OGIVA NUCLEAR

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

OS   3  ELEMENTOS DO FOGO....   ARMANDO CORREIA DIAS- NDINHO, TINHA TUDO PREPARADO PARA QUE HOUVESSE COMBUSTÃO.   

DOKA INTERNACIONAL- MINISTÉRIO PÚBLICO- NDINHO.  

NDINHO JOGOU TODAS AS SUAS CARTADAS, TODA A SUA CANALHICE, TODA A SUA INFLUENCIA DE BANDIDAGEM, INVESTIU TUDO O QUE PODIA TANTO NA PJ, COMO NO MINISTÉRIO PÚBLICO, ENTROU COM TUDO PARA QUE DOKA INTERNACIONAL FOSSE PRESO E SILENCIADO..., CONTRATOU HOMENS PARA ME SILENCIAREM, FORAM A MINHA CASA. 

MAS,   EQUIVOCOU- SE E ESQUECEU- SE DE 3 PROMENORES MUITO IMPORTANTES:
1- O INTERNACIONAL PUTO DE MANCHESTER SEMPRE TEM PROVAS, 2- APRESENTA OS FACTOS DO QUE ESCREVE OU FALA, E POR ÚLTIMO, 3- DE COVARDE NADA TEM.  LEIAM E VEJAM NA REALIDADE QUEM É NDINHO-

O triângulo do fogo  é a representação dos três elementos necessários para iniciar uma combustão. Esses elementos são o combustível que fornece energia para a queima, o comburente que é a substância que reage quimicamente com o combustível e o calor que é necessário para iniciar a reação entre combustível e comburente. Para que se processe esta reação, obrigatoriamente dois agentes químicos devem estar presentes: Combustível e Comburente.   Pois bem, falando a nossa linguagem corrente, afinal de contas quem é o Armando Correia Dias- Ndinho???  Para quem não conhece este homem, pois bem aqui está a sua foto e as suas caracteristicas:

O GAJO É FEIO..., PORRA!!! GORILA.

 NDINHO..., apenas num país como a Guiné Bissau é que ele poderia estar solto e a fazer pouco da vida e do sentimento das pessoas a quem atingiu e continua atingindo.   Todos nós que vivemos e acompanhamos as coisas que vão acontecendo na guiné, sabemos na verdade quem é este homem.

1-     Um assássino. Envolvido e suspeito de vários crimes fisicos e de sangue.  Exemplos que todos nós sabemos- Seu nome constava e consta como um dos principais suspeitos do assássinato de Nicandro Pereira Barreto, esteve detido neste caso, ou será que eu Doka estou mentindo???  Porque este processo existe, a PGR e o ministério público poderão nos confirmar este assunto.  Nka ta bibi nin nka ta fuma charru pa fala kuma ndudu.  Porque será que este caso nunca foi ao julgamento???  Nicandro Barreto era um animal??? Nicandro Barreto era um ser humano e um alto dirigente do PAIGC.  A quem do direito, eu Doka Internacioanal, desafio aqui para que revejam de novo a este processo.

2-   Faz parte de uma associação criminonsa, contrata pessoas para invadirem a propriedades/ establecimentos privadas e comerciais a fim de agredirem aos seus proprietários e danificarem os seus respectivos materiais..., exemplo vivo disso, foi a vitima que se chama João de Barros- Jornalista e proprietário do jornal diário de bissau..., ou será que o internacional puto de manchester está de novo mentindo neste aspecto??? Houve julgamento??? Foi Julgado? Mas foi detido preventivamente, mas e depois disso??? Houve continuidade do processo??? Não!!!  Quem perdeu??? João de Barros, a sua vitima agredido e lesado em mais de 20 mil euros- Danificação dos equipamentos.

3-   De novo volta a fazer parte da lista como suspeito e o principal mandante do espancamento que culminou com a evacuação do ex ministro Orlando Viegas. Porque será que houve essa tentativa de assássinato???  Sim, tentaram matar ao Orlando Viegas, só que pensaram que o mesmo estaria morto depois de toda a ação, infelizmente, o tiro saíu pela culatra, mas mesmo assim, Ndinho continua livre e impune. Porque será??? Mas pergunta- se a razão de tanta divergencia ao ponto de querer executar ao Orlando..., simples..., o Orlando fez com que desvios financeiros e abusivos no APGB tivessem um BASTA.  Porque enquanto Ndinho estava no conselho de administração da mesma, o seu hotel estava numa construção em termos record. E quando foi exonerado..., puff..., o hotel, as obras pararam.

4-   Voltemos um pouco atrás no tempo quanto aos crimes de sangue, acompanhado com  3  pessoas armadas, Ndinho se dirige a minha residência, não me viu porque estava ausente, ao me telefonarem eu Doka surprendo ao Ndinho na sua Pastelaria situada nas proximidades da Rotunda de Império, logo depois dou uma conferencia de imprensa em que Bissau inteiro acompanhou, faço uma demonstração de força e reajo violentamente contra Ndinho e toda a escumalha de amigos e alguns familiares tambem assássinos que mataram na europa e fugiram refugiando- se em Bissau.  Apartir dali Ndinho dá se de conta que desta vez se meteu com a pesoa errada, e consigo humilhar Ndinho em todas as frentes. Guineenses deram e me dão razão.  Muitos dizem é um biass i na paga si pecadu tudu.

5-    E enquanto PCA da APGB, Ndinho é constituido arguido em vários processos segundo o ministério publico.  Foi este o tal famoso processo que faz Ndinho contratar homens armados e irem a minha casa.  Perguntei ao ministerio publico na altura pelo qual ele não contratou homens para matar a equipa do ministério publico que o contituiu arguido, eles é que elaboraram o processo, porque mesmo assim, sendo eu o lesado, tendo uma divida de 2.000 mil euros, e recusando- se a pagar, Ndinho queria provas de divida, claro que não tinhamos nenhum contrato elaborado, logo de seguida já nem me olhava nem me cumprimentava.  Nesta situação e com a sua arrogância pede- me documentos e eu Doka perguntei- lhe: REALLY??? A serio???  Ok, como ele queria documentos, fui ao ministério publico fazer o levantamento de toda a sua bandidagem e meti no meu blog.   I PUPA I SAI NA FALA. E agora diz que me vai matar.  Só que se esquece que a fila é bastante longa.

6-   Ndinho, neste preciso momento é considerado como um cancro maligno na sociedade guineense, é um homem que cheira mal quando chega ou se apróxima de alguém, é sujo, porco e nojento por dentro e por fora.

7-    Tem uma cultura do não pagador, não paga as dividas.

8-   É mentiroso, aldrabão, Trapaceiro, Cinico, Invejoso e traiçeiro.

9-   Sabe bajular mas que ninguém acredite naquilo que ele diz, porque quando te esta a bajular, é porque já tem o teu caixão de lado.

10-                      É um cornudo nato??? mas isto de cornos podemos vir a falar mais tarde, envolve a um sr. Da rua 10 Tchóm de Papel???  Ndinho lhe flagrou mesmo encima da sua cama??? Uma pergunta e uma curiosidade interessante. Uma pergunta, sendo verdade, quem é este sr.???


Obs: Ndinho fez de tudo na Pj de Bandim para que eu fosse detido, notificaram- me apresentei provas e me vim embora.  Logo depois encaminharam- nos para o ministerio publico, ali Ndinho fez que me notificassem as 9 da noite para comparecer as 9 da manhã do dia seguinte.  Mas tudo isto irá ser exposto em julgamento, porque algo nao batia bem no procedimento do ministério publico.

Perder Julgamento com um bandido, isso esta fora do meu dicionario. Mas uma coisa é certa, depois de tanta maldade, duvido que Ndinho tenha um final que não seja doloroso e triste.
Foram muitas maldades a muitos inocentes,
EXCLUSIVO DOKA
ENTREVISTA BOMBA
PORQUE RAZÃO TODOS OS ALIADOS DO DSP FOGEM E LHE CRITICAM?

Uma pergunta que merece ser respondida, DSP completamente isolado no país e na arena internacional, DSP conhecido como um pilantra traidor que não consegue coabitar com homens com H grande.

ABEL DA SILVA ARRASA COM DSP..., E DOKA INTERNACIONAL ACONSELHA A TODOS PARA QUE USEM OS SEU AURICULARES..., ESCUTEM, E LOGO DE SEGUIDA A HISTÓRIA DO NDINHO..., ESCUTEM AO ABEL SILVA..., VALE A PENA IR ATÉ AO FIM



A EQUIPA DE DOKA INTERNACIONAL ESTA DISPONÍVEL EM COLABORAR COM O NOVO PGR PARA A DESCOBERTA DA VERDADE SOBRE ALGUNS ASSUNTOS LIGADOS A CRIMES ECONÓMICOS E AINDA HOJE TODA A HISTÓRIA DE NDINHO:

Irmão Sedja Man, aqui vai uma pista, mas tomar atenção.
Pode e deve mandar abrir um inquérito sobre a equipa que o Secretario de Estado dos Transportes e Comunicações, João Bernardo Vieira (PUTU BANDIDU E PRENHANTADUR DE EMPREGADA), constitui dos seus colaboradores cerca de 15 pessoas ou um pouco mais..., existem mais nomes, mas estes precisam ser investigados porque algo não bate bem.

Cada um destes colaboradores ganha como salario 1 250 00 mil fracos (Um milhão e duzentos e cinquenta mil francos CFA) com categoria de Assessores e conselheiros ultrapassando de longe número de 3 (três), previsto na lei por um membro de governo e, outros nem trabalham na Secretaria de estado.

A maioria ou aliás todos eles recebem nas instituições sob a tutela da Secretaria de Estados dos Transportes e Comunicações, como é o caso de APGB, Instituto Marítimo Portuário (IMP), ARN, SAA, CNC, Aviação Civil, etc etc….

O mais caricato é que o “PUTU BANDIDU I PRENHANTADUR DE EMPREGADA” mandou pagar a eles desde o período que o governo entrou em funções, mesmo que os chegaram muito depois que eram segurança em Portugal nos centros comercias e outros nos outros pontos de mundo.

Alguns como recompensa pelo serviço prestado ao vergonhoso BLOG “ Progresso di muntrundadi nacional”.

Vamos avançar com alguns nomes e nossos leitores confirmam depois se é verdade ou não, uma vez que alguns compraram carros e avaliem o período em que adquiram essas viaturas.

  • Anizio Indami kuma conselheiro
  • Maimuna Sila kuma Porta-voz de Secretario de estado
  • Cesário Ferreira kuma chefi di Gabinete
  • Solita Lacerda kuma Secretaria i Amante??? É isso verdade??? Nka fia
  • Djacira Almeida kuma DAF
  • Zigui Chuaib kuma Assessor di Imprensa???
  • Adelio Aleluia Lopes (De Matchu) kuma pegadur di Pasta
  • Bubacar Djalo (Buba) kuma assessor

 São apenas alguns nomes, vamos trazer mais nomes num futuro próximo.
Não há nenhuma lei Guineense que diz que um colaborador de um secretário de estado deve ganhar este valor.

O Ministério Publico so tem um caminho a seguir, mandar os criminosos repor o valor e irem para a cadeia ponto final.

Obs: 
Estes nomes, alguns deles fazem parte directa do Blog Progresso Nacional, que já vinhamos mencionando e mostrando a cara em tempos atrás.
PGR abra uma investigação, marque e faça a diferença.
KIM KU MA BÓ LENHA I MA BÓ FUGU

Soma e segue a solidariedade internacional para com o Presidente de todos os Guineenses que recentemente tomou a melhor decisão politica na história da democracia Guineense, demitir um governo corrupto.

Camarada, José Mário Vaz, irá proferir o seu discurso na tarde desta segunda-feira, primeiro dia da cimeira mundial sobre clima em Paris.
José Mário Vaz, discursa na mesma linha com os seus homólogos de Estados Unidos de América, Barack Obama, do anfitrião, François Hollande, do ponderoso Vladimir Putin da Rússia, do amigo e irmão Rei Mohamed IV de Marrocos e do Presidente da comissão da União Europeia, Jean Claude Junker entre outros.

Os nossos seguidores podem confirmar a lista oficial da conferencia e tirar as suas ilações “ Pabia muntrundadi” di Blog di DSP ku JVB passa.

List of Speakers Leaders Event Monday, 30 November 2015 12.00 – 13.15 

Meeting Room Loire 
His Excellency Mr. Ollanta M. Humala Tasso, President of Peru His Excellency Mr. Rafael Correa Delgado, President of Ecuador His Excellency Mr. Danilo Medina Sánchez, President of Dominican Republic (the) His Excellency Mr. Robert Gabriel Mugabe, President of Zimbabwe Her Excellency Ms. Simonetta Sommaruga, President of Switzerland His Excellency Mr. Macky Sall, President of Senegal Her Excellency Ms. Michelle Bachelet, President of Chile His Excellency Mr. Juan O. Hernández, President of Honduras His Serene Highness Albert II , The Sovereign Prince of Monaco Her Excellency Ms. Geun-hye Park, President of Republic of Korea (the) His Excellency Mr. Jacob Gedleyihlekisa Zuma, President of South Africa His Excellency Mr. Nicolás Maduro Moros, President of Venezuela (Bolivarian Republic of) Page 2 His Excellency Mr. Ilham Aliyev, President of Azerbaijan His Excellency Mr. Evo Morales Ayma, President of Bolivia (Plurinational State of) His Excellency Mr. Baron D. Waqa, President of Nauru His Excellency Mr. Almazbek Sharshenovich Atambaev, President of Kyrgyzstan 

14.45 – completion 
His Excellency Mr. Recep Tayyip Erdoğan, President of Turkey His Excellency Mr. Tommy E. Remengesau, Jr., President of Palau His Excellency Mr. Maithripala Sirisena, President of Sri Lanka His Excellency Mr. Boni Yayi, President of Benin His Excellency Mr. Klaus Werner Iohannis, President of Romania His Excellency Mr. Mahmoud Abbas, President of State of Palestine His Excellency Mr. Muhammadu Buhari, President of Nigeria His Excellency Mr. Nicos Anastasiades, President of Cyprus His Excellency Mr. Paul Biya, President of Cameroon His Excellency Mr. Idriss Déby Itno, President of Chad His Excellency Mr. Sauli Niinistö, President of Finland His Excellency Mr. Enrique Peña Nieto, President of Mexico His Excellency Mr. Benigno S.Aquino III, President of Philippines (the) His Excellency Mr. Petro Poroshenko, President of Ukraine His Excellency Mr. Joko Widodo, President of Indonesia His Excellency Mr. Filip Vujanović, President of Montenegro Her Excellency Ms. Ameenah Gurib-Fakim, President of Mauritius His Excellency Mr. Ali Bongo Ondimba, President of Gabon His Excellency Mr. Seretse Khama Ian Khama, President of Botswana His Excellency Mr. Fuad Masum, President of Iraq Page 3 His Excellency Mr. Ikililou Dhoinine, President of Comoros (the) His Excellency Mr. Paul Kagame, President of Rwanda His Excellency Mr. Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, President of Equatorial Guinea His Excellency Mr. Malcom Bligh Turnbull, Prime Minister of Australia Her Excellency Ms. Erna Solberg, Prime Minister of Norway His Excellency Mr. Lars Løkke Rasmussen, Prime Minister of Denmark His Excellency Mr. Matteo Renzi, Prime Minister of Italy His Excellency Mr. Freundel Stuart, Prime Minister of Barbados His Excellency Mr. Henry Puna, Prime Minister of Cook Islands (the) His Excellency Mr. Tuilaepa Lupesoliai Sailele Malielegaoi, Prime Minister of Samoa His Excellency Mr. Alexis Tsipras, Prime Minister of Greece His Excellency Mr. Irakli Garibashvili, Prime Minister of Georgia His Excellency Mr. Miro Cerar, Prime Minister of Slovenia His Excellency Mr. Mariano Rajoy Brey, President of the Government of Spain His Excellency Mr. Abdelmalek Sellal, Prime Minister of Algeria His Excellency Mr. Antoni Martí Petit, Head of Government of Andorra His Excellency Mr. Sigmundur Davíd Gunnlaugsson, Prime Minister of Iceland His Excellency Mr. Shinzo Abe, Prime Minister of Japan His Excellency Mr. Bohuslav Sobotka, Prime Minister of Czech Republic (the) His Excellency Mr. Joseph Muscat, Prime Minister of Malta His Eminence Cardinal Pietro Parolin, Secretary of the State of Holy See (the) His Excellency Mr. Mark Rutte, Prime Minister of Netherlands (the) His Excellency Mr. Timothy S. Harris, Prime Minister of Saint Kitts and Nevis His Excellency Mr. Xavier Bettel, Prime Minister of Luxembourg His Excellency Mr. Habib Essid, Prime Minister of Tunisia Page 4 His Excellency Mr. Karim Massimov, Prime Minister of Kazakhstan His Excellency Mr. Peter Paire O'Neill, Prime Minister of Papua New Guinea His Excellency Mr. Hailemariam Dessalegn, Prime Minister of Ethiopia His Excellency Mr. Zoran Milanović, Prime Minister of Croatia His Excellency Mr. Charles Michel, Prime Minister of Belgium His Excellency Mr. José Maria Neves, Prime Minister of Cabo Verde His Excellency Mr. Barnabas S. Dlamini, Prime Minister of Swaziland His Excellency Ms. Ana-Helena Chacon-Echeverria, Vice-President of Costa Rica His Excellency Mr. Juan A. Fuentes Soria, Vice-President of Guatemala His Excellency Mr. Amado Boudou, Vice-President of Argentina His Royal Highness Sheikh Salman bin Hamad Al Khalifa, the Crown Prince of Bahrain His Excellency Mr. Khalid Mahfuz Bahah, Vice-President of Yemen 

12.00 – 13.15 Meeting Room Seine 
His Excellency Mr. Horacio Manuel Cartes, President of Paraguay His Majesty Mohammed VI, The King of Morocco His Excellency Mr. Barack H. Obama, President of United States of America (the) His Excellency Mr. Ismail Omar Guelleh, President of Djibouti His Excellency Mr. Xi Jinping, President of China Her Excellency Ms. Dalia Grybauskaite, President of Lithuania His Excellency Mr. Abdel Fattah El Sisi, President of Egypt His Excellency Mr. Gjorge Ivanov, President of The Former Yugoslav Republic of Macedonia His Excellency Mr. Vladimir V. Putin, President of Russian Federation (the) His Excellency Mr. János Áder, President of Hungary His Excellency Mr. Tomislav Nikolić, President of Serbia Page 5 His Excellency Mr. Mohamed Ould Abdel Aziz, President of Mauritania His Excellency Mr. Anote Tong, President of Kiribati His Excellency Mr. Serzh Sargsyan, President of Armenia His Highness Sheikh Tamim Bin Hamad Al-Thani, The Emir of Qatar 

14.45 – completion 
His Excellency Mr. Juan Manuel Santos, President of Colombia His Excellency Mr. Issoufou Mahamadou, President of Niger (the) His Excellency Mr. Emomali Rahmon, President of Tajikistan His Excellency Mr. Juan Carlos Varela, President of Panama His Excellency Mr. Alassane Ouattara, President of Côte d'Ivoire His Excellency Mr. Bujar Nishani, President of Albania His Excellency Mr. Rosen A. Plevneliev, President of Bulgaria His Excellency Mr. Anthony Thomas Aquinas Carmona, President of Trinidad and Tobago His Excellency Mr. Christopher J. Loeak, President of Marshall Islands (the) His Excellency Mr. Uhuru Muigai Kenyatta, President of Kenya His Excellency Mr. Peter M. Christian, President of Micronesia (Federated States of) Her Excellency Ms. Dilma Vana Rousseff, President of Brazil His Excellency Mr. Elbegdorj Tsakhia, President of Mongolia His Excellency Mr. Hage G. Geingob, President of Namibia His Excellency Mr. Ashraf Ghani, President of Afghanistan His

Excellency Mr. José Mário Vaz, President of Guinea-Bissau

His Majesty Norodom Sihamoni, The King of Cambodia His Excellency Mr. Michel Joseph Martelly, President of Haiti His Majesty Abdullah II Ibn Al Hussein, The King of Jordan His Excellency Mr. John D. Mahama, President of Ghana Page 6 His Majesty Letsie III, The King of Lesotho His Excellency Mr. Hery Martial Rakotoarimanana Rajaonarimampianina, President of Madagascar His Excellency Mr. Jean-Claude Juncker, President of the European Commission of the European Union His Excellency Mr. Denis Sassou Nguesso, President of Congo (the) His Excellency Mr. Nicolae Timofti, President of the Republic of Moldova (the) His Excellency Mr. Faure Essozimna Gnassingbé, President of Togo His Excellency Mr. John P. Key, Prime Minister of New Zealand His Excellency Mr. Tammam Salam, Prime Minister, President of the Council of Ministers of Lebanon His Excellency Mr. Stefan Löfven, Prime Minister of Sweden His Excellency Mr. Taavi Rõivas, Prime Minister of Estonia His Excellency Mr. Perry G. Christie, Prime Minister of Bahamas (the) His Excellency Mr. Enele Sosene Sopoaga, Prime Minister of Tuvalu His Excellency Mr. Narendra Modi, Prime Minister of India His Excellency Mr. Josaia Voreqe Bainimarama, Prime Minister of Fiji His Excellency Mr. Enda Kenny, Prime Minister of Ireland His Excellency Mr. Tan Dung Nguyen, Prime Minister of Viet Nam His Excellency Mr. Justin P. J. Trudeau, Prime Minister of Canada Her Excellency Ms. Angela Merkel, Chancellor of Germany Her Excellency Ms. Beata Szydlo, Prime Minister of Poland His Excellency Mr. Keith C. Mitchell, Prime Minister of Grenada His Excellency Mr. Benjamin Netanyahu, Prime Minister of Israel His Excellency Mr. David Cameron, Prime Minister of United Kingdom of Great Britain and Northern Ireland (the) His Excellency Mr. Mahamat Kamoun, Prime Minister of Central African Republic (the) His Excellency Mr. Prayut Chan-O-Cha, Prime Minister of Thailand Page 7 Her Excellency Ms. Sheikh Hasina, Prime Minister of Bangladesh His Excellency Mr. Carlos Agostinho Do Rosário, Prime Minister of Mozambique His Excellency Mr. Patrice Emery Trovoada, Prime Minister of Sao Tome and Principe His Excellency Mr. Muhammad Nawiz Sharif, Prime Minister of Pakistan His Excellency Mr. Werner Faymann, Chancellor of Austria His Excellency Mr. Miguel Díaz-Canel Bermúdez, First Vicepresident of the Council of State and