OGIVA NUCLEAR

sexta-feira, 8 de abril de 2016


MANTENHAS  P’RA  QUEM LUTA

 
Antes de mais, endereço as minhas gratas saudações (Mantenhas), por todos aqueles que participaram directa ou indirectamente para que está independência se torne uma realidade na nossa querida pátria amada. E ainda, nessa senda, dou as minhas mais sinceras vénia ao Presidente Jomav, o STJ, os 15 + 1 Deputados, PRS, e os ilustres editores dos Blogues ( Doka Internacional, Umaro Djau, Didinho, Conosaba, Sidi da Costa etc), pelo trabalho repreensivo que fizeram até ao ponto de trazeram a verdade e Justiça, que este povo tanto precisa.

O Povo da Guiné-Bissau está de parabéns, pela paciência e tolerância demonstrada nesses 8 meses de teatro e provocações abusivas que o DSP e seus GANGS BRORHERS fizeram neste país.

Agora, devemos estar mais do que nunca concentrados, unidos e vigilantes porque, do lado do Eixo-do-mal (DSP & BROTHERS), é possível que estão a planear algo de vingança por isso mesmo, devemos denunciar ás autoridades competentes, as reuniões, concertações, fugas efectuadas pela esta gentalha fedorenta do Eixo-do-mal.

VAGAS DE MORTE ENTRE 2009 / 2012

OS DIPLOMATAS DOS ASSASSINATOS

O Domingos Simões Pereira (DSP), nunca poderia ter sucessos na sua curta carreira politica visto que, ele e o L. A. (Ex Minist. de um Partido em Portugal, serviam como negociadores e embaixadores para que as macabras intenções do CADOGO surtisse efeitos.

Assim, estas duas personalidades participaram na reuniões em Banjul-Gambia, donde o CADOGO e mais um leque enorme dos Ministros fieis a ele, viajaram para traçar o plano inicial para liquidar o ex-Presidente da República NINO VIEIRA, com financiamento do Presidente Líbio M. KHADAFI, que tinha sentido inveja e azia, pelo facto de José Eduardo dos Santos – Presidente Angolano, ter constituído o NINO VIEIRA, como o seu mandatário eleitoral para África Ocidental, na disputa para ocupação do cargo da Presidente da União Africana, do qual o projecto veio a fracassar.

O L. A. e DSP, pegavam nos fundos/dinheiro da Guiné (através do Cadogo), com os quais, negociavam e compravam consciência de várias personalidades dos diferentes organismos internacionais, só pra darem aval de que, a Guiné estava a ser bem governada esboçando assim, indicies e números fictícios que não correspondia com a realidade de vida do povo guineense.

- Notem bem, na altura, sempre depois de terem consumado a morte de uma pessoas importante (caso do Nino e do Tagme), e quando reina a tristeza na cara do povo, contratavam de seguida, pessoas falsas como técnicos do FMI ou Banco Mundial, para virem dizer que o país está com boas indicações no contexto macroeconómico.

- Notem, é do conhecimento geral de que, o cargo do Ministro dos Negócios Estrangeiros, são reservados para pessoas proeminentes em qualquer partido mas, o L. A., o seu governo, caiu no Parlamento ptgs.... e em menos de 48 horas, veio a Guiné-Bissau para fazer o quê? – Certamente, que veio buscar parte do seu dinheiro pelo trabalho sujo que ajudou o Cadogo a efectuar, naquele período.

 

VINDA DO CADOGO
Penso que, ele ainda tem a nacionalidade guineense  e desta forma, ninguém pode impedi-lo de regressar ao seu país. Assim, lanço uma chamada de atenção as nossas forças de Defesa e Segurança, no sentido de não lhe concederem apoio ou segurança nenhuma visto que, ele é um cidadão comum e neste momento, não está a ocupar cargo nenhum. Ainda, exorto as nossas forças de Defesa e Segurança, para manterem a neutralidade neste assunto da vinda do Cadogo, de forma como têm mantido nesta disputa politica vigente no país.
Assim, o povo vai tomar as redeas de julgá-lo pelos assassinatos que cometeu nos períodos entre 2009 – 2012.
O Povo já perdoou todos os militares e polícias envolvidos nas barbaras matanças ocorridos visto que, receberam ordens dos seus superiores hierárquicos, segundo a doutrina Castrense. Mas, o Cadogo .... estamos ansiosos com a sua vinda, que venha mais rápido que for possível.
Obrigado.

Sem comentários:

Enviar um comentário