné-Bissau.
O COLECTIVO DE MÚSICOS GUINEENSES, RECORDA:
FALTAM 48 HORAS

Guiné Bissau, o país aonde existe de tudo.
Pessoas que não teem vergonha, pessoas sem maturidade politica e sem personalidade, imúndices em locais que deveriam ser exemplo de honestidade e credibilidade.
Enfim a nossa Guiné Bissau tornou- se num antro de coisas do tipo um país em que ninguém respeita a ninguém- Tipo Sómalia. 
Todos querem ser chefes e ninguém tem a capacidade para tal.
O que se consegue constatar aqui em Bissau de momento, é o desespero dos guineenses, a falta de dinheiro, toda a gente cansada, familias em casa com crianças e sem alimentos adequados para os mesmos...., muita bajulação para lugares que pensam que possam ser de tôpo.

Guineenses, esta nossa terra, infelismente é um mar de agónia e de sofrimento.
Pois assim vai ela.
Existe muito sangue inocente derramado neste chão. Precisamos de fazer alguma cerimónia e rezar muito.
Ahhh se precisamos......., e qualquer dia, SANTCHÚS KU NA MANDA NÉSS TERRA

quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

ALY SILVA..., BU MOSTRA TUDU DJINTI KU KA STA EM CAUSA...., MAS A FOTO QUE EU DOKA TE PEDI, NÃO MOSTRASTES  CARAMBA.
Aonde está a foto de Cadogo jr?  Se tens esta foto, porquê não tens a foto do Anjo da morte?
Afinal, cadogo jr. apanhou ou não apanhou Trômbose?
Queremos a foto actual dele.
Mostra aos guineenses.
Ahhh.. ganda ALY SILVA
Doka na perau e guineenses querem e estão curiosos em ver a foto actual do Cadogo jr.

Eu Doka, Luto pela Verdade e em defesa dos necessitados
O colectivo de músicos guineeses vem por este meio informar que a conferência de imprensa agendada para hoje quarta feira 29 de Outubro, foi cancelado devido a uma ponte feita por várias pessoas, grandes personalidades politicas que se dirigiram ao meu estabelecimento comercial e outros que por falta de disponibilidade me contactaram vía telefone..., mas tendo tudo isto em conta, eu Doka como porta vôz dos músicos, consegui falar com os meus colegas de área e eles de uma forma colectiva e únanime, tomamos a decisão de abortar a conferência de imprensa.

O colectivo de músicos guineense, agradece as seguintes personalidades da forma em como travaram esta situação:
Ao General António Indjai, ao ex Primeiro Ministro Mário Pires, ao Nosso mais velho e respeitóso André Deuna, ao ex Ministro Nando Vaz, Will Pedna ( TOMANE )- funcionário da EAGB, Félix Blutna Nandunké ( Portos de Bissau ), e a muitas outras pessoas que de uma forma muito profissional, conseguiram encontrar uma solução viavél e constructiva.

Eu Doka como porta vôz, e em nome de todo o colectivo de músicos, as nossas desculpas e um obrigado a a todos que estão empenhados neste processo.
“KUTO BIDA LAGARTU ”...

Na perceção da atual direção do Partido da Renovação Social sobre a ideia de “inclusão política nacional”, cabe tudo, exceto o princípio basilar do sistema de governo parlamentar em que o “executivo responde politicamente perante o parlamento”. Será que há já aqui uma caminhada  rumo ao presidencialismo”? A sua inflexão política ter-lhe-á empurrado para os terrenos do despotismo político paigcistas”. A postura política assumida nos ultimos tempos pela direção liderada por Alberto Nambeia, parece a de um grupo de homicidas entregando-se à polícia. Gente com vergonha de se olhar ao espelho? Como pode o PRS, com a morte do lider espiritual consentir que, num estalar de dedos, se esvaneça o seu grande elã político? Será tão difícil assim continuar a obra “daquele que deu tudo e não pediu a paga”, Kumba Yala, o patriarca da democracia guineense?  

Ora, pode confirmar-se pelos próprios militantes do PRS presentes na  reunião do Conselho Nacional do fim-de-semana passada, 25 e 26 de Outubro, que não foi favorável a atual direção. O que nos lava deduzir-se que tudo o que se ventilou na comunicação social a esse propósito não passa de um engodo político para não “espantar a caça”. As vozes discordantes, essas, foram abafadas. Resolveu-se atirar para o ar mensagens requintadas com intuito de serenar os animos, tendo em vista a XIII Reunião Extraordinária do Conselho de Ministros da CPLP e prometida “mesa redonda” de doadores, ao dizer-se que “o órgão máximo desta formação política aprovou, a 26 de Outubro, uma resolução que apoia a continuidade dos seus membros no actual Governo, e aprovou igualmente uma moção de confiança na direcção superior do partido, liderado por Alberto Nambeia”. 

É tudo um embuste político! Pois, pelo o que sabe, a decisão de integração dos membros do PRS no governo do PAIGC não foi submetida nunca a deliberação de nenhum órgão, ou simplesmente objeto de consulta interna, daquele partido. Em que bases, então, pode o Conselho Nacional do PRS aprovar a continuidade dos seus membros no governo de Domingos Simões Pereira?  

Outro especto, não menos relevante, prende-se com o fato do Primeiro-ministro e o Presidente da República andarem de candeia às avessas. Não são bisbilhotices políticas, é verdade! Agora, ninguém se lebrou falar nisso, mas depois serão eles os primeiros a chegar aos microfones para apontar o dedo acusador as nossas forças da defesa e segurança. O assunto está na boca do povo e tem a ver com brigas antigas, envolvendo as famílias. Estamos já habituados aos afetos desencontrados, entre titulares de altos cargos do Estado que acabam por sobrar para o povo. É mentira que Domingos Simões Pereira não é um “outsider” no seio do seu próprio partido? Pergunta-se: qual o papel de Alberto Nambeia no meio desta manta de retalhos que está a ser montado pelo PAIGC?

terça-feira, 28 de Outubro de 2014

EXCLUSIVO:
Continua o impasse e o braço de ferro entre o Engenheiro Nuno Gomes Nabiam e o colectivo de músicos guineenses.
Esta quarta feira dia 29 de Outubro, as 10 horas da manhã no restaurante bar COCA COLA situada na vía SITEC, vai ser realizado uma conferência de imprensa desastrôsa contra a pessoa de Nuno Gomes Nabiam.
O colectivo de Músicos Guineenses estão fartos das actitudes do mesmo- Nuno Nabiam.
Mas a novela esta para durar, porque no dia da oficialização da criação do seu partido..., aí é que a cabra vai berrar. Porque a cabra dando ou não dando leite...., só tem que berrar.
E o Nuno Gomes Nabiam neste momento, apenas está vendo as calças..., mas não vê o cú.
Porque logo depois da conferência de imprensa, nos iremos dirigir a sua casa a fim de exigir os nossos direitos- O NOSSO DINHEIRO.
Temos familia, temos filhos, temos responsabilidades, e temos também a quem dar de comer.
Alguém está enganando ao Nuno para que nos ignore, mas penso que agora as coisas mudaram de figura.
A novela vai ter inicio esta quarta feira dia 29 de Outubro