OGIVA NUCLEAR

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

JEAN PEAGET NA LINHA DA INOVAÇÃO COM O "MEGA BOLONHA"
LICENCIATURA EM CIÊNCIAS POLÍTICAS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS EM APENAS NOVE(9) MESES, E POR APENAS 270.000 FCFA.

VAMOS BRINCAR AO ENSINO SUPERIOR!

CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO:
-DUAS FOTOGRAFIAS
-CÓPIA DO B.I
-UM TESTEMUNHO PARA COMPROVAR O NÍVEL ACADÉMICO DO CANDIDATO(A)
-A ENTREGA DE DECLARAÇÃO OU CERTIFICADO, LOGO SE VÉ...

Depois de várias turbulências entre o Ministério da Educação e as Instituições Privadas do Ensino Superior, facto que levou ao mergulho várias instituições traduzidas em crises de ordem tanto financeira como organizacional, e consequentemente o descrédito destas por parte dos alunos, eis que o JEAN PEAGET se apresenta como uma solução para a promoção da mediocridade.

Mais de uma centena de alunos do curso de Ciências Políticas e Relações Internacionais estão a ser transferidas do Instituto Superior BENHOBLO para JEAN PEAGET, sem que esta última tenha sequer este curso a funcionar. Tudo na sequência dum simples acordo entre uma meia dúzia de alunos e a supracitada instituição, quando deveria ser entre as duas Instituições.

Em causa, estão alguns interesses inconfessos da parte de alguns funcionários da secretaria do Instituto BENHOBLO que entre os quais se afigura um aluno deste curso, que preocupado com o seu enquadramento pós-licenciatura, decidiu promover uma campanha contra o funcionamento desta instituição de que ele mesmo faz parte, induzindo os colegas a abandonarem e ingressarem no JEAN PEAGET pois estava-lhe garantido uma boa contrapartida como também aqueles que não tiveram sucesso no ano anterior poderiam se inscrever no nível sucessivo. Assim, aqueles que se encontravam no 1º ano, poderiam se inscrever no 2º ano, os do 2º no 3º e assim por diante. De notar que em todo este processo, estes estudantes ainda não tiveram sequer acesso as suas notas finais do ano, muito menos fizeram os recursos. Entretanto, o JEAN PEAGET acolhe com toda passividade estes queridos estudantes que motivaram a abertura deste novo curso nesta instituição e com direito a equivalência até do 4º ano dum curso que nunca ministrou. Um crime público!

Neste momento estão a decorrer as inscrições em todos os níveis ( do 1º ao 4º) na secretaria desta instituição, sito na Rua Lamine Injai - Chão de Papel, sem exigência de apresentação do certificado nem declaração de frequência. Como pode um curso abrir logo com todos os níveis no seu primeiro ano de existência?
Aguarda-se a resposta dos guineenses.

Sem comentários:

Enviar um comentário