OGIVA NUCLEAR

terça-feira, 21 de março de 2017

António Aly Silva um mentiroso cumpulsivo

O delinquente Aly Silva escreveu no seu blog que uma missão do UNIOGBIS chefeada pelo seu Representante Modibo Turé, tinha uma missão programada para Bubaque que ficou cancelada na ultima hora porque o PM mandou instruir FISCAP para cancelar a missão. Pura mentira.

Primeiro, a dita missão, pelas informações apuradas pelo Doka Internacional é de baixo nivel, ou seja, de funcionários menores que queriam efectuar uma visita de contacto junto da população de Bubaque e Formosa para inteirar das dificuldades de acesso a água, educação, saúde etc. em nenhum momento o representante ia integrar esta missão.

Acontece que houve uma coincidência com uma missão do governo que decidiu utilizar os botes que são meios do estado para uma missão do estado. Se UNIOGBIS pretende viajar para ilha há operadores turisticos como Solange com botes para serem alugados, porque não recorrer a esses privados?

O Segundo aspecto que revela a falsidade do Aly de tentar associar esta falsa questão com uma suposta atividade ilicita nas ilhas, é que o UNIOGBIS tem um escritório permanente em Bubaque inclusive com dois agentes de policias especializados em combate ao crime organizado, ambos estrangeiros. Portanto, UNIOGBIS não precisa de mandar uma delegação de civis para saber se há ou não tráfico de drogas em Bubaque.

Mais uma vez o Doka internacional desmonta uma mentira orquestrada pelo DSP publicada pelo Delinquente Aly Silva.

Como todos os guineenses de boa fé têm constatado, DSP e seus acólitos usam sistematicamente o argumento de droga para distruir a imagem do país.


Sem comentários:

Enviar um comentário