Doka

Doka

domingo, 27 de Julho de 2014

Qual é a linhagem do PAIGC?
É um partido Libertadôr ou um Partido Exterminadôr?   Afinal, qual a sua verdadeira faceta? Poderemos considera- lo como um partido criminoso ou não?
Pois bem guineenses, mais uma vêz sigam este link e vejam as peripécias do paigc que veio do mato.
Sigam este link, A viúva de Viriato Pam Ataca em todas as frentes.

http://youtu.be/hac85emARvA


O contra ataque de Nanda Pam Viúva de Viriato Pam esta pronto, dentro de uma hora será editado o video....

Vem por aí coisa quente e demolidôra.....
O trabalho investigativo e desta vêz cabe a Viúva de Viriato Pam, ela desmoronou tudo e todos por completo e ataca a Maria Evangelista...., estejam atentos, dentro de 45 a 1 hora de tempo, será editado o video.
Vejam esta entrevista detônadora.
Enfim, apenas aqui no Doka Internacional.

Muitos tentaram fazer o mesmo ou de se apróximar da nossa elite....., ninguém conseguiu e acabaram por cair no esquecimento e eu DOKA estou lá, continúo lá e respeitado mais do que nunca.

O meu trabalho é reconhecido e vou trabalhando com o apoio de muitas altas personalidades.

Obrigado a todos pela confiança e recordar que a ESTRELA de uma pessoa brilha porque a pessoa nasceu com ela e com a Vontade de DEUS.

Tudo aquilo que se vai dizendo ou inventando em torno do INTERNACIONAL DOKA, camaradas, eu sigo progredindo e em força máxima.
Aqui nada se faz na base do protagonismo, mas sim pela verdade dos factos e se a coisa doeu a alguém, então que siga na fila, porque ela é bastante longaaaaaaa e cumprida.
Claro, para aqueles que me detestam.



DESEJO DE BOA GOVERNAÇÃO


O Presidente Barack Obama num discurso proferido no Cairo, aos povos do Médio Oriente, dizia: "cada nação dá vida à democracia da sua própria maneira e de acordo com as suas tradições". E disse ainda o Presidente americano que "a história oferece um veredicto claro, ou seja: os governos que respeitam a vontade do seu próprio povo são mais prósperos, mais estáveis e mais bem sucedidos do que não são".
Em 11 de Julho de 2009, na sua primeira visita a África, no parlamento do Gana, em Accra, Obama alertou que a "Democracia é muito mais do que realizar eleições. 
Tem também a ver com o que acontece entre essas eleições. A repressão assume muitas formas e demasiadas nações são afetadas por problemas crónicos, que condenam os seus povos à pobreza. Nenhum país irá criar riqueza, se os seus líderes explorarem a economia para se enriquecerem a si próprios, ou se a polícia puder ser comprada por traficantes da droga. Nenhuma empresa quer investir num país onde o governo retira para si 20 por cento dos lucros, ou onde o diretor das alfândegas seja corrupto. 
Ninguém vai querer viver onde o primado da lei abra caminho a um regime de brutalidade e subornos. Isso não é democracia, isso é tirania! E chegou agora a altura de pôr fim a tudo isso!".
E se a democracia é muito mais do que realizar eleições, para cumprir essa sentença, seria necessário que - tal como aconteceu com os candidatos durante a campanha eleitoral finda em relação a aceitação dos resultados - a “Comunidade Internacional” valorize e obrigue, também, os atuais “protagonista” (Presidente da República e o Governo) que assinem o “compromisso de Boa Governação”, a fim de acautelar o defraudamento  das espectativas do povo.
Não guardo rancor, mas também não tenho amnésia! Vivi num contexto em que algumas leis até são de natureza democrática, mas o ambiente político reinante, de quarenta anos, tem sido de tirania que nunca se desvaneceu. Posso dizer que tem sido democracia para o inglês ver, sem emprego e sem liberdade. Agora, há dias, os senhores vieram aqui ás nossas povoações, no norte, no sul e no leste do país, implorar os nossos votos de joelhos e oferecendo-nos flores e paraísos em troca de uma viragem histórica contra a tirania e pela democracia. 
Prometera-nos a paz e estabilidade e inclusive prometeram-nos de que não haverá mais lutas palacianas a ponto de interromper os mandatos e as legislaturas para que foram eleitos.  Pelo nosso voto, declararam obediência e imolação pelo povo. Nos vossos comícios diziam também que o país nos pertence a todos e não é propriedade privada de nenhuma formação partidária em detrimento das outras. 
A vossa legitimação foi garantida pelo compromisso de que jamais poderá haver promiscuidade entre o exercício dos cargos públicos e os negócios pessoais ou privados; de que a partir de agora a justiça funcionará; que as sucessivas greves dos professores conhecerá o seu fim; que a saúde será cada vez mais habilitada para atender os nossos cidadãos, sem que seja necessário a sua evacuação para o estrangeiro; que a reforma do sector da defesa e segurança não será um processo tribalista. Juraram a pés juntos de que defenderão a nossa soberania no conserto das nações e que em nenhum momento servirão de joguete do estrangeiro e dos barões da droga e da máfia. Enfim, juraram representar o povo, lutar para o povo e pelo povo.  
A legitimidade democrática é muito mais que a legitimidade do voto, e que se perde com a quebra da palavra dada!
Deus abençoe Guiné-Bissau! 

