sábado, 30 de abril de 2016

DSP DESCONTROLADO
PAULO GOMES NÃO É SOLUÇÃO, PORQUE É CONSIDERADO UM OPORTUNISTA.
E ESTA TERÇA FEIRA TUDO INDICA O FINAL DA DINASTIA DSP E DO SEU GANG NA ANP.
VIVA JOMAV, VIVA O PRS E VIVA OS 15.

BOM 1º DE MAIO A TODOS.
ALERTA VERMELHA
WASNA PAPAI DANFA NO ESTADO MAIOR GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS NA PASSADA NOITE E MADRUGADA A DENTRO.
QUANDO DESCOBERTO POR ALTAS CHEFIAS DA SUA PRESENÇA ALI..., WASNA PAPAI DANFA FOI HUMILHADO E CONVIDADO A RETIRAR- SE DO LOCAL IMEDIATAMENTE.
UM OBRIGADO AOS NOSSOS MILITARES PELA VOSSA ATENÇÃO.

TUDO QUE SEJA LIXO..., SER DEITADO FORA.
PAULO GOMES ESTA INFECTADO!
DE SUJIDADE, DE IMUNDICE, DE CINISMO, DE MALDADE E DE PECADO.   MAS UMA COISA É CERTA: CASO BU MISTI MANDA NA GUINÉ, BU TEN KU BIN SINTA LI. ESSA COISA DE ATIRAR COM UMA MÃO E ESCONDER A OUTRA ESTÁ FORA DE QUESTÃO. NINGUÉM É CEGO!
ESTE HOMEM SE JUNTOU AO DSP PARA A DESTRUIÇÃO DE JOMAV, DOS 15 E DO PRS.  ESTE HOMEM ESTA CONTAMINADO E TAMBÉM TEM O DESEJO DE DELAPIDAR OS COFRES DO ESTADO COM A BENÇÃO DE DSP.
ELE E VERISSIMO NANCASSA, FORAM AS PRINCIPAIS FIGURAS NA DESTRUIÇÃO DE IMAGEM DE JOMAV AQUI NA NOSSA SUB-REGIÃO!  DUAS PESSOAS QUE NO FUTURO, NEM OS 15, NEM O JOMAV E NEM O PRS DEVERÃO PERMITIR A SUA APROXIMAÇÃO!  PAULO GOMES ESTA INFECTADO!

sexta-feira, 29 de abril de 2016


Última Hora

Doka Internacional pergunta:   “ Afinal de contas, a quê se deve a vinda de Olesegun Obasanjo??? esta figura vem a mando de quem??? E porquê??? Ou para quê??? “
Pois bem Doka Internacional vos irá dar algumas pistas para as respostas adequadas.  
Quando um bandido perde a noção das coisas, com certeza que o rumo a tomar se torna mais complicado.   Então não é que o Dimingu Dinguinhu Djamanu por estar a sentir e a ver o apróximar do seu fim e do seu gang, foi a procura do Presidente da republica da Guiné Conacry- Alpha Condé e do Presidente do Senegal Macky Sall, para que estes a seu pedido enviassem o dito  Olesegun Obasanjo ex presidente da Nigéria  para que o mesmo traga uma encomenda ENVENENADA nas mangas dizendo que se crie um pacto de estabilidade atravéz de uma figura independente e de concenso.    Pois bem, adivinhem agora o nome desta ENCOMENDA ENVENENADA:
Chama- se PAULO GOMES,  para o cargo de 1º Ministro. 
Caramba, o DSP e toda a sua escumalha de ladrões, não batem bem da cachola..., por uma simples razão:  DSP e PAULO GOMES-  é o “ VIRA O DISCO E TOCA O MESMO “..., é tudo farinha do mesmo saco.
Portanto esta fantuchada da vinda de Olesegun Obasanjo é uma autêntica palhaçaria, uma porcaria de falta de respeito para com o povo da Guiné Bissau e para com todos os verdadeiros politicos guineenses.   É ndjutinu nan!!!!
Neste preciso momento DSP tem medo que o sistema politico dê uma reviravolta que vá contra a sua bandidagem..., perderia o controlo de tudo e todos os furtos e desvios economicos poderão ser postos aos olhos do mundo e assim ser preso, ele e toda a sua cambada de pulhas e nojentos que prejudicaram este povo.
Olesegun Obasanjo, chegaria e chega salvo erro nesta proxima segunda feira, e entraria em contacto com as autoridades guineenses, neste caso com o próprio Jomav, STJ, Min. Justiça, PGR, com os 15..., com o PRS, etc!   Enfim, a burrice é tanta que DSP acha que a sua inteligência é unica que existe.
Mas Doka Internacional lança um aviso..., uma alerta ao presidente JOMAV, o presidente de todos os guineenses:
“ ACTUE RAPIDAMENTE PRESI JOMAV, O POVO JÁ ESTA FARTO DESTA SITUAÇÃO..., E A CADA SEGUNDO QUE PASSA, A COISA SE TORNA COMPLICADA PARA SI E PARA TODOS NÓS QUE ENTRAMOS NESTA LUTA. REAJA O MAIS RÁPIDO POSSIVÉL, PORQUE A NOSSA CASA, NÓS É QUE A TEMOS QUE LIMPAR. “
QUEM É Olesegun Obasanjo???  É UM PALHAÇO QUE NADA ESTA FAZENDO, MAS SIM TIRANDO PROVEITO DO LADO ERRADO.  CHEGA JOMAV.  CHEGA
DOKA INTERNACIONAL AVISA E DESDE A MUITO TEMPO TEM VINDO A MOSTRAR A SUA PERSONALIDADE. SOU AMIGO DO AMIGO E UM OSSO DURO DE RÔER.

