OGIVA NUCLEAR

quarta-feira, 1 de junho de 2016

In Jornal de Angola Online

O dito artigo publicado pelo Jornal de Angola “In Jornal de Angola Online” não passa de uma encomenda do DSP e seu bando de bandidos e criminosos (inimigos do povo Guineense).

Para quem é burro como os editores do Bolg Progresso Nacional de Domingos Simões Pereira e seus lacaios, Angola é um estado livre e independente cujos cidadãos são livres de exprimir o que sentem desde o momento este sentir não visa tentar contra o estado que custou suor e sangue de bons filhos daquele País irmão. Por isso, um jornal bem pago, vende ideias demagogas de pessoas como DSP no intuito de desviar atenção aos Guineenses e a Comunidade Internacional, para fazer vincar a cultura da corrupção, nepotismo e da divisão de classe (Guineenses de primeira a Guineenses de quarta).

Com muito respeito aos editores do dito Jornal, o Doka Internacional entende que foram muito irresponsáveis na edição deste artigo que de certa forma não pode mais confundir ninguém.

Se não, vejamos o caso do famoso Luaty Beirão e outros activista em Angola. Ouve intentos no parlamento Português no sentido de um posicionamento a favor destes activistas ou golpistas mais não surtiu efeito. Facto que ratifica a cultura de não ingerência nos assuntos internos de outros País, porque cada estado sabe o povo que tem e cada presidente sabe o Governo que tem.

Vejo que este Jornal parece atento aos assuntos correntes da Guiné Bissau, mais não consegue fazer notícias sem que a mesma seja por encomenda.
Mas onde é que estava este Jornal quando as atribuições do Presidente República da Guiné Bissau foram usurpadas pelo então Governo corrupto do DSP?
 
Onde raios se meteram os editores deste Jornal, quando voluntariamente o Presidente da Assembleia Nacional Popular da Guiné Bissau decidiu fazer presidência aberta, falar em nome da nação, andar com uma coluna de defesa e segurança, direitos que são exclusivos à Senhor Presidente da República na constituição Guineense?

Igualmente onde estavam quando o Presidente da ANP preside estupidamente uma sessão onde foram dirigidas palavras de insultos e difamação a Sua Excelência Sr. Presidente da República durante toda sessão?  

Quem não se lembra da plataforma montada durante quatro dias no Palácio da República onde foram dirigidas palavras indecentes a figura do Presidente?   

In Jornal de Angola Online, vocês não viram com certeza o recente ataque à vedação do Palácio da República liderado por antiga ministra da saúde e dois deputados do PAIGC acompanhados de aproximadamente três dezenas de cidadãos neste atentado contra o estado?
 
Por favor, nós também somos povos livres e soberanos e merecemos devido respeito de outros povos.
 
Em suma, se Domingos fosse inteligente e patriota, e não olhava apenas para seus interesses, este seria para ele o momento certo de ir buscar emprego neste Jornal (In Jornal de Angola Online) visto que ambos detêm a mesma capacidade de mentiras e desinformação, porque amanhã poderá ser demasiado tarde.  

Doka Internacional

Sem comentários:

Enviar um comentário