OGIVA NUCLEAR

domingo, 12 de junho de 2016

Dini Dinika deixou um novo comentário na sua mensagem "SÃO DUAS COISAS:1-    KIM KU MURI NA DIA DE FESTA....":

Doka,mais verdade do que esta que sublinhaste,não existe. Estou chocada que de sacana que esta mulher, Carmen Pereira, foi, começando pelo próprio pai dela dr Armando Pereira e família (Tchotcho Delgado (marido da Branca, irmã desta vibora) preso e torturado pelo PAIGC e tirado da prisão para morrer fora depois de todo o maltratado, que só os capangas do mato conhecem) .
 
O guineense,parece que tem tido a memória curta...não é com mentira que vamos fazer e contar a nossa história as gerações vindouras).

Lembro da crítica da Camarada Carmen Pereira,quanto a igreja católica,à festa do Natal (nós católicos fomos proibidos de celebra-lo, porque senão éramos tidos por reacionários, saudosistas, colaboradores dos tugas e com proibição de praticarem, de ir à igreja etc).
 
É muito curioso, que a Carmen passou de um extremo para o outro,tornou-se frequentadora da igreja (ainda bem), dava missa para os defuntos, foi enterrada como católica...lá em cima vai dar contas ao Senhor .
 
Mas não foi e nunca sera santa...criou confusão e deixou atrás dela confusão. Enfim!
 
Eu estou a escrever a História da GB, porque os que nos seguem, devem conhecer a verdade. Há muito a contar sobre a Carmen e F.P.etc...não se esqueçam, que a Carmen tentou estragar o casamento do Carlos Gomes (Pai), quando o Umaru Djalo deixou-lhe por uma mais jovem e bonita.

Que santa é esta que colabora nas coisas de "kabalindadi" ?

Sem comentários:

Enviar um comentário