Doka Internacional, sempre na linha da frente.

Doka Internacional, sempre na linha da frente.

domingo, 24 de maio de 2015

ALERTA VERMELHA
Existe uma pessoa na equipa de Braima Camará que o seu nome constava na lista dos suspeitos que teria participado no assássinato de Nicandro Pereira Barreto?  Afinal quem é esta pessoa?  Estará Braima Camará rodeado por pessoas decentes no seu projecto? 
Por pessoas certas e responsavéis?
Existe um processo crime contra esta mesma pessoa? Sim ou não?
A Guerra está aberta, alguns amigos de Braima Camará procuram a todo o custo me humilhar. O que é mentira.
E um deles é o ABDU DJAÍTE, uma pessoa altamente e extremamente perigosa.
Aqui vai haver merda...., e o ganir da putaria vai se ouvir por tudo quanto é lado.
O Doka apenas está a espera de um pequeno deslize.

Kuma Doka ka pudi escrevi contra bá kekutó, mesmo ki na tratan suma ratadju.

Pó caralho mas é a quem se sentir mal.


Os inimigos de ontem tornam-se amigos de hoje. Afinal de contas, o que foi que se passou entre Braima Camará- (Bá Kekutó) e Mama Samba Embaló?  O relatório interno da Camara do Comércio datada 02-07-2014 explica tudo! Basta ler.

Braima Camará e Mama Samba Embaló, há uns tempos atrás, aproximadamente a coisa de 1 ano, as suas relações azedaram e viraram inimigos a ponto de trocarem acusações públicas gravíssimas jamais vistas.  Acusações essas que apenas envolviam dinheiro, taku, silifandan, Money, etc.

- Segundo o relatório interno, a cronologia da inimizade entre os dois começou no dia 15 de Janeiro de 2014, numa carta dirigida a Presidência da CCIAS,  em que Mama Samba Embaló solicitava apoio financeiro no valor de 14 MILHÕES de Francos CFAs para a realização da Assembleia Geral da ANAG. Infelizmente, a presidência da CCIAS indeferiu-lhe o pedido…, Portanto, um dos pontos da discórdia entre SAMBA e CAMARÁ!  Inimigos de Ontem e amigos de hoje.

- A CCIAS desbloqueou 94 MILHÕES de Francos CFAs tendo fabricado uma lista com 29 elementos, incluindo alguns membros da direcção e ANAG. Mesmo assim, MAMA SAMBA EMBALÓ sentiu-se pouco compensado. A relação deteriora-se e dá-se o inicio a um conflito verbal em termos de acusações públicas mútuas.

- A partir de Janeiro de 2014 a CCIAS decide não assumir as rendas das associações, incluindo a da ANAG de Mama Samba Embaló.  Se a coisa já estava preta…., gossi gora ki má sukuru.  Instala-se o CAOS.
- A dedução de 15 Milhões de Francos CFAs nas verbas consignadas para as associações para a campanha de sensibilização.

- A dada altura foi desbloqueado a favor da CCIAS um montante no valor de 1.1 Bilhões de Francos CFAs totalmente consumido sem que seja concedido alguma soma as associações filiadas. Podemos dizer que foi mesmo aqui que a corda arrebentou..., Mama Samba Embaló passou dos carretos.

- Documentos que comprovam apoios concedidos a alguns dirigentes da CCIAS no quadro do FUNPI……, ahhhh, caramba o famoso FUNPI.
Guineenses, estes pontos são gravíssimos quando se fala de acusação. Coisas delicadas. Mas graves segundo FERNANDO TAVARES- Presidente do Conselho Fiscal da CCIAS.

Braima Camará por sua vez, cancela sua viagem para Geba e refuta todas as acusações dizendo que tudo não passava de calúnia com objectivo de denegrir a sua imagem.   Mas por outro lado, e na contra-ofensiva, os representantes da CCIAS faziam ataques serrados contra Mama Samba Embaló que acusavam de ter recebido a maior fatia do bolo que correspondia a 14 MILHÕES de Franco CFAs, e que o problema era que ele queria mais e mais.

Mas agora o que me deixa perpelexo…, leiam este paragrafo:
- Em resultado da reunião, acordou-se envolver a comissão de seguimento de fiscalização da CCIAS restantes associações ligadas directa e indirectamente com a fileira de cajú, como afeta-las 15 milhões de francos cfas e o senhor Mama Samba Embaló reclama. 
Os valores recebidos em apoio instituicional, pela ANAG, somam 40 milhões e 815 mil francos cfas, sem contar os 6 milhões que recebeu da comissão paritária para a campanha de sensibilização.

