OGIVA NUCLEAR

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

BOMBA PRESTES ARREBENTAR “ 6 MILHÕES DE USD EQUIVALENTES A 3 BILHÕES DE FRANCOS CFAs DE COMISSÃO DA OPERAÇÃO DE RESGATE AOS BANCOS ” Afinal, a famosa operação de “BANDISTISMO” de resgate aos bancos que provocou o rompimento das relações entre a Guiné-Bissau e os seus principais parceiros econômicos, aplaudida e abençoada pelo Comitê Central do PAIGC, tinha os seus objetivos próprios.

Os dois principais protagonistas da operação jamais vista na História do País e, que lesou de que maneira a pátria de Amílcar Cabral, DOMINGOS SIMOES PEREIRA E GERALDO MARTINS e, mais o advogado dos dois bancos CARLOS PINTO PEREIRA (CAIA) beneficiaram de uma comissão no valor de 6 Milhões de Dólares mais de 3 Bilhões de Francos CFA???. “ cada kim toma di sil ”???

O Valor da comissão que beneficiou os novos ricos da Guiné-Bissau em detrimento dos pobres, já saiu do pais em operações de transferências internacionais efetuadas entre junho e novembro de ano passado, desafiamos os dois Bancos, o BAO e o BDU a desmentirem essa informação se não for verdade e apresentem a versão deles.

GERALDO MARTIS TEM CONTA BANCARIA NA SUIÇA PARA ALEM DE PORTUGAL E SENEGAL, DSP TEM EM PORTUGAL E ESPANHA??? CONCRETAMENTE BARCELONA??? E O CAIA EM PORTUGAL???, pistas para a JUSTIÇA ( MP e a INTERPOL).


O Ministério Publico Guineense já tem conhecimento do assunto e, a operação de investigação do caso poderá iniciar nos próximos dias. Crimes econômicos desta natureza é tipificado no código penal Guineense com a sua moldura penal e, agora cabe a justiça fazer o seu trabalho. Queremos aqui recordar que o novo governo, liderado por Baciro Djá, anulou o contrato e consequentemente ficou nulo e sem efeito. Perante essa nulidade, os BANDIDOS só têm uma alternativa, repor o valor.

Sem comentários:

Enviar um comentário