OGIVA NUCLEAR

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

FUNCIONÁRIOS GUINEENSES DA EMPRESA ORANGE EM BRAÇO DE DE FERRO CONTRA A DIRECÇAO SENEGALESA.
TANAME FENHI..., LEIAM.

Exmo. Sr.

Seydi Ahmed Sy SARR,

Diretor Geral da Orange-Bissau, S.A

Guiné-Bissau

 Bissau, 06 de Setembro de 2016

ASSUNTO: Resposta a Proposta definitiva da Direção Geral da Orange Bissau sobre as reivindicações dos Trabalahadores da Orange Bissau 

Exmo. Sr. Director Geral:

Queira aceitar os melhores e respeitosos cumprimentos do seu parceiro privilegiado, Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Orange Bissau - SINTOB

O SINTOB acusa a recepção da vossa carta de 1 de Setembro de 2016 e serve-se da presente para responder nos seguintes termos

Agradece imenso a vossa oferta de aumento de salarial mínimo, por categoria, na ordem de 10% para todas as categorias. Todavia, infelizmente esta oferta determinada e apresentada pela Direção, em forma de proposta definitiva, não satisfaz minimamente as condições de escravidão e de miséria laboral impostas aos trabalhadores da Orange-Bissau há 9 anos; não corresponde aos esforços por eles empreendidos diariamente com vista a atingir os objectivos fixados pelo Grupo Sonatel e impostos pela concorrência no sector das telecomunicações; não corresponde aos salários praticados dentro do Grupo Sonatel; e ainda não corresponde ao fluxo de negócios da Orange Bissau no país

Sr Director Geral, o SINTOB vem lamentar a forma como abordou a proposta de aumento de 50% de salário de base, em como se ela fosse aceite, colocaria os ordenado da Orange-Bissau acima de todas as filias de Grupo Orange!! Mostrando uma clara contradição!!

SINTOB convida a analisar a seguinte tabela:

Désignation
Salário de base em 2014
Salário de base em 2016
Diferença em XOF
Aumento em %
1
DG
806 000 XOF
1 902 000 XOF
1 096 000 XOF
136%
2
DFC
589 752 XOF
1 226 000 XOF
636 248 XOF
109%
3
DT
572 370 XOF
1 225 052 XOF
652 682 XOF
114%
4
SI
351 999 XOF
792 324 XOF
440 325 XOF
125%
5
SCG
351 999 XOF
790 423 XOF
438 424 XOF
125%
6
ARQ
351 900 XOF
790 324 XOF
438 424 XOF
125%
7
DMC
351 000 XOF
790 000 XOF
439 000 XOF
125%

 Aumentos Salariais acima dos 100%.

 Pelos vistos o Sr Director Geral ganha um salario de base que está acima ao de PDG do Grupo Orange,  o Director Geral do Grupo Sonatel e que por coincidência é PCA da Orange-Bissau.

 Sr Director Geral, o Senhor acha legitimo processar um aumento salarial elavadissimo somente para o Senhor e os seus Directores expatriados, que por conscidência são todos de Nacionalidades Senegalesa?

SINTOB entende que a unica pessoa na Orange-Bissau que tem mandato do Conselho de Administração da Orange-Bissau, é a Vossa Exelência, portanto acha normal que o mesmo Conselha aceita aprovar um salário de base superior de um Director de categoria inferior ao seu PCA ?

 Analise bem a tabela e repara uma coisa, o Conselho de Administração da Orange-Bissau aceitou um aumento de seu Salário de base a dobrar, para Trabalhadores da Orange-Bissau isso deixa claro os seguintes :

 ü  O Sr Director Geral não está ser leal para com os Trabalhadores da Orange-Bissau em relação aos resultados ou ao volume de négocio da Empresa;

ü  O Sr Director Geral está agir de má fé.

ü  O Sr Director Geral pretende manter os quadros nacionais em condições miseraveis e humilhantes.

 Ademais, em relação a vossa proposta de acessibilidade às 500 acções, divididas em 3 anos. É do vosso conhecimento, contudo fingem ignorar, que a aceitação da referida proposta sempre foi condicionada a aceitação da vossa parte da nossa proposta de aumento salarial e de subsidios de Alojamento e Escolaridade.

 Salvo devido respeito Sr. Director Geral, estas vossas ditas propostas que pretendem impor ao SINTOB não resolvem os problemas dos trabalhadores. Antes pelo contrário  mantem-os nas mesmas condições miseráveis e humilhantes em que se encontram. Esta dita proposta é a prova clara da falta de vontade e seriedade da Direção e do Sr. Director-geral na resolução das demandas impostas pelas necessidades merecidas dos trabalhadores.