Mas o absurdo continua no sentido de que a CCIAS compra 2 viaturas ao governo, aos magistrados, apoio instituicional ao ministério do Comércio, compra e legalização, terra planagem do terreno de Safim, pagamento de SIZA pela compra do banco do ex BIGB, apoios fúnebres, pagamento e elaboração dos estatutos do FUNPI, apoio ao governo de transição para compra de combustivel, etc, etc.

Outros beneficiários, como empresa de Geta Bissau, Gomes e Gomes, General Trading e outras, utilisaram os seus bons ofícios juntos a bancas para terem acesso ao fundo de garantia do FUNPI, sem apoio ou intervenção da CCIAS.


Ma kussas tem na Guiné.

OBS:
Por outro lado responder a um dos meus leitores pela pergunta que me fez atravéz de um artigo anterior, caso o meu recuo quanto a Carmelita Pires, se no caso ja tinham me devolvido o passaporte e o dinheiro?

RESPOSTA- Ainda não. 
Existem pessoas de boa vontade, pessoas de respeito e que de momento estão a servir de ponte visto que esta situação não beneficia a nenhuma das partes e que de uma forma muito responsavel e profissional estão tratando do assunto.  E como sempre, eu Doka sempre me disponho a tudo desde que seja para o bem.  Estou esperançado num bom resultado no que se refere ao dialógo.
Obrigado pela preocupação.

EXCLUSIVO E BOMBÁSTICO: AMIGOS DE ONTEM, INIMIGOS DE HOJE...

RELATÓRIO INTERNO: BRAIMA CAMARÁ VS MAMA SAMBA EMBALÓ.


A Comissão Eleitoral da CCIAS - até à data - não tem nada em mão vinda do Tribunal (nenhuma notificação), a dar conta da nulidade do acto praticado (realização das eleições)? Subanalaiiiiiiii!!!!!

TODA A VERDADE JÁ A SEGUIR AQUI NO DOKA INTERNACIONAL
A INDEPENDÊNCIA PARA QUÊ?

A 23 de Janeiro de 1963, após uma série de propostas de conversações apresentadas ao Governo Português e através da ONU, desencadeia a sul do território, a luta armada de libertação nacional. Numa entrevista à televisão francesa, concedida em Conacri, Cabral explica o porquê da independência A independência para quê?Sim, a independência para quê? Para nós, em primeiro lugar, para sermos nós próprios. Para sermos homens africanos, com tudo o que nos caracteriza, mas caminhando para uma vida melhor, e que nos identifique, cada vez mais, com os outros homens no Mundo. Salazar dizia que a África não existe sem os Europeus. É um exagero. Nós consideramos que a nossa independência permitirá desenvolver a nossa cultura, desenvolver-nos a nós mesmos e ao nosso país. Levando o nosso povo a sair da miséria, do sofrimento, da ignorância, porque este é o estado onde nos encontramos após 500 anos de presença portuguesa.

Nhu Morgado Pedro Té bu na mira mé? Já sei que o senhor vai-me responder que sabe tudo, até "de cor e salteado"... Mentira! Nhu Morgado é dos que entendem que "a África não existe sem os europeus".

sábado, 23 de maio de 2015

Caro amigo Doka

Na qualidade de leitor assíduo do teu/nosso blog, deparei-me com uma nota tua onde dizes que a partir de hoje enterrarias o "machado de guerra" face ao braço-de-ferro entre ti e a Carmelita Pires, porque foste aconselhado a recuar por várias pessoas, altas figuras e membros do Estado e da sociedade guineense. Como teu amigo e apoiante, de facto, só posso congratular-me com essa iniciativa, e dizer-te que afinal os teus apelos tiveram eco. E por outro lado, o que todos nós almejamos é que haja clima de paz real entre todos os irmãos. Mas - desculpa a minha petulância - uma coisa ainda me intriga: será que já te devolveu o teu passaporte, o telemóvel e o dinheiro que perdeste? Costuma-se dizer: "De boas intenções, o inferno está cheio". Será que existe alguma contrapartida neste teu recuo? Que eu saiba, o teu apelo foi directo e claro! 
O INFILTRADO

"Mininu kurridur lebal son na kau di reia..."

Npunta: anta, nunde mininus di Nhu Morgado Pedro Té, ki ta fenti-fenti ku el na Bissau?

Conclusão: Nhu Morgado Pedro Té é um "outsider" no PAIGC. Não tem alianças e não se dá com ninguém dentro do seu partido. A sua equipa de governação é estranha ao partido que ele próprio lidera. Tem uma relação atípica e absurda com os "camaradas". Por isso, no seu périplo pela Província Sul, praticamente, nenhum membro do seu governo integra a comitiva, tirando o tuga, seu escrivão. Que aliás dizem de "Reconciliação". Será que o PAIGC não tem relator ou gente para "Reconciliação"? O que é que os tugas percebem dos nossos diferendos? Sain kau dé, bô?