EU NÃO SOU E NUNCA SEREI AMIGO DE QUEM TENHA AS MÃOS SUJAS EM CRIMES DE SANGUE.
OSCAR BARBOSA, MAIS CONNHECIDO POR KANKAN, DEIXOU- ME DE RASTOS.

PORQUE RAZÃO DEPOIS DE ROBERTO FERREIRA CACHÉU TER SIDO EXECUTADO A SANGUE FRIO, E AO SER QUEIMADO VIVO..., TU KANKAN, TINHAS E ESTAVAS NA POSSE DO SEU TELEMOVEL???

AFINAL TU SABES OS NOMES DOS EXECUTÔRES DE ROBERTO.  QUEM FOI QUE TE ENTREGOU ESSE TELEMOVÉL.   PREPARA- TE, SEREI O FUTURO DG DA PJ.  A MINHA PRIORIDADE VAI SER ARMANDO CORREIA DIAS- NDINHO...., E LOGO A SEGUIR ES TU!!!

A PJ VAI ENTRAR NOS EIXOS.  NKURBADOS PA BA TA RUMA NBULUDJUS!  NA BIM
OS NOSSOS TRIBUNAIS NÃO PODEM PERMITIR QUE CASOS DESTE TIPO ACONTEÇAM.
UM MAGISTRADO TIROU ESTA FOTO E O FACULTOU AO ALY SILVA E QUE J
PORQUÊ???
JÁ SABEMOS DO MAGISTRADO EM CAUSA, PORTANTO, VAI HAVER BARULHO.
BASTA OLHARMOS O POSICIONAMENTO DO DR. VICTÔR E SABEREMOS QUEM FOI O MAGISTRADO.
INADMISSIVÉL, E A QUEM DO DIREITO QUE TOME AS MEDIDAS PRECISAS!

ELES FALAM MAIS ALTO!  A BANDIDAGEM DÁ O SEU GRITO E O INTERNACIONAL PUTO DE MANCHESTER MAIS CONHECIDO POR OGIVA NUCLEAR VAI DESMANTELANDO AS COISAS. LEIAM!
 
Emissão do Título do Tesouro da Guiné-Bissau de 28 de abril de 2016 num montante de 12 mil milhões de francos CFA
A Direção Geral do Tesouro e da Contabilidade Pública, em colaboração com a Agência UEMOA-Títulos e com o BCEAO, emitiu hoje (28) um Título do Tesouro com maturidade de 6 meses, no montante de 12 mil milhões de francos CFA.

 
 
 
 
 

Miguel Trovoada é pessoa não grata na Guiné Bissau
 
Miguel Trovoada, representante especial do Secretário-geral das Nações Unida ofendeu ao Estado e Povo Guineense quando proferiu ontem no Palácio da República a declaração sobre o papel do Presidente da República.

Senhor Trovoada, ou melhor, a pessoa não grata no nosso País, saiba que somos um povo humildes, cultos e de burro não temos nada. Estamos ciente que a nossa pátria custou suor e sangue dos seus gloriosos filhos e, não queremos de forma alguma pôr em causa as conquistas alcançadas perante esses sacrifícios.

Este Senhor foi Presidente do São Tomé e Príncipe, um País com 163.000 habitantes aproximadamente, onde quase todos se conhecem, mais, ele derrubou quatro Governo de um País que mal conhece porque levou vários anos no exílio.

Voltando a carga, sabemos que foi o Miguel Trovoada foi quem orquestrou o falhado golpe de estado contra o seu sucessor, Fradique de Meneses. Também, é de ratificar que M. Trovoada sai da Guiné Bissau com consciência de quem não conseguiu sequer cumprir 50% do objectivo da sua missão.

Desde a sua chegada a Bissau, assumiu a postura de mais um militante do PAIGC, reúne nas residências privadas dos elementos do DSP e Gangs, facto que comprova a sua parcialidade em todo processo político e social da Guiné Bissau.

