OGIVA NUCLEAR

segunda-feira, 30 de maio de 2016

BARRICADA NO PALÁCIO DO GOVERNO

TODA VERDADE

Com a publicação do Decreto Presidencial que nomeou o Dr.º Baciro Dja primeiro-ministro da Guiné-Bissau, um grupo de governantes demitidos e sobe ordens de DSP barricou-se palácio do governo, COMETENDO DESTA FORMA 3 CRIMES DE ATENTADO conta o estado da Guiné-Bissau, entre os quais o de ocupação ilegal e pela via da força de edifícios públicos.


Na sequência, o Dr. Baciro Dja, pela via do dialogo, e da negociação solicitou o abandono pacifico e ordeira dos edifícios sob o patrocínio das forças de segurança e defesa nacionais, pedido este que foi acatado pela maioria dos ex-membros do governo demitido, porem um grupo muito restrito destes, por sinal com mais ligações ao DSP, o denominado núcleo duro, entre eles vários com processos pendentes na justiça, decidem, e mais uma vez sob ordens do DSP, não acatar o pedido do actual primeiro ministro Drº Baciro Dja, pressentindo nos 3 crimes contra o estado, e desobediência agravada as ordens de forças de segurança e defesa.


No entretanto DSP, numa operação de pura maquiavelice e demagogia, depois de lhe ter sido barrada a entrada no Edifício pelas nossa forças de segurança e defesa, engana elementos da ECOMIG com cumplicidade de um elemento dessa força (peça a parte), e entra pela porta traseira, em viatura descaracterizada, infiltrando igualmente algumas pessoas de AVANÇADA IDADE pelas quais o Drº Baciro Djá tem especial carrinho e consideração por terem sido colegas do seu falecido pai. DSP de uma forma baixa e reles aproveita-se desse facto e promove um mini comício  ALEGANDO QUE TEM APOIO DA ECOMIG E DA CEDEAO, APENAS PORQUE UM ELEMENTO DA ECOMIG QUE NAMORA UM MEMBRO DO GOVERNO DEMITIDO O AJUDOU, DSP entendeu que deve usar esse mau comportamento para enganar os seus fieis seguidores ainda barricados.

Neste momento as força de segurança e defesa teem instruções do actual primeiro ministro Drº Baciro Dja para, pela via negocial e de uma forma pedagógica, tendo em conta o RESPEITO POR ANTIGOS COMBATENTES ARRASTADOS E INFILTRADOS PELO DSP no edifício, proceder a retirada dos barricados enquanto o estado guineense ainda não decidiu avançar com queixa crime contra esta pratica e usar outros recursos para expulsar os mesmos. 

A situação está calma em Bissau, devendo o novo governo ser apresentado em breve.

Mas as autoridades começas a perder a paciência com estes actos de delinquência por parte de DSP.


Sem comentários:

Enviar um comentário