OGIVA NUCLEAR

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

INFORMAÇÕES NECESSARIAS AOS NOSSOS CONCIDADÃOS NA DIÁSPORA
“ O Declínio da Liderança do Domingos Simões Pereira”

Como cidadão comum que sou, sinto a necessidade de vos informar, de vos sossegar trazendo-vos assim, a real situação política vivida nos últimos tempos na Guiné-Bissau, visto que, muitas das vezes, são enganadas pelos Blogues e outros instrumentos de comunicação forjada para manipular e deturpar as consciências das pessoas sobretudo, daquelas que se encontram distantes do país.

A crise instalada e que o país se padece instantaneamente, não é por causa das pastas/lugares e muito menos da LEADERSHIP (Liderança), como Domingos S. Pereira ( DSP) e Bandos que o acompanha estão a referir mas, sim, da forma como o partido PAIGC e o país respectivamente, está a ser conduzido sem a obediência das normas regentes (Estatuto e Constituição) e também de serem guiados para o abismo, senão, vejamos:

- Nos actos preparatórios para o Congresso do Cacheu, o seu oponente Braima Camará, saiu de Bissau e chegou ao local, com larga vantagem para ganhar o Congresso mas, tendo em conta que, o imperativo era fazer com que o país demonstra-se ao mundo de que, também somos capazes, e que a crise de 12 de Abril era a última interrupção das normas constitucionais, começa-se a procurar, desenhar e para bem da nação, uma figura (Pessoa) conciliador, capaz de unir os militantes deste partido e resgatar o país das relações cortadas com a Comunidade Internacional em que se encontrava. Nesse pressupostos, o partido acabou por eleger o DSP, que a bem pouco tempo, liderava a CPLP.

Ainda no Congresso, a comissão instaladora propôs aos dois candidatos finalistas, á firmarem um acordo entre eles, acordo esse, que consiste em fornecer os nomes das pessoas capazes da sua confiança, para a constituição de Membros de Comité Central do Partido (composta por 250 pessoas), o DSP aceitou e depois de ter saído como vencedor do Congresso, o seu concorrente forneceu-lhe a lista dos nomes para o efeito, mas, acontece que, nem se quer uma pessoa do candidato derrotado foi posta na lista final dos Membros de Comité Central. Este órgão importante é hoje ocupado pelas pessoas estranhas que não atingiram anos suficientes da militância, e que nem se quer conhecem a ideologia do partido, para acederem ao Comité Central. E assim, começou a driblar as regras e camaradas do partido e acabou por dar o tiro nos seus próprios pés, como a exposição seguinte:

1- Regressados a Bissau e na iminência do arranque das campanhas eleitorais, o Comité Central reuniu-se e aprovou uma lista dos militantes que deverão ser deputados, o DSP recebeu a lista e fez a mudança de A – Z, introduzindo cunhados, amigos, famílias e até pessoas julgados e condenados com pena de prisão (Gabriel Só), contrariando assim a Constituição da República e a Lei Eleitoral do país.

2- Depois que o PAIGC ter ganhado as Eleições, Comité Central voltou a reunir-se e nesta, aprovaram um organigrama que continha 16 Ministérios e 9 Secretarias do Estado e depois, o DSP e com os seus amigos, reuniram-se isoladamente, donde alteram o esqueleto para 16 Ministérios e 15 Secretarias de Estado. Mas, o mais caricato é que esses amigos tem a ordem do DSP para procurarem os interessados e vendê-los as pastas ministeriais, nos valores que se situam entre 8 à 12 milhões de F.cfa, conforme a influência das instituições.

3- Durante a sua governação, o antigo PGR, solicitou e informou-lhe de que, no seu elenco governativo, tinha 12 Ministros/Secretários de Estado com processos judiciais e na circunstância, a PGR queria somente 8 para serem ouvidos os seus depoimentos e os restantes 4 ficam para mais tarde. 

Daí que o povo começou a conhecer que tipo de Primeiro-ministro é que o país tem porque, DSP, recusou soltar estes Ministros e foi para ANP, donde tem o seu comparsa (C. Cassamá), requereu junto deste, para que Assembleia Nacional Popular fizesse um debate contra a Justiça do país, e se não fosse o Primeiro-ministro de Cabo Verde, a GORILA do C. Cassamá ia proceder esse debate no Parlamento.

Foi assim que o DSP começou a ser alertado e criticado pelo seu amigo na altura, e que era também, a segunda figura na hierarquia do governo Dr. Baciro Djá – pessoa que fez contacto com os veteranos no sentido de apoiarem o DSP a ser o Lider do Partido, no momento, davam conselhos ao DSP no sentido de soltar ou melhor, substituir os titulares dos cargos ministeriais, com processo judiciais. 