sábado, 26 de Julho de 2014

Manelinho mostra que tem garras bem afiadas

MANUEL IRENIO LOPES NASCIMENTO...
Infelizmente, na nossa terra, não existem respeito pelos valores essênciais no que diz respeito ao trabalho, a hiérarquia e a óbdiência...

Muitos desejam trabalhar, querem trabalhar e mostrar a sua capacidade daquilo que teem, que podem ou sabem fazer.
Mas, quando o tentam, ou o estão fazendo...., por razões pessoais ou questões politicas, são barrados e começam a sofrer ataques em todas as frentes.
MANUEL IRENIO LOPES NASCIMENTO, vulgo MANELINHO, é o actual presidente da Federação de Futebol da Guiné Bissau, conseguiu e ganhou este cargo baseado em eleições que se realizaram, e ganhou em votos tudo o que tinha que ganhar de uma forma honesta e transparente para um mandato de 4 anos.  
Todos os amantes do futebol guineense, sabem quem é ele, o que fez e o que está fazendo em defesa e pelo bem estar do nosso futebol.

Daí que perguntamos: " Aonde é que está o problema "?
Deixem o homem trabalhar...., porque o que está em causa é uma guerrinha de interesses de um grupinho de pessoas, que apenas estão preocupados em enriquecer o seu TACHO  a custa de outros e sem estarem a fazer nada.

O tipico e caracteristico do guineense, é denegrir, difamar a imagem de alguém que queira trabalhar..., falar ou mostrar coisas banais que nunca existiram.

MANUEL IRENIO LOPES NASCIMENTO- Vulgo Manelinho, vai dar uma conferência de imprensa hoje sábado dia 26/07/2014 por volta das 17 horas, a fim de falar e mostrar aos guineenses e a quem do direito, todas as verdades que devem ser ditas e faladas.

Vamos aguardar, porque  MANUEL IRENIO LOPES NASCIMENTO- Vulgo Manelinho é uma pessoa idónea e responsavél, ele está atento a todas as armadilhas e sujidades que lhe estão procurando preparar e atirar.

Recordar que antes da ERA Manelinho, o Futebol guineense estava numa situação pobre e triste. 
Com a sua entrada muitas coisas mudaram e muita corrupção acompanhado de negócios sujos, foram por água abaixo.
Fez frente a grandes tubarões da corrupção e então deu- se o inicio a uma LIMPEZA total e geral naquela instituição........, o que ainda não terminou.

Neste momento a CAF, está prestes a dar um determinado financiamento e que tudo aponta que vai ser graúda....., portanto é aqui que entra toda a guerra e todas as calúnias contra  MANUEL IRENIO LOPES NASCIMENTO.

Manelinho está preparado e pronto para o embate

OBS;
Manelinho não respondeu ainda ao tal artigo editado no blog Ditadura do Concenso, devido a uma viagem que o mesmo (MANELINHO) teria feito com a nossa selecção de Futebol a BOTSWANA.

Por outro lado, alguém, uma pessoa muito querida e respeitada por mim, me pediu para que pusessemos um fim nessa história (ARTIGO) editado por Aly Silva, porque a sra. em causa estaria um pouco adoentada.
E Manelinho mais do que nunca e até hoje tem um aprecio e um respeito pela senhora em causa.