O Presidente Dr. José Mário Vaz sabe perfeitamente qual é o papel do Presidente da República, aliás, se não fosse isso o caso, na graça de mediadores como M. Trovoada, o País estaria envolvido numa guerra civil que teria como consequências mais graves que a Ruanda ou República Centro Africana. “Miguel, bai bu caminho, pabia abó i um desgraçado”  

Mais que falta de respeito é esse. M. Trovoada não sabe que só a Região de Gabu tem mais nº de população que o País onde foi presidente? Igualmente não sabe que a diversidade étnica cultural do nosso país não se compara outros países? É exactamente por isso que a nossa convivência está granjeada de particularidades específicas, onde requer muita inteligência natural para poder compreende-la.

Querendo ou não, somos um povo soberano, porque conquistamos a nossa soberania com suor e sangue dos bons filhos da nossa terra, e não vamos permitir neocolonialismo nem a terceira colonização mesmo que para isso, tenha que custar as nossas vidas aliás, morrer pela pátria é a forma mais honrosa de fazer que a glória seja eterna. 
 
António Silva

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Nas vésperas do primeiro de maio
Não há salários na administração pública Guineense

O governo da Guiné-Bissau não conseguiu garantir este ano, 2016 salário aos servidores de estado nas vésperas do primeiro de maio, precisamente dia dos trabalhadores.

Trata-se de uma data em que normalmente as duas centrais sindicais a União Nacional dos Trabalhadores da Guine (UNTG) e a Confederação Geral dos Sindicatos Independentes da Guiné-Bissau de Filomeno Cabral costumavam “LADRAR”, mas este ano estamos atentos e espera daquilo que vão dizer.

O primeiro de maio este ano acontece numa altura em que ondas de greve esta a assolar o pais nomeadamente nos sectores socias, nomeadamente saúde e educação.

As perdas de vidas que poderiam ser evitadas e o risco de ano letivo ser anulado, caracterizam a desastrosa governação de Carlos Correia iniciada por Domingos Simões Pereira.