Não aceitou e posteriormente, pediu uma reunião e nela, disse que perdeu a confiança política no Baciro Djá e Abel da SilvaSecretário Nacional do PAIGC, assim as duas pediram a demissão de imediato E nessa senda de desobediência aos camaradas/colegas, o DSP passou de um Lider proeminente para um Lider sem carisma dos seus militantes.

E para tentar salvar a situação, o Presidente da República JOMAV, entrou em cena, chamou e aconselhou-lhe no sentido de proceder remodelação do seu elenco governativo, visto que não se pode fazer braço-de-ferro com a Justiça, DSP recusou e foi mais uma vez ter com o GORILA MANIETADO da ANP (C. Cassamá) requereu uma sessão parlamentar donde insultaram JOMAV durante 13 horas.
- O governo do DSP, é considerado hoje em dia, dos mais corruptos na história da Guiné. aliás, os seus membros, conseguiram construir e finalizar prédios no espaço de um ano;
- Os membros do governo do DSP, compraram casas luxuosas em Senegal, França, Portugal (um deles comprou a casa do Jogador Simão Sabrosa), tudo no espaço de um ano;

- DSP, prometeu arranjar um computador por cada aluno nas escolas públicas e não fez, quando na realidade, as escolas públicas se encontram num estado caótico e degradante, como o caso do famoso Ciclo Salvador Allende, que está a transparecer debaixo dos olhos do DSP – que demagogia é essa.

- DSP é sistematicamente acusado de intrujar as pessoas no seio do seu partido e diz, e contradiz ao mesmo tempo.
- O governo de DSP é acusado de subfacturar cofres do estado em todas as obras de reparação em curso na Guiné porque, os valores levantados com a qualidade de obras realizadas, são incompatíveis.

SOBRE TRISTES ACONTECIMENTOS DO TRIBUNAL REGIONAL DE BISSAU
Digo-vos que a conexão do referido Jovem carenciado, cretino e pávido - Juiz com Camilo S. Pereira e Ndinho, não é de hoje, há muito tempo que vinha facilitando estas pessoas em vários processos e ainda, existe uma outra mulher também do mesmo Tribunal Regional, corrompido pelo Camilo, para escrever decisões e despachos ao seu favor. E este Jovem patético deixou ser iludido com dinheiro e mais um posto de emprego na OHADA (Organização para Harmonização dos Direitos de Negócios em Africa, e assim fez despacho e fugiu no mesmo dia e antes da divulgação. Que ridículo ver as pessoas cantando a vitorias dos seus tolices.
Pergunto, se o referido Jovem é a pessoa indicada ou, se o seu posto de emprego era competente para ajuizar conflitos desta natureza porquê da sua fuga?

Mas fiquem tranquilos porque, o caso é a expulsão devida ou indevida dos deputados da nação ligados ao partido PAIGC e a preponderância dos desígnios da Constituição da República sobre os Estatutos ou não. 

Se assim for, então, o Tribunal Constitucional que é o Órgão competente para ajuizar este caso. Mas, como na Guiné, ainda não temos o Tribunal Constitucional então, o Supremo Tribunal de Justiça, que o Órgão encarregue para conflitos deste índole.

- DSP & GANGS BROTHERS, mancharam a carreira profissional deste Jovem e assim também que quer manchar a carreira política de alguns jovens do nosso glorioso partido, levando-os ao colo e contra todos os dispositivos legais, para serem empossados, criando assim, divergência entre os deputados efectivos e os substitutos no mesmo partido.

- DSP está perdido e desorientado querendo arrastar mais pessoas consigo na Prisão e até, convocou uma marcha para o dia 30 deste mês, para ver se irá conseguir fazer distúrbio no país. NÔ FORÇAS DE SEGURANÇA KA TENÉ BALA DE BORRACHA, CADA KIN PA Y FICA SIKIDU NA SI CASA DÊ.

- O que me deixa honrado e satisfeito na última semana é que a PGR, começou mesmo a ouvir alguns governantes dos quais, o actual Ministro das Finanças e a Ex Ministra da Saúde já foram ouvido apesar de faltarem muito mais pessoas ainda, para ser ouvido. Y ASSIM PROPI, TRIBUNAL Y KA PA COITADIS SÓ.


- Várias pessoas não tinham tanta simpatia ao Presi JOMAV no momento das Eleições mas, com a política responsável baseada na igualdade social e o respeito pelos bens públicos, transformou-se no político que acolhe mais carisma do povo guineense actualmente.

DOKA INTERNACIONAL- O DENUNCIANTE- O UNICO

Sem comentários:

Enviar um comentário