OGIVA NUCLEAR

terça-feira, 1 de setembro de 2015

OLÁ AMIGO DOKA

Depois da crise política desencadeada pelas calúnias e difamação proferidas, publicamente, pelo ex-Primeiro-ministro contra o Presidente da República, agora se fala em "impasse político", na formação de governo, desde a nomeação de Baciro Djá  para chefe de Governo.


Desculpem-me a  frontalidade: tudo parece girar em torno da justiça! É sabido por todos que a aliança que formou o exonerado "Governo de inclusão" (PAIGC e PRS), está repleta de sujeitos passivos de processo penal, pela corrupção, peculato, branqueamento de capital, etc.. Verdade ou mentira? Então, está na cara que, tanto de um lado como do outro destes dois partidos, os sujeitos tentem agora obstruir iniciativas favoráveis à nova aliança para governação, num momento bastante frágil em termos políticos. 


Alertara o Presidente da República na sua mensagem à nação: "Todo este alarido visa, por um lado, desviar a atenção e manipular a opinião dos guineenses, face a real situação difícil e incomportável que o nosso povo vem sofrendo e por outro, distrair o poder judicial."


Por exemplo, o que, neste momento, tem estado a passar na Comissão Política Nacional do  PRS - baseando-se na sua suspensão e adiamento - tem sido cópia fiel do que se passou na última reunião do dia 22 de Agosto, do Bureau Político do PAIGC. É óbvio que os ex-governantes do PRS, tal como procederam os do PAIGC, têm procurado jogar todos os seus "argumentos" políticos, tendo como pano de fundo foragir-se. Portanto, tudo o resto é só blá-blá-blá. 


Bissau Kila Muda   



Sem comentários:

Enviar um comentário