Presidente Mário Vaz so tem um caminho demitir o governo atual e formar o um novo governo âmbito da nova maioria parlamentar.
PRS- Nota à Imprensa
RESPOSTA AOS COMUNICADOS DO PAIGC
O Partido da Renovação Social, na linha das boas práticas do exercício da democracia, vem esclarecer a opinião pública nacional e internacional, que algumas informações de carácter soez, veiculadas em alguns órgãos da comunicação social e redes sociais, pelo senhor Cipriano Cassamá, o Presidente da ANP, sob ordens da atual Direção do PAIGC, que na ausência de argumentos que sustentem um debate contraditório, enveredam pela via do acometimento, que, aliás, é a única, com que se têm mais feito notar, de forma pública, de há nove meses a esta parte – veja-se o ilustrativo exemplo da afronta e o desrespeito ao senhor Presidente da República, à frente da comunidade internacional, e demais personalidades, aquando das audiências, por eles solicitadas, para solucionar a crise política. Infelizmente, lamentável é de constatar que todas estas atitudes estão em linha com uma estratégia e hábitos ainda eivados de pensamento e ação totalitárias.  
Esta maneira de fazer política que o atual diretório do PAIGC quer fazer vingar entre nós, não só, não fará escola, porque o Partido da Renovação Social lutará contra ela, mas, sobretudo porque uma certa miopia política não lhe permite entender que a cultura da democracia, e os seus valores, já se instalaram, definitivamente, e por livre opção, no ideário e práticas coletivas do nosso povo.
Posto isto, vamos expor o essencial do senhor Cipriano Cassamá, o grande perturbador, de ambição desmedida, que ao invés de assumir pessoalmente as acusações que lhe foram imputadas pelo PRS, escuda-se atrás da uma suposta assessoria de imprensa, que mais não faz do que cumprir as ordens daquele que se julga, “Imperador da Assembleia Nacional Popular", mas que também responde, epistolarmente, pelo acrónimo de PANP.
É preciso notar, que ao contrário dos métodos do atual Presidente da ANP, que acobertado pela suposta assessoria, se arroga distanciar-se de práticas injuriosas relativamente aos seus adversários, os quadros do Partido da Renovação Social assumem-se no debate público, com toda a responsabilidade e liberdade que lhe advêm da conformidade com os dispositivos da lei-quadro dos partidos políticos. Todas as comunicações políticas, não só são produzidas com responsabilidade, como também, são difundidas com a anuência e assunção plena dos órgãos, e nunca, individualmente, nem pelo líder da bancada, e nem pelo seu respetivo porta-voz. O que o Partido da Renovação Social põe em causa não são as pessoas enquanto tal. O que o PRS traz para o debate público é a verdade sobre a probidade no exercicio das funções públicas, e não a ofensa gratuita e desnecessária. O PAIGC bem pode continuar pela via das diatribes bacocas que não terá a nossa resposta. Não foi por essa via que merecemos a confiança do povo, para estar de cabeça erguida nos fóruns públicos.
E não se preocupem com as assinaturas dos documentos produzidos nos nossos órgãos, como se não bastassem os logotipos a encimar os cabeçalhos, porque em fórum devido, se, e quando for chamado, o Partido saberá, como sempre, estar à altura das suas responsabilidades. Portanto, desenganem-se com a vossa estratégia divisionista de querer calar as vozes dos senhores Certório Biote e Victor Pereira, porque enquanto forem líder e porta-voz, respetivamente, do nosso partido, continuarão a desempenhar os papéis para que foram eleitos e designados, e terão a nossa inteira solidariedade.
O Partido da Renovação Social quer ainda esclarecer o nosso povo, sobre esta figura do senhor Cipriano Cassamá, que de simples técnico agrícola, ascendeu a vários cargos públicos, arvorando-se de engenheiro agrónomo. Na realidade, o Cipriano Cassamá que toda a gente conhece, não passa de um mestre na arte da bajulação (barri padja).
Contudo, o PRS também se reserva ao direito de questionar a probidade deste senhor, na medida em que, assim o denotam, vários dos seus comportamentos, nomeadamente, insultos aos funcionários da ANP, ao seu staff, ao ministro de finanças, Dr. Geraldo Martins, e, em particular, numa atitude de tamanha grosseria, envolveu-se em cenas de pugilato, com o Presidente do PAIGC, num passado recente, tanto na sede do PAIGC, como na própria Assembleia Nacional Popular.
Recordamos ainda, que este Presidente da Assembleia Nacional Popular, devido à sua ambição, sem precedentes, pelo poder e pelo dinheiro, é capaz de tudo. Não olhando a meios para atingir os seus fins, é capaz de arrasar tudo e todos que se lhe opõem. Quem não se lembra da triste memória que foi, a desajustada, desastrosa e delirante experiência da Presidência Aberta promovida por este senhor, numa atitude desafiadora da regra de separação de poderes consagrada na nossa Constituição? Quem não se lembra, deste senhor ter questionado, o então comandante do batalhão do Palácio da República, António Indjai, sobre a presença e a possibilidade da remoção dos balantas nesse destacamento militar? Quem não se lembra, ainda, deste senhor ter afirmado que se devia juntar os balantas num contentor e deitá-los ao mar?   
É este Presidente da ANP que disse que quer assumir a postura de facilitador de diálogo, entre os partidos políticos, com vista à obtenção de um acordo de incidência parlamentar e à formação de um governo inclusivo. Perguntamos: na base de quê, e na qualidade de quê? Mas quem é este senhor para assumir tal postura, conhecido que é de possuir um espírito odioso, e ainda de mais uma obsessão: o ser Presidente da República deste País. Nada mais nos espanta, depois da tamanha borrada que andou a fazer, todo este tempo, com a criação de todo este imbróglio, é natural que esteja de consciência pesada. "Devemos andar depressa, mas não correr. Sem oportunismos e nem entusiasmos, que nos façam perder de vista a realidade concreta. (Amílcar Cabral)".