 Não obstante os debaldes esforços até aqui feitos pelo SINTOB e pelas mediações das autoridades públicas nacionais para, através de diálogo franco e sincero, poder encontrar uma solução intermédia e consensual e, por conseguinte, minimizar os prejuízos para a empresa, para o país e o sofrimento dos trabalhadores, a Direção, na pessoa do Sr. Diretor-geral, preferiu, ao invés, pôr em causa tais esforços menospresando assim todas as opiniões avançadas pela mediação, durante este processo.

Porque a Direcção e o Senhor Director Geral mostraram-se, ao longo deste processo, inflexíveis e determinados em manter os trabalhadores nas condições miséraveis em que se encontram, prejudicando deste modo a empresa e o país, em geral, o SINTOB decide:

Unico: Em nome dos valores e dos interesses supremo do país e da empresa Orange Bissau, em particular, continua aberto às negociações. Porém, devido a perda de confiança motivada pela falta de seriedade demonstrada pelo Sr. Director-geral nas negociações anteriores, o SINTOB não voltará a sentar-se com ele e exige a sua imediata demissão ao cargo, como condição prévia e indispensável para um possível entendimento.

 Em conclusão, o SINTOB requer a honrosa  presença e intervenção do Senhor PCA do Grupo Sonatel, nas próximas rondas de negociações, e conta com a mediação das autoridades públicas nacionais que sempre estiveram presentes desde o início do processo.

 Sem mais assunto, o SINTOB reitera os seus melhores e respeitosos cumprimentos de confrade à todos.

 Atentamente,


Bian Kabi

 Presidente do SINTOB

 CC:

 ·       Ministério da Função Publica e Trabalho (MFPT)

·       Secretaria de Estado dos Transportes e Telecomunicações (SETT)

·       Autoridade Reguladora Nacional (ARN)

Caros Trabalhadores da Orange-Bissau.
Actualmente a Massa Salarial da Orange Bissau gira entorno de 47 à 48 milhoes de Francos CFA’s bruto mensal, contando apenas com 83 funcionarios.
Aplicando a proposta da Direção Geral, que consiste em um aumento salarial de Base de 10% e um aumento no subsidio de Alojamento de 40%, a massa Salarial bruto (sem aplicação de imposto) passaria a ser de + ou - de  54 à 55 Milhoes de Francos CFA’s mensal, ou seja, um aumento de apenas 6 à 7 milhões.
Agora vejamos, somente os SALARIO BASE (sem qualquer subsidio) de nossos expatriados, que são 7, gira em torno de 8 Milhoes de Francos CFA’s.
Concluindo, depois de tudo que passamos, a Direção mal intensionada, pensando sempre em manter os funcionarios em condições miseraveis, e huminhantes quer aplicar um aumento para 83 quadros, que é inferior ao salario que são pagos os 7 expatriados.
Vamos refletir !!!!!!!

Vejamos, os aumentos efectuados aos expatriados, que coincidentemente são todos de nacionalidade Senegalesa :
Désignation
Salário de base em 2014
Salário de base em 2016
Diferença em XOF
Aumento em %
1
DG
806 000 XOF
1 902 000 XOF
1 096 000 XOF
136%
2
DFC
589 752 XOF
1 226 000 XOF
636 248 XOF
109%
3
DT
572 370 XOF
1 225 052 XOF
652 682 XOF
114%
4
SI
351 999 XOF
792 324 XOF
440 325 XOF
125%
5
SCG
351 999 XOF
790 423 XOF
438 424 XOF
125%
6
ARQ
351 900 XOF
790 324 XOF
438 424 XOF
125%
7
DMC
351 000 XOF
790 000 XOF
439 000 XOF
125%

Isto sem contar com os subsidios e as LIVRES DESPESAS (como Renda de casa (500 à 700 mil), Carro, Combustivel, Viagens ao Senegal, Escolas pagas aos filhos, etc). Ha vale lembrar tambem que eles tambem são remunerados na Orange Senegal, ou seja, 2 salarios.

Agora vejamos os salarios de quem esta a lutar contra os seus irmãos !!! Salarios dos Manés :
Respectivamente Mauricio e Titina.

Désignation
Salário de base em 2016
1
DC
619 240 XOF
2
DR
485 189 XOF

Povo di Guiné-Bissau, anòs no djiru, no balenti, ninguin ka pudi massacranu na no terra.
No bai rua no pupa BASTA Neocolonialismo! Basta Escravatura!

Quadros di no terra tem ku Rispitadu!! Povo tem ku rispitadu !! Basta !!

No Ermons di Orange na sufri!!

Vamos mostrar a nossa União, vamos mostrar que aqui é a Guiné-Bissau, terra de gente inteligente e competente !!!

Sem comentários:

Enviar um comentário