OGIVA NUCLEAR

sábado, 23 de janeiro de 2016

Mensagem à Nação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República pela ocasião do 53º Aniversário do Início da Luta Armada de Libertação Nacional


Caros Compatriotas,

Comemora-se hoje mais um aniversário do levantamento do nosso povo, através dos seus melhores filhos, para exigir do colonialismo, de arma na mão, a restituição da sua liberdade e a sua dignidade.

O episódio – ímpar na costa ocidental africana – que teve lugar há 53 anos no quartel de Tite, conduziria a um processo de 11 longos e gloriosos anos, marcados por suor, sangue e sacrifícios vários.

Esse tributo do nosso povo, personificado pelos nossos gloriosos combatentes da liberdade da pátria, enquadrados pelo PAIGC, culminaria com as independências da Guiné-Bissau e Cabo Verde.

Essa epopeia gloriosa, gravada nas páginas doiradas da nossa história, foi protagonizada por aqueles que hoje homenageamos, comandados pelo nosso saudoso e imortal líder, camarada Amílcar Cabral.

Por isso, na qualidade de Presidente da República da Guiné-Bissau, rendo uma sincera e merecida homenagem a todas as mulheres e homens que nos proporcionaram a oportunidade e o privilégio de podermos ter hoje um hino, uma bandeira e uma Pátria.

Obrigado Combatentes da Liberdade da Pátria – valeu a pena os esforços e sacrifícios consentidos!

E continuarão a valer a pena na medida em que formos capazes – nós também – de renunciar ambições pessoais e aceitar sacrifícios para desenvolver o nosso país e criar condições de vida mais condignas para o nosso povo.

Caros Concidadãos,

Esta hora de render homenagem a esses valorosos compatriotas – mais do que festejos e meros discursos de circunstância – convoca a nossa consciência colectiva a uma reflexão profunda sobre os nossos actos e a responsabilidade que impende sobre os ombros de cada um de nós para honrarmos os que hoje homenageamos.

Já é hora de os artesãos da nossa independência verem sinais mais consistentes da implementação dos objectivos da sua luta – e eu, enquanto Chefe de Estado, não descansarei enquanto não ver esses mesmos sinais concretizados.

Viva os Combatentes da Liberdade da Pátria!

Viva a República da Guiné-Bissau!


Que Deus abençoe a Guiné-Bissau e ao seu povo!

Sem comentários:

Enviar um comentário