OGIVA NUCLEAR

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Por vezes não tomar em conta, é consentir: Aly, a defender mentiras, deu tiro no próprio pé!!!


Aly Silva, depois de publicar a notificação que terão sido enviadas às empresas sobre o contrato da SO Energy e a EAGB, decidimos averiguar o que aconteceu de concreto, e acreditamos que serás o primeiro a desistir dessa campanha, porque os factos reais, não têm nada a ver com os que te têm fornecido.

Numa curta investigação que se fez sobre a matéria, já se constatou certas irregularidades que vamos pedir ao Aly Silva para que nos ajude a esclarecer.

- A carta da notificação aos concorrentes foi escrita no dia 12 de Maio de 2016, dia em que o Governo foi demitido. Acha correcto ou sério um procedimento daquele, tendo em conta a instabilidade que se viveu antes da queda do Governo? Alguém não apressou alguma coisa para passar batata quente ao Governo seguinte?

Primeiro, não sabemos se AGREKKO recebeu a notificação, apesar de publicar uma que lhes foi dirigida, mas queremos muitos esclarecimentos:

- Porquê é que o contrato foi assinado no dia 25 de Maio de 2016, 13 dias depois da queda do Governo? É competência do Governo em condição de gestão e ‘barricado’ assinar o contrato desta natureza?

Por favor, Aly Silva, explique ao povo guineense, quem assinou o contrato com SO ENERGY e quando é que isso aconteceu? Foi antes ou depois da queda do Governo? O contrato foi assinado depois ou antes da notificação?
Quando explicar tudo isso, diga se é correcto ou não.

Se nos esclarecer estas questões, vamos continuar com outros assuntos lesa pátria cometidos pelo Governo demitido. 

Qual o investidor responsável que aceita fazer o contrato daquela forma, com toda a turbulência que se antecedeu a queda do Governo?

OBS: Se manter o silêncio, reservamos o direito de publicar o contrato e chamar a justiça, todos aqueles que estão atrás dele. Lamentamos imensamente este teu comportamento apoiando uma situação condenável como este. Com que moral andas a criticar ou a caluniar quem nem assinou e serviu apenas de testemunha num outro contrato? Já estamos a ficar com algumas dúvidas sobre ti.
Mas o desafio está lançado...


Amigos de Comunicação do PRS

Sem comentários:

Enviar um comentário