OGIVA NUCLEAR

terça-feira, 8 de setembro de 2015


Uff, que alívio!

Pela primeira vez na recente história da República da Guiné-Bissau aparece um CIDADÃO NACIONAL a por a mão na ferida, a chamar as coisas pelo seu nome e a dizer BASTA, na endémica onda de corrupção, nepotismo, branqueamento de capital, delapidação do erário público, originando, naturalmente, o enriquecimento ilícito e demais cancros que teimam em lançar metástases no aparelho do Estado.

A partir de agora é preciso estarmos todos atentos e vigilantes na preservação das últimas conquistas conseguidas pelo nosso Povo. Só com o controle acérrimo dos bens do Estado é que esta terra poderá se livrar das “unhas compridas” e avançar rumo ao almejado desenvolvimento sustentável.

Já vimos que nem todos os dias o Bom Deus nos oferta um Presidente da República, como o atual, disposto a defender com unhas e dentes todas as conquistas amealhadas por este Povo ao longo de décadas, bem como, honrar e preservar todos os sacrifícios consentidos pelos nossos briosos Combatentes da Liberdade da Pátria durante os 11 anos que durou a Luta de Libertação Nacional.

A firme determinação do nosso Presidente da República, Senhor Dr. José Mário Vaz, que por sinal, nem sequer o agraciei com o meu voto nas últimas Eleições Presidenciais, é de louvar no seu todo. É precisamente atos do género que o Povo e a Nação Guineense precisam e continuarão a precisar. Os “políticos” abusam excessivamente neste humilde, mas digno, Povo e sinicamente o autodenominam de “martirizado”. Minha gente, digamos, em uníssono, MUITO OBRIGADO PELA CORAGEM, Senhor Presidente JOMAV, que tem o seu nome e o da sua família a ser insultado blasfemado pelos ladrões e malfeitores do Povo e nunca devemos esquecer que a sua vida em risco constante. Portanto, não brinquemos com este Homem. Ele é uma DÁDIVA DE DEUS PARA O POVO DA GUINÉ-BISSAU.

Nunca é demais alertarmos as nossas fantásticas forças de defesa e segurança no sentido de redobrarem os seus esforços na árdua batalha quotidiana em defesa do nosso Presidente da República e da nossa amada República da Guiné-Bissau. Os malfeitores não dormem e estão no nosso seio, às vezes, sem sabermos. Não nos devemos distrair nunca.  

Imagino o quão difícil foi para ele, tomar as medidas que tomou, mas tinha de ser a fim de se evitar males maiores num futuro próximo. Mostrou o seu nacionalismo puro, elevada noção e refinado sentido de Estado. Não basta somente estarmos a apregoar de que somos estadistas (de boca para fora) com intenções maléficas ou oportunistas. O mais importante é termos essa noção e sentido de Estado.

Este Povo está saturado de mentiras, falsidades e roubalheiras por parte daqueles que insistidamente tentam institucionalizar o mal no aparelho de Estado. Doravante, os seus nomes devem plasmados na televisão, nos jornais, nas rádios e demais órgãos de comunicação social. O Povo tem todo o direito de conhecer o seu ladrão, o seu malfeitor.   

O Senhor da República, ciente de que sempre esteve no caminho certo, nunca se vergou perante os mais ferozes ataques dos vociferados malfeitores do Povo Guineense. Como pessoa séria, idónea, com elevada postura e sentido de responsabilidade, nunca desistiu dos seus propósitos e do dever do Primeiro Magistrado da Nação Guineense. O tempo é o maior mestre e a verdade virá ao de cima.

Chamar o JOMAV de ditador, sinceramente, é brincadeira de mau gosto, ou então, a suposta pessoa não sabe bem o real significado da palavra ou é um ingrato nato. Estes políticos precisavam de uma terapia de choque e aqui está ela. Só que pecou por tardia. Mesmo assim, eles já estão desesperados e com este “rigor JOMAVista”, se Deus Quiser, têm os seus dias contados. ABAIXO OS TCHINTCHORS.
O Senhor Presidente da República, com este nobre ato, está a desmantelar uma perigosa e poderosíssima rede, rede esta que respira de muita saúde, tanto no aspeto organizacional como financeira.

Apela-se à Inspeção de Luta Contra a Corrupção no sentido de iniciarem os seus trabalhos o mais breve possível. Todos os Guineenses conhecem os vossos dotes de bem-fazer. Portanto, meus Irmãos, MÃO NA LAMA.

Ao nosso Primeiro-Ministro, Dr. Baciro Djá e ao novo Elenco Governamental, desejamos um ótimo trabalho e a maior sorte deste mundo no despenho das suas funções, mas, por favor, NÃO DEFRAUDEM AS EXPETATIVAS DEPOSITADAS EM TODOS VÓS. Estamos na HORA DA MUDANÇA. Com este Governo, sim, pode-se chamar “Governo de competência”.  Todos os ingredientes lá estão.

Aos nossos Militares, simplesmente 5 estrelas. Sempre disse e continuo a dizer, Deus ofertou-nos dos melhores Militares deste planeta. É normal que haja um ou outro maldoso, como em todo o mundo. São cumpridores dos seus deveres e grandes sofredores. Seria um erro crasso se o Senhor Presidente da República tivesse destituído toda a cúpula do Estado Maior General das Forças Armadas. Mais uma vez esse Senhor voltou a nos surpreender pela positiva. Foi um toque de mestria.
Um muito obrigado às nossas FARP.  
Que Deus continue a Abençoar a Nossa Querida Guiné-Bissau.


LABA.            (Um simples cidadão e seguidor atento deste blog)   

Sem comentários:

Enviar um comentário