sexta-feira, 25 de Julho de 2014


Atenção e muita cautela. Todos nós sabemos que as coisas, a justiça na Guiné Bissau não funciona e que ninguém faz um corno para que a palha mexa.
Mas o MLPV- Movimento de Luta Pela Verdade, vai abrir uma queixa crime contra Manuel Saturnino da Costa e o Tenente Coronel Zé Sanhá do Ministério de Interior, devido a um crime cometido a alguns anos atrás, e por outro lado, o mesmo movimento irá pressionar o caso Nicandro Barreto para que venha a tôna.
O padre Casal Martins, tem que falar e dizer quem foram as pessoas que foram buscar ao Roberto Cachéu na Missão em Cumura.
Este movimento, MLPV vai desafiar um sistema, vai ser duro, mas o Doka nunca baixou os braços e a novela está prestes a iniciar.
Ao sr. Primeiro Ministro Domingos S. Pereira, vamos precisar do seu apoio, porque acreditamos na sua personalidade como um homem da verdade e de boa fé e que defende o respeito pela dignidade da vida humana.
Defenda e ajude a defender a uma verdadeira causa.
                                                       Obs:
Recordar que Manuel Saturnino e Tenente Coronel do Ministério Interior Zé Sanhá participaram na morte de muita gente e de muitos inocentes, e pelo bem estar e pela imagem do grandioso partido PAIGC, pensamos que os dirigentes e militantes que queiram paz e justiça na Guiné Bissau, deverão permitir que a justiça faça o seu trabalho.
Existem documentos com as assinaturas do Manuel Saturnino da Costa, existem testemunhos e provas vivas que possam relatar os factos contra ele e Zé Sanhá.

Que ninguém pense que isto seja apenas um trólóló, porque daqui, irão se levantar casos e movimentos exemplares em defesa da verdade e de todos os injustiçados.


COXO OU MENTIROSO?

Há um provérbio popular que diz: “Mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo”. 

No dia 15 de Julho, noticiou-se que  Domingos Simões Pereira tinha anunciado e frisado que a sua visita a Portugal não se destinava a negociar nada com as autoridades portuguesas, mas conversar sobre diversos assuntos de interesse comum aos "dois países amigos". Sublinhou na altura Simões Pereira
"Vamos passar em revista vários assuntos de interesse mútuo. Obviamente que a questão da TAP será no centro das conversas. Não se trata de negociações mas sim de encontro entre parceiros de países irmãos”

Então? 

O assunto nem sequer chegou ainda às mão dos deputados; o chefe do executivo apanha boleia dos tugas  para Dili, ida e volta, a Agencia Lusa confirma - citando uma fonte oficial do Palácio das Necessidades -  que Portugal e a Guiné-Bissau vão assinar na segunda-feira (28 de Julho) de manhã um acordo para retomar as ligações aéreas entre Lisboa e Bissau. 

Adiantou ainda a Lusa que o protocolo de cooperação, formação e capacitação nas áreas das migrações e controlo de fronteiras será assinado pelo ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Rui Machete, e pelo seu homólogo da Guiné-Bissau, Mário Lopes da Rosa, em Lisboa, estando também presentes os primeiros-ministros dos dois países. 

Ai, vai ser tudo à moda Cadogo Jr., com a sua empresa ligada ao narcotráfico a confundir-se com a presença dos agentes dos tugas a controlar o nosso aeroporto? 

Aceita um conselho amigo, senhor Primeiro-ministro, e depois não diga que eu Doka não lhe avisei: 

os agentes internacionais defendem os seus interesses e nunca os nossos”. O senhor foi votado pelo povo guineense e para servir o povo guineense.  

quinta-feira, 24 de Julho de 2014

“TOPO GIGIO”…

Já não reconheço Domingos Simões Pereira como Primeiro-ministro da Guiné-Bissau! O seu silêncio é ensurdecedor quando estranhos falam do seu próprio país. Personalidades  estrangeiras que nem conhecem uma ínfima parte da história do meu país, por que, então, aventuram a bisbilhotar acerca da nossa terra? 

Alguém os terá encomendado discursos tão infamantes? De certeza! Como temos só mendigos e não políticos com tomates no lugar certo, alguém “está a lançar a pedra e a esconder a mão”! 

Em Dili, o Representante Especial da União Africana (UA) na Guiné-Bissau, Ovídio Manuel Barbosa Pequeno, na sua intervenção na X Cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), disse “(…) preocupado com a situação na Guiné-Bissau, (…)”. Enfatizou a necessidade da “comunidade internacional” apoiar a Guiné-Bissau, condicionando esse apoio a necessidade de “transformação da ECOMIB depois da expiração do seu mandato, em finais de 2014”. 

Será que Moçambique não tem um Representante Especial da União Africana (UA) que pudesse participar, igualmente, na X Cimeira da CPLP e intervir sobre a situação da guerra entre o Governo e a Renamo naquele país? Ah, já sei, eles estão preocupados porque pretendem impor a tirania e a corrupção para poder abocanhar as matérias-primas do meu país, e para isso aconteça é necessária invadir militarmente a Guiné-Bissau. Estranho é que tudo isto está a acontecer diante do olhar impávido e sereno, e sempre sorridente  Domingos S. Pereira, parece  Topo Gigio, rato com uma personalidade infantil…