OGIVA NUCLEAR

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Este é o trabalho do Ministério Publico e da Policia Judiciaria

Chega de palhaçada da comissãozinha de parla mal de inquérito criada pela ANP para desviar atenção dos branqueamentos de capital feito pelo Governo demitido.

Chega de demagogia porque o Ministério Publico não existe para criar tachos aos amigos, mas sim para fazer o seu trabalho como detentor de acção penal e nenhum órgão de soberania pode substituir-lho.
Vejamos os resultados dessa farsa de comissão de inquérito:


1.    No final do inquérito vão publicar no relatório encomendado que não ouve nenhuma irregularidade na gestão de coisa pública.


2.    Igualmente, irão elogiar a ma gestão fazendo a matemática desse órgão que outrora disse que o Ministro das Finanças não servia, pelo facto de este dizer que não havia capacidade financeira para suportar a carga orçamental milionária que eles queria.


3.    No terceiro e último ponto lhes pergunto, quem são os elementos que fazem parte dessa comissão e qual foi o papel de cada um nas sessões da ANP em que o Presidente da República foi atacado na base de calúnias e difamações?  
Caro Deputados da famosa comissão, para finalizar importa aqui salientar que ANP ou qualquer comissão por ela criada, apenas pode fiscalizar acção do Governo não substituindo o Ministério Publico.


Ah, para os do STJ, o Director Geral da Rádio Nacional se chama Carlos Muniro Conté, não como escreveram no famoso acórdão (Francisco Muniro Conté), erro gravíssimo.

Fodé  Mané. 

Sem comentários:

Enviar um comentário