OGIVA NUCLEAR

segunda-feira, 9 de maio de 2016

CARLOS VAMAIN PÕE DEDO NA FERIDA
 
O constitucionalista Carlos Vamain disse numa entrevista à rádio Macaré que o País não tem Procurador-Geral da República, porque se o tivesse, já teria mandado prender o Presidente e o 1º Vice da Assembleia da Assembleia Nacional Popular (ANP) em flagrante delito, por desacato ao Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça.

Igualmente disse que não era necessário a nomeação de um novo representante especial do Secretário-geral das Nações Unida para Guiné Bissau, pelo facto que estes nunca conseguem resolver os diferendos político social do nosso País, porque não conhecem os problemas nem as suas origens, razão pela qual nunca conseguem chegar no poço do conflito para a sua posterior radicalização.

Também falou da má política da imigração no nosso País, pelas facilidades que emigrantes têm na obtenção da nacionalidade Guineense. Isto pode perigar a nossa cultura e a nossa identidade num futuro muito próximo.  

Sem comentários:

Enviar um comentário