"Os infelizes são ingratos. Isso faz parte da infelicidade deles", dizia Victor Hugo
O Juíz de Direito Dr. INJONALDO MARIANO INDI do Tribunal Regional de Bissau- Vara Civel, comete uma falha que poderá ou irá mudar o rumo da história caso uma das partes envolvidas não tivesse dado conta.    A falha terá sido devido a PRESSÃO ou apenas um descuido do próprio? 
Muitos dizem que DOKA INTERNACIONAL se virou contra Braima Camará- Bá Kekutó e que de momento se encontram de costas viradas um para outro.  Importante frisar que o trabalho de Doka é algo delicado e sensível, e o Doka na luta pela verdade, não tem amigos, ou tira partido deste ou daquele. Portanto eu aqui me ponho no lugar de advogado do DIABO. Apenas vou mostrando os pontos e factos…, e para além disso que cada qual tire a sua elação, porque o Doka nunca foi e nunca será inimigo do Bá Kekutó.  A forma errada de interpretação de certos amigos falsos que o rodeiam, eles sim é que estão dificultando a vida do mesmo.  Porque um verdadeiro amigo, um verdadeiro irmão, família…, cuida e protege ao seu.  Eu Doka nunca bajulei ao BÁ…, e jamais farei isso.  Muitos deles o incentivam dizendo: AFASTA DO DOKA, NÃO FALES COM ELE, PROIBE- LHE DE ENTRAR NO TEU HOTEL, ALIAS COMO O FIZERAM, NÃO ATENDAS AS SUAS CHAMADAS…, PORQUE DEPOIS VÃO DIZER QUE ES TU QUEM LHE FORNECE AS INFORMAÇÕES QUE ELE VAI OBTENDO . Isto foi o pior concelho que lhe deram.  Mas prosseguindo:

Segundo o Juíz Dr. INDI, na página 43 dos autos, no 5º PARÁGRAFO, datada a 19- 05- 2015, fala- nos do seguinte:   “ SOBRE ANÁLISE DO PRAZO PARA A PROPOSITURA DO PROCEDIMENTO CAUTELAR, IMPORTANTE SE TORNA, QUESTIONAR O REQUERENTE FOI NOTIFICADO NO DIA 29- 05 2015, SÓ ENTROU COM ACÇÃO NO DIA 04- 05- 2015 INTEMPESTIVAMENTE, OU SEJA DEVERIA INTERPÔR ACÇÃO NO PRAZO DE 5 DIAS E O PRAZO PARA INTERPOSIÇÃO  DA ACÇÃO CADUCOU NO DIA 03- 05- 2015. SOBRE A RELEVÃNCIA PARA O EFEITO DAS DELIBERAÇÕES NÃO EXECUTADAS E DAS DELIBERAÇÕES EXECUTADAS “.
As datas estão erradas, deveria ser 29- 04- 2015 e não 29- 05- 2015.   Porque Abril tem 30 dias/ Mês. E até ao dia 04- 05- 2015, significa que o procedimento cautelar estaria e está no prazo correcto e legal, o que muda a conclusão do JUÍZ no Último Paragrafo que diz:  “ NESTE CONSPECTO, DECLARA- SE IMPROCENDENTE A PRESENTE PROVIDÊNCIA CAUTELAR POR INTEMPESTIVIDADE “.
Sendo assim, eu Doka Internacional apenas apelo ao Dr. Juíz que clarifique estes dois pontos em causa visto que devido ao erro acima referido e demonstrado, muda o rumo da conclusão final.

OBS:
Neste momento existe um recúo de Doka Internacional para com a Ministra de Justiça Carmelita Pires.
Doka Internacional enterra o machado de Guerra, porque foi chamado por várias pessoas, altas figuras e membros do estado e da sociedade guineense, para que Doka baixasse a guarda e fosse ao encontro no bom sentido da Dra. Carmelita Pires.
Doka obdece aos apelos destas pessoas que de momento estão servindo de ponte para um bom entendimento de ambas as partes.
E sendo o Doka mais novo, e Carmelita Pires ser pertencente ao estado, ser uma mulher e mãe, mas acima de tudo mais velha que o Doka….., Doka Internacional  vê- se na obrigação de enterrar o machaddo da guerra.

Portanto, a equipa de Doka Internacional apartir de hoje apenas irá publicar coisas relacionadas a Carmelita Pires no que esteja referente ao seu trabalho como membro do governo.