OGIVA NUCLEAR

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Resolver problemas do Estado assim
Ignorância perdoa-se, mas quando é voluntária, pune-se. Aly Silva ou o administrador ou representante da SO ENERGY estão a persistir na ignorância voluntária e devem ser punidos apenas com a verdade aqui em público e com condenações nas instâncias competentes.

Ontem, o Aly Silva publicou um vídeo no qual, um suposto representante da SO ENERGY apresenta para o mundo, as máquinas que já haviam colocado na Guiné-Bissau para iniciar o fornecimento da energia, ao abrigo do tal contrato.

O tal representante da SO ENERGY que nem o nome conhecemos explicou apenas que assinaram o contrato com o Governo e mentiu a seguir que o Dr. Florentino Mendes Pereira assinou o contrato. Mentiu que a residência do Dr. Florentino é em Dakar, onde a AGREKKO tem sede. Que mentiroso é este homem!!! Nem conhece a lógica de que não se pode ser ministro e estar a viver num outro país, se o teu país não está em guerra. O Dr. Florentino esteve em Dakar para cerca de três semanas no mês de Agosto, porque estava doente. Todos vocês sabiam disso, mas querem ignorar por maldade e má-fé ignorar.

O tal representante da SO ENERGY exibiu ou apontou para um ou o barco que transportou os grupos geradores que seriam instalados na central eléctrica de Bissau para fornecer energia. No fim implorava ao Dr. Florentino Mendes Pereira para permitir que a sua empresa começasse a trabalhar.

Esclarecimentos e questões
O Contrato não foi assinado pelo Dr. Florentino e o início ou a sua implementação não depende dele. Depende da verdade e do respeito aos procedimentos. No entanto, sem entrar em muitos pormenores, da nossa parte entendemos que, os grupos que se vê no barco são parecidos com os instalados pela AGREKKO. Mas não é isso que interessa. Admitamos que os grupos de SO ENERGY podem até ser melhores. Mas existem questões em discussão, mas que parecem não interessar nem Aly Silva, nem os responsáveis da SO ENERGY.

1ª Questão: Quais as circunstâncias em que o Contrato foi assinado? Foi com Governo legal ou não? O Contrato teve o visto do Tribunal de Contas ou não? 12 de Maio, data da queda do Governo, 25 de Maio dias das barricadas do Governo demitido, são datas legais… para um governante assinar o contrato? Se são, as nossas sinceras desculpas então. Mas se não são, vocês todos são aldrabões. E não são.

2ª Questão: Vantagens económicas do Contrato para a Guiné-Bissau. Aly Silva, tu sabias que, o fornecimento da SO Energy, por Mgw, é o dobro em termos de custos financeiros da AGREKKO? Pergunte e peça para te fazerem simulação. Temos sensação que tu és patavina na economia e na matemática, porque nada percebes.

3ª Questão: Porque razão não se renunciou o contrato da AGREKKO antes da feitura do ilegal contrato com a SO ENERGY. É que, quem não é burro, sabe que, para solicitar trabalho a alguém, mesmo sendo domésticas nas nossas casas, temos que despedir a outra. Tu não podes dizer que, a patroa manifestou intenções de contratar outra doméstica, automaticamente a outra deve sair. Devem acertar a data em que a outra cessará as funções. Nem exemplos como estes te despertam, Aly.
- Quem deu ordens ao pessoal da SO ENERGY para trazer para Bissau, os equipamentos, antes dos de AGREKKO saírem? Que responsabilizem esta pessoa.

4ª Questão: Porquê é que, no vídeo se está a implorar ao Dr. Florentino Mendes Pereira para dar o contrato. O Dr. Florentino não pode sozinho decidir num assunto de Estado. Esta questão é assunto de Estado. Ultrapassa a direcção da EAGB.

5ª Questão: Aly, porque razão os responsáveis da SO ENERGY não vão ao Tribunal seja aqui ou noutro lugar para reclamar os seus direitos? Nos Estados civilizados, quando as pessoas ferem os nossos direitos, vamos aos tribunais que são instâncias competentes para julgar. Se na verdade o concurso é internacional, as instâncias judiciais internacionais podem intervir. Mas se pensarem que, com tentativas de pressões vão fazer das mentiras, verdades – tirem o cavalinho.

Por último, Aly Silva, para a vossa informação, tu e o representante e os teus patrões com mãos ocultas neste processo, houve um encontro entre o embaixador dos Estados unidos da América com o Primeiro-ministro, onde este assunto foi discutido em pormenor.

Vá junto deles saber o resultado. Não vamos tornar público o resultado, porque o assunto é do Estado, neste caso. Foi de representante de um Estado com um Governo. A conversa foi franca. Mas como as vossas saídas são propagandas políticas, cá estamos para vos desarmar com as vossas mentiras.

Amigos de Comunicação do PRS

Sem comentários:

Enviar um comentário