OGIVA NUCLEAR

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Assembleia Nacional Popular da República da Guiné-Bissau mantém o país refém de ambições desmedida de grupo de interesse. 

Após mais uma reunião inconclusivo da comissão permanente deste órgão como já era previsto, estamos perante um impasse político orquestrado pelos dois primeiros presidentes da ANP. 

Nesta ótica, Sua Excelência Sr. Presidente da República pôde convocar secção extraordinária conforme o previsto na constituição da República da Guiné-Bissau com uma única agenda (discussão e votação do programa do governo). 

E, por obstrução a justiça, o presidente e primeiro vice-presidente da ANP poderão ser presos e responsabilizados pela justiça.

Sem comentários:

Enviar um comentário