O senhor Presidente da ANP e o Presidente do PAIGC, Domingos Simões Pereira, afinal sabem que num Estado de Direito democrático o que ordena são as leis. Mesmo assim, insistentemente, continuam a confundir e a manipular a opinião pública, chegando ao ponto de pôr em causa o acórdão com pedidos de esclarecimentos e concretizações sobre o mesmo? Mais perguntamos: afinal, quem é que está em estado de desespero com mentiras e falsidades previamente concebidas e criminosamente executadas? O que o povo não sabia, é que o atual Presidente do PAIGC também é doutorado em Ciências Jurídicas, o que a ser verdade, aproveitamos para lhe endereçar um convite para concorrer ao cargo de Juiz Conselheiro. A este propósito, quem não se lembra da eloquente e delirante interpretação pública, deste Presidente do PAIGC, que pretendia a todo o custo, que 45 votos fossem suficientes para aprovar o Programa do Governo?
Lembramos por isso, e a este propósito, que apesar da soberania que assiste a Assembleia Nacional Popular, que é um órgão legislativo, por excelência, não lhe cabe, contudo, o exercício da interpretação das leis, que é tarefa do Supremo Tribunal de Justiça, no nosso ordenamento jurídico. O Partido da Renovação Social entende que o estatuído no n. 1 do art.º 82. º da Constituição da República, que diz que, "nenhum deputado pode ser incomodado, perseguido, detido, preso, julgado ou condenado pelos votos e opiniões que emitir no exercício do seu mandato", vem, definitivamente, sanar a questão do estatuto de deputado independente. E que aliás, é fixado, no acórdão n.º 3/2016 do Supremo Tribunal de Justiça.
Relativamente à atribuição da responsabilidade pela morte do Presidente Nino, a criação dos "aguentas", a queda do governo de Carlos Gomes Júnior e da agudização da tensão entre o Presidente José Mário Vaz e Domingos Simões Pereira, que aludimos nosso comunicado de imprensa, consubstanciam, de resto, fatos de notório conhecimento público nacional e internacional.
Por outro lado, queremos lembrar ao povo guineenses que o PRS ganhou as eleições livres e democráticas de 2000, em cujo governo participaram algumas figuras do PAIGC, nomeadamente, o atual Presidente do PAIGC, Domingos Simões Pereira, o atual Secretário da Juventude e Desportos, Conduto de Pina, e várias outras figuras do PAIGC, com um denominador comum, todos eles em flagrante violação da disciplina partidária do PAIGC.
Que tipo de moralidade nos pedem, o PAIGC? Quem deve ser questionado sobre problemas de moral, é o próprio PAIGC. Vejamos:
Quem assassinou Amílcar Cabral, Domingos Ramos e Osvaldo Vieira, ainda durante a gloriosa luta de libertação?
Quem provocou a guerra fratricida de 7 de junho de 1998?
Quem deu o golpe ao PRS a 14 de setembro de 2003, senão o PAIGC com cumplicidade externa;
Não foi no governo do PAIGC que figuras públicas como Helder Proença, Baciro Dabó, Sambá Djaló, Roberto Cacheu, Iaia Dabó foram humilhados e barbaramente assassinados por agentes ao seu serviço?
De que moralidade falam Domingos Simões Pereira e Cipriano Cassamá, quando, num ato de desespero, para que o PRS regressasse ao governo de inclusão, o primeiro, não hesitou, em implorar desculpas ao Presidente Nambeia, e o segundo, em deplorar, de joelhos, ao Presidente Nambeia, perante testemunhas, a insensatez das múltiplas bravatas e arrogâncias por eles manifestadas durante as negociações com o PRS?
Com que moral, anda o Domingos Simões Pereira, a aliciar deputados do PRS a troco de avultadas somas pecuniárias, a fim de os subtrair para a sua bancada na contagem aritmética dos votos. A este propósito esclareça-se que o PRS nunca castigará os seus dois deputados que se recusaram a alinhar na abstenção decidida pelo partido, preferindo não votar, na aprovação que, no entanto, acabaria por chumbar o programa do governo do PAIGC. 
Este é um bom exemplo, que desmente categoricamente, a ideia subjacente na comunicação do PAIGC, de que o PRS, porque não ganha eleições, se serve de arranjos eleitorais para passar boa parte do tempo na governação. Ora, os factos relatados no parágrafo anterior contrariam essa ideia. O Partido da Renovação não anda atrás de arranjos. E se os quisesse, teria integrado o governo do PAIGC. Contudo, não o fez pensando numa estratégia mais abrangente, mais inclusiva, e que nos permita uma saída mais duradoura para estas cíclicas crises políticas que assolam o País, a fim de garantir a paz e a estabilidade.
Por outro lado, quando se vem afirmar que o PRS não consegue ganhar eleições através das urnas, e vai buscar arranjos pós-eleitorais, e pós-golpes de estado, recordamos o seguinte: em 2006, o PRS integrou o governo do Fórum de Convergência Democrática liderado pelo Dr. Aristides Gomes, a convite do próprio PAIGC, e novamente, em 2008 integrou o governo de Pacto de Estabilidade liderado pelo eng. Martinho Indafa Cabi, a convite do PAIGC. Este caso não é um crime, prova apenas o mérito e competência dos nossos quadros, que ficou patente no governo de Domingos Simões Pereira. Facto corrente na experiência de muitas democracias do mundo contemporâneo.
É lamentável, mas é ainda deste PAIGC, com um recente passado tenebroso, de que estamos a falar, porque ainda agora, nos nossos dias, pelos seus atos e ações denota no seu DNA, resquícios totalitários.  Portanto, ainda estamos a falar de um PAIGC, de insurreição, de centralismo democrático, que na falta do inimigo colonialista, inventa outros. Enfim, de um PAIGC incapaz de se quedar ao charme da democracia. 
