OGIVA NUCLEAR

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

SITE DO PRS REAGE AS PUBLICAÇÕES DO BLOG PROGRESSO NACIONAL

HOJE O PRS DECIDIRÁ E SÓ O PARTIDO SABE SE VAI FAZER PARTE DO GOVERNO E QUEM PODE SER MINISTRO OU SECRETÁRIO DE ESTADO

É hoje quando forem 14 horas que o Partido de Renovação Social (PRS) vai reunir a sua Comissão Política para analisar a proposta apresentada pelo PAIGC na reunião de ontem. Hoje, os membros daquele órgão vão decidir, não só se o PRS vai integrar, como saber entre o Acordo Político e o Pacto de Estabilidade, qual deve ser o instrumento mais adequado para o partido. Certo é que o PRS vai fazer a opção mais adequada para o partido e o país em geral.

Circularam em diferentes meios sociais a informação de que o PAIGC fez a exigência de ninguém que tenha participado no Governo de Baciro Djá não pode fazer parte do actual. Essas informações não passam da tentativa do PAIGC impor no PRS aquilo que não aceitou ao Presidente da República.

Se José Mário Vaz não pode escolher um Primeiro-ministro para o PAIGC, porque razão o PAIGC vai dizer que quem do PRS que fez parte no Governo de Baciro Djá não pode fazer parte do Governo de Carlos Correia - ou dizer que caberá ao Primeiro-ministro escolher no PRS? Portanto essa possibilidade é simplesmente impossível e a sua principal e única consequência é não ter o Governo. Ponto Final Parágrafo.

Quem é o PAIGC para saber da situação dos militantes do PRS? Sabem qual é a situação actual dos militantes; se estão abraços com processos disciplinares ou não; se são activos nas questões partidárias ou não? Qualquer tentativa dessa exigência seria a inviabilização de um eventual acordo. No PRS quem manda são os dirigentes e os militantes e não pessoas extras.
No PRS já existem duas garantias até o final da actual legislatura: No parlamento até o final da legislatura, Alberto Nambeia está lá. No Governo estarão dirigentes altura. E quem está a altura de saber quem pode dar uma boa resposta é o PRS e não pessoas que estão fora.

Respeitem o PRS, por favor: SE JOSÉ MÁRIO VAZ NÃO PODE (E NÃO PODE MESMO) ESCOLHER UM PRIMEIRO-MINISTRO PARA O PAIGC - COMO É QUE O PAIGC ACHA ACEITÁVEL O PRS ADMITIR QUE O PAIGC OU O PRIMEIRO-MINISTRO INDIQUE PESSOAS NO PRS PARA INTEGRAREM O GOVERNO? BÓ RISPITANU BÓ! COMO É QUE O PAIGC VAI PROPOR A PENALIZAÇÃO DAS PESSOAS QUE O PARTIDO INDIGITOU PARA O GOVERNO DE BACIRO DJÁ? ISSO SIGNIFICA QUE O PARTIDO É COMANDADO POR FORA. KILA CANA SEDU, MINDJOR BÓ TOMA NAM UTRU DECISÃO.

OBS: Como vocês DO OUTRO BLOG não nos chamaram, também não vamos pronunciar o vosso nome, mas saibam que, o futuro da vossa sobrevivência como Governo depende do PRS. Não é arrogância, mas sim a factualidade, para não dizer a realidade. A nossa diferença é que somos unidos e vocês não. Aqui há respeito a disciplina partidária. No vosso partido não.


Má i bom pa bó sibi Cuma cumbida, abó ku ta dissidi. Ceta sta na vontade di kim ku cumbidado. “Nó cana curi p abai nim um cau, GUINÉ I DI NÓS”, Tino Trimó.

Sem comentários:

Enviar um comentário