OGIVA NUCLEAR

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Crimes com menos importância na Guiné Bissau, são e sempre foram os assasssinatos.  Aqui na Guiné Bissau, o crime de sangue é bem vindo.
1- Anastácio Moreira Ferreira ( Didi )- Ex Comandos Africanos/ Foi fuzilado públicamente em Cantchungo.

2- Joaquim Baticã Ferreira ( Regúlo dos Mandjacos/ Fuzilado Públicamente em Cantchungo.

3- Faran Ndaié ( Mandjaco/ Fuzilado públicamente em Cantchungo- Ambos os 3 no dia 10 de Março 1976.
Envolvidos directamente no fuzilamento- Zé Sanhá, Djón Malaca, António Moscovo, Orlando Nhaga.

4- Tchico Té/ Assássinado no dia 7 de Julho de 1978, Autôr do crime- Tchutchú Axón.
5- Lay Seck/ Espancado, torturado até a morte nos estabelecimentos do Ministério do Interior (2ª Esquadra) no dia 26 de Setembro de 1981- Responsavél, Djón Mané era o responsável máximo da equipa dos carrascos que torturava.

6- João da Silva- Detido em Novembro de 1985/ assássinado a sangue frio e morto por Robalo de Pina.
7- No decorrer deste mesmo processo são mortos, assássinados pelo PAIGC Agostinho Gomes, B'nhate na Biate, Foré na ‘Mbitna, e Zacarias António Pereira...., e logo a seguir Binhanquerem na Tchanda, Braima Bangura, N'Baná Sambú, Pedro Ramos, Paulo Correia e Viriato Pam.- Djón Mané volta a estar na equipa que comandava a tortura.

8- Robalo de Pina, é assássinado por Nino Vieira segundo Kumba Ialá no dia17 de Maio de 1993.
9- Assassinato do jornalista português Jorge Quadros, assessor de imagem de “Nino” Vieira, alegadamente por ordem da segurança bissau-guineense em Novembro de 1993. Quem dirigiu a operação.., Coronel João Monteiro?

10- Levantamento militar comandado pelo Brigadeiro Ansumane Mané que dá origem à guerra civil (7 de Junho de 1998). em que morrem inocentes devido a maldade e a ambição de certos dirigentes do PAIGC.



11- Nicandro Pereira Barreto, Ministro da Administração Territorial e antigo Procurador-geral da República.  Assássinado a 22 de Agosto de 1999. ( PAIGC- Culpado do crime Por não ter protegido um alto dirigente das garras do NDINHO ).
12- Assássinato de Veríssimo Seabra e do seu adjunto Ten. Cor. Domingos Barros a 6 de Outubro de 2004 por espancamento seguido de tiros. (Governação de Cadogo jr. PAIGC)

13- Assassinato de Mohammed Lamine Sanhá, ex-CEMA a 6 de Janeiro de 2007. (PAIGC, Nino e Cadogo jr., apenas eles sabem da verdade, mas Coronel João Monteiro voltaria a estar implicado)?
14- Assassinato do CEMGFA, Tagme na Waie, assássinado a 1 de Março de 2009. Culpado- PAIGC, Cadogo jr. e Zamora Induta e a conspiração internacional.  Depois de tudo Zamora Induta salta do nada e é nomeado CEMGFA e apartir daqui se inicia um ciclo de terróres e de assássinatos.

15-  Nino Vieira é assássinado a tiro e à catanada 2 de Março de 2009- Implicados e mandantes ... Cadogo jr. e Zamora Induta.
16- Baciro Dabó e Hélder Proença, assássinados a 5 de Junho de 2009..., nestas duas operações temos o envolvimento de N´dundo?- filho de cadogo jr...., que mata Hélder Proença e Samba Djaló que dispara e mata Baciro Dabó?  Em ambas as execuções, Ndundo participou directamente? tirando as viaturas no cais e executando os disparos contra Hélder?

17- Em 27 de Dezembro de 2011, Roberto Cachéu é assássinado a mando de Cadogo jr..., e é queimado vivo. 

18- O ex-chefe dos serviços secretos militares, Coronel Samba Djaló é assássinado a 18 de Março de 2012 a mando de Cadogo jr. e de Zamora Induta.

19- Um caso mal explicado
21 Oct 2012
Um tiroteio junto ao quartel de Bissalanca, sede dos Bionas Vermelhas, culminou em sete mortos. O ataque terá sido liderado pelo capitão Pansau N’Tchama, que esteve em Portugal a receber formação ao abrigo de um acordo de Cooperação Militar entre os dois países. O governo de transição acusou Portugal, a CPLP e Gomes Júnior de estarem por detrás do ataque. 

Esta é a nossa pátria amada.
Pátria de Cabral.
E tudo o que hoje a Guiné bissau herdou..., herdou de Amilcar Cabral e do PAIGC

Sem comentários:

Enviar um comentário