Para que vale o PAIGC ganhar tantas eleições, se, em 40 anos de independência, o povo guineense ainda não colheu frutos da paz, estabilidade e desenvolvimento que tanto almeja e merece? Povo este, que se resume, há décadas, a um mártir de esperanças falhadas. É caso para dizer, que se no passado o PAIGC nos libertou do jugo colonial, hoje, quem está no direito de se libertar do PAIGC, é o povo guineense.
Como é possível, o PAIGC se proclamar de vencedor de 4, em 5 eleições legislativas na nossa história democrática, se bem que foi no cômputo geral desta macabra e antipatriótica governação, é que o próprio conduziu a pátria de Amílcar Cabral à ruína. Com um vasto rol de corrupções, matanças de camaradas, ódios, vinganças, golpes, contragolpes, tentativas de limpeza étnica, desunião, incompetência, e mendicidade do próprio Estado, o Partido da Renovação Social fica sem saber de que se orgulha o PAIGC. Factos que com toda a segurança, podemos hoje, afirmar, que não passariam pela cabeça do fundador da nossa nacionalidade.
Lamentavelmente, o PAIGC, agora dirigido por Domingos Simões Pereira, transformou-se num partido de matriz anti-Combatente da liberdade da Pátria, e podemos mesmo afirmar, que é destrutivo, e é apático em apresentar propostas de solução à crise, que ele criou, e que a perdurar, este estado de coisas, certamente, trará consequências imprevisíveis e desastrosas para a Nação guineense.
Por último, o Partido da Renovação Social reitera as acusações tornadas públicas, e não recua um milímetro, pelo que aguarda por ações do senhor Cipriano Cassamá e do PAIGC para as devidas e adequadas respostas para o atual momento.
Guardamos para o nosso próximo comunicado notícias que darão conta dos bilhões em gastos sumptuosos nas mais de 50 supérfluas viagens realizadas por Cipriano Cassamá, e pela compra por este governo ilegal de mais 35,2 bilhões de Fcfa de crédito mal parado da dívida de privados, que já foi posta em causa pelo Programa de Assistência Financeira assinado com o Fundo Monetário Internacional. Por este motivo apelamos ao senhor Presidente da República, que tome medidas tendentes a sustar esta operação.
Nesta esteira apelamos a todos os militantes, simpatizantes e dirigentes e a população em geral para se manterem calmos e firmes perante as manobras maquiavélicas e desestabilizadoras de Domingos Simões Pereira e de Cipriano Cassamá.
Viva a PAZ e Liberdade
Viva o Povo Guineense
Bissau, 27 de abril de 2016
SAKUR SAKUR SAKUR SAKUR
ALI NOBA FRESCU KU PO
Governo prepara para cometer a maior crime na história da administração pública Guineense
O executivo Guineense mandatou o Diretor-geral de Tesouro, Wilson Cardoso, para anunciar publicamente a notícia que já circula em todos os oito estados membros da UEMOA, a decisão de emprestar (CREDITO)  “ emissão de títulos de tesouro” na ordem de 18 MILHOES de euros cerca de 12 BILHOES DE FRANCOS CFA.
Trata-se de um crime sem precedente por uma simples razão, o governo de Carlos Correia, naa esta em condições de negociar nada no exterior porque é ilegal, não tem nem programa “ku fadi” orçamento.
E mais o governo em causa não foi mandatado pela ANP para negociar nada em nome de estado de acordo as práticas administrativas… Presidente JOMAV deve atuar para evitar este farto para estado, uma vez que a sua excelência é chefe de estado…..!
Este “MON DI TIMBA DI PO” tem como único objetivo ter dinheiro a disposição para continuar a comprar conscienciais no âmbito da luta politica, uma vez que o tesouro publico já esta sem liquidez.
Pouco vergonha tem limites por isso, parem de prejudicar este povo inteiro para o vosso benefício pessoal, das vossas famílias dos vossos filhos e das vossas amizades…..!
Magistrados do Ministério público, vocês têm toda a legitimidade de atuar, porque o momento é de ação e não de palavras.
Desculpas de não pagador
As mentiras têm pernas curtas
Desde a entrada em funções dos dois governos do PAIGC, primeiro liderado por Domingos Simões Pereira e outro por Carlos Correia quem cobrou as receitas na Direção Geral das Alfandegas, na direção Geral das Contribuições e Impostos e nos outros serviços que arrecadam as receitas?
Factos que na opinião do Quimi-ecominista Geraldo Martins, fez com que os dois governos arrecadassem as receitas mais do que os anos anteriores?
De la esta parte, quem é que recebeu, guardou e geriu os fundos chorudos doados a título de crédito/donativos pelas instituições como FMI, Banco Mundial, UEMOA, União Europeia e outras?
Quais os governos que mais esbanjou com festas, pequiniques, aniversário de governação e retiros em Rubane e as viagens descontroladas?
So DSP como chefe de governo viajou mais de 50 vezes em pouco mais de um ano;
Cipriano Cassama já esta em 47 viagens e quase bater o record de DSP;
Geraldo Martins não falaremos, o tipo adora viajar e comer as gajas em Dakar, Lisboa, Paris e as meninas que estudam em Marrocos;
Agora questionamos?
O que estes dois em um, ou seja os governos de DSP e de KOTA Carlos Correia fizeram para estancar as sucessivas greves no sectores da educação e da saúde e, sem esquecer dos correios e das próprias instituições que arrecadam receitas como é o caso das Alfandegas e a DGCI?
Há dias, a Ministra da Saúde, CADI SEIDI, que nem Português consegue falar no mínimo, afirmou que as greves estavam a ser financiadas……
Por quem? Nada disse coitado dela…..! Loucura!
O que ela fez na qualidade da governante para estancar a essas paralisações? Ela foi muita infeliz e, o conselho para ela agora é pedir desculpas publicamente aos nossos heróis, Professores e técnicos da saúde que labutam todos os dias e ganham uma miseria….
Quem com ferro  fere com ferro será ferida..
Dianti ki caminho….
Bem haja

quarta-feira, 27 de abril de 2016


IMORALIDADE  DA  MESA  DA  ANP-GB

Depois de tanta estupidez, brutalidade, ignorância, crimes oculares e por vezes ensurdecedor, cometidos pelo Grumete Cipriano Cassamá  e o Fedorento Inácio Tchébém na ANP, durante esta Legislatura, ontem, o país assistiu mais uma vez, comunicados esboçados sob a égide destes dois parvos da ANP,  tentando aos seus estilos, escamotear a veracidades dos factos ocorridos no país, nas últimas semanas, refutando assim, de todas as críticas das suas actuações erradas e infundadas, com as quais têm conduzido a nossa ANP.

Assim, como Funcionário desta casa Magna do Povo (ANP), sinto-me revoltado com todas estas palhaçadas por isso, venho juntar a minha voz, aos outros cidadãos, para tentar tirar a nossa querida pátria sob garras desses Bandos corruptos e servidores de DSP.  Na ANP, esclareço-vos que, a maioria dos funcionários afecto a esta instituição, não coadunam com as atitudes do Cipriano Cassamá mas, por causa do medo e perseguição no serviço, ficamos sem fazer uma reacção clara.

CORRUPÇÃO:

No início desta legislatura, tudo estava a correr bem mas, o Cipriano, guiado por seus interesses particulares, desencadeou uma serie de viagens nos diferentes pontos de país, alegando que estava a efectuar presidência aberta sem motivos – envolvendo na sua comitiva, um leque enorme de seguranças e protocolos, com intuito de sacar soma avultada nas contas de ANP, e que mais tarde reverte-as para os seus afazeres. Assim, o orçamento e os fundos de maneio da nossa ANP, evaporou (meados de Agosto-Setembro/2015) antes da data prevista.  

GOLPE AO PRESIDENTE DA REPUBLICA:

Esta criatura singular de façanhas desmedida, deixou ser iludido pelo DSP, para o Cargo de Presidente da República, razão pelo qual, se uniram para tentar difamar e mais tarde, destituir o Presidente Jomav, através de um eventual assassinato do Presidente do Povo guineense (sobre este assunto, vou trazer na próxima intervenção, segredos dos seus primeiros contactos com o DSP).

PERGUNTAS PERTINENTES:

Nos últimos tempos, o Cipriano inviabilizou o discurso Sobre o estado da Nação, requerida pelo Presidente da Republica no dia 14, e no dia 24 indeferiu debate da urgência solicitada pelo Partido PRS – alegando que os procedimentos e normas regimentais, tinham que ser esgotados para depois convocar essas sessões!

- Será que no dia que o DSP encomendou a maldita Sessão, donde os Deputados insultaram o Presidente da República durante 13 horas, os procedimentos e as reuniões  desses 3 órgãos da ANP, tinham sido cumpridos na integra?

Quase todos os funcionários da ANP, viram mais do que 8 dos 15 Deputados Falso  do DSP sentados na mesma sala com os outros Deputados legais, apesar de +/- 7 desses ilegais é que estiveram nos espaços reservados aos convidados.

-E porque razão o Cipriano não efectuou a marcação de presença, que é uma das praxes regimentais? Ou então, fé-lo intencionalmente para cumprir a promessa que fez com o seu Patrão, DSP.

- O Acórdão n°1 / 15 de  STJ  que fez cair o Governo de Dr. Baciro Dja, foi cumprido sem objecções dos lesados e porquê, de tanta interpretações e desafios por parte deste Gafanhotos, quanto as decisões tomadas pelo STJ no seu Acórdão n°3 / 16 ?

Ainda, eu presenciei o impedimento de entrada ao Senhor Nando Vaz – Presidente de um partido mas, permitiram entrada de várias pessoas ligado ao DSP, que não são deputados, onde é que este Chimpanzé(Cipriano) quer levar o nosso país? Para quando é vai haver uma verdadeira reconciliação entre os guineense, com a tamanha separação das classes e das pessoas?

O povo não é burro, por isso mesmo, levantaram para levar avante as constatações do Senhor Presidente da República porque se não,  a onda de corrupção, banditismo e sectarismo das classes instaurado pelo DSP no país, poderá descambar mais tarde em guerra civil.

Tudo o que DSP, Cipriano, Inácio Tchébém e Carlos Correia têm feito, são actos passiveis de crimes por isso mesmo, o Procurador-Geral da República, deve começar a accionar mecanismos para a detenção destes bandidos até porque, prevaricação no exercícios de uma função, pode acarretar, destituição, prisão, etc, por parte de titulares dos cargos públicos.

Por fim, e pelo o que sei, digo-vos que mesmo a Sessão Parlamentar marcada para o dia 3 de Maio, não vai ser concluída visto que, já está em marcha, a fabricação de cenários contraditórios para poder dar por encerrado esta Sessão Parlamentar.

E se assim acontecer, os funcionários desta casa já decidiram que vão divulgar todos os segredos e documentos dos quais já possuem, para o conhecimento do povo. E ainda, vamos impedir o Cipriano Cassamá de ter acesso a seu Gabinete de uma vez para sempre.

A PARTIR DO MÊS DE MAIO, OS FUNCIONÁRIOS DA ANP VÃO PÔR STOP NESSA PALHAÇADA.

Doka Internacional
QUANDO UM PGR FALA ISTO, A COISA SE TORNA GRAVE.  E EU DOKA APENAS VOS VOU DIZENDO: " AOS NCURBADOS DA PJ, NSTA DJA NA CAMINHU. A LIMPEZA NESTA INSTITUIÇÃO ESTA PRESTES A COMEÇAR.
LEIAM
REPÚBLICA DA GUINÉ-BISSAU
PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA
MINISTÉRIO PÚBLICO
Gabinete de Imprensa e Relações Públicas
 
NOTA À IMPRENSA

Sua Excelência, Senhor Procurador Geral da República, António Sedja Mam, recebeu esta manhã, em audiência, alguns membros da Comunidade Internacional, nomeadamente, os Embaixadores da República Federativa da Nigéria e do Senegal.

O encontro serviu para informar aos diplomatas acreditados na Guiné-Bissau, da situação do Ministério Público no quadro da actual conjuntura política do país. Uma situação que de acordo com António Sedja Mam, reflecte nos trabalhos desta instância judicial, sobretudo, a falta de colaboração por parte do Governo que constitui assim, um bloqueio na execução dos mandados dos tribunais.

A título de exemplo, os Embaixadores foram informados do não cumprimento da decisão de um Juíz do Tribunal Regional de Bissau e dos mandatos de notificação do Ministério Público no âmbito dos inquéritos sobre a corrupção no aparelho do Estado, concretamente, nas Secretarias de Estado das Pescas, dos Transportes e Comunicações, nos Ministérios de Agricultura e da Administração Interna.

Um comportamento que para o Ministério Público enquanto fiscal da legalidade, põe em causa o Estado de Direito Democrático que se pretende.
Ainda no encontro, o Procurador Geral da República, reafirmou aos seus interlocutores, a posição do Ministério Público, enquanto fiscal da Legalidade vai cumprir com as suas atribuições legais sempre que houver condições para tal.

No final do encontro, os dois Embaixadores, mostraram-se sensibilizados com as preocupações levantadas, tendo prometido a continuidade dos apoios dos seus respectivos países no quadro da CEDEAO e da UEMOA, para que a Guiné-Bissau, reencontre o mais rápido possível o caminho da paz e de estabilidade para o seu desenvolvimento.
 
 
Bissau, 27 de Abril de 2016                      
 
 
                                       O Gabinete de Imprensa e Relações Públicas
 
 
 
Maurício Alves

/Jornalista/
***********************************
A SOLUÇÃO
***********************************

 A única, a mais importante e mais urgente questão política que interessa esclarecer neste momento é:

Será que Domingos Simões Pereira tem o controlo o apoio e a legitimidade dentro do PAIGC?

Quando um Presidente: 
·      Usurpa as funções de outros órgãos
·      Faz do partido refém
·      Tenta expulsar vozes discordantes
·      Faz chantagem e controla os elementos do conselho de jurisdição a quem colocou trelas curtas
·      Tem de pagar aos militantes com ajuda do B. Candé para ter o mínimo de apoio em qualquer acto público
·      Convoca os militantes e eles não aparecem se não lhes pagar... 


O POVO EXIGE
"ELEIÇÕES NO PAIGC"


Para se esclarecer o problema na sua origem.

DSP não pode usar a capa, o historial e o peso de um grande partido para continuar a roubar este martirizado povo.

DSP não pode sonhar com eleições gerais enquanto dentro do partido impõem ditadura: "Ou te calas ou és expulso por um CJ submisso, bajulador, servil, adulador e subserviente".

DSP não pode sonhar cm eleições quando pisa as leis e as instituições da republica: A constituição,  o Presidente, o regimento da ANP e os acórdãos do Supremo Tribunal de Justiça.


Eleições no PAIGC é o primeiro passo a ser dado porque qualquer outra opção é adiar o problema real na sua génese (PAIGC), logo depois de uma eventual eleição antecipada, DSP voltara a mostrar as suas piores características de uma forma mais vincada e agressiva: 
·      Um bandido
·      Ladrão
·      Ditador
·      Rancoroso
·      Malvado
·      Mentiroso
·      Malabarista
·      Manipulador
·      Com um profundo e doentio ÓDIO AOS MUÇULMANOS A QUEM JUROU LIMPAR DE TODOS OS LUGARES CHAVES DA SOCIEDADE GUINEENSE

Só para citar os que saltam imediatamente a vista.
  
***********************************
O POVO EXIGE: 
ELEIÇÕES NO PAIGC JÁ!

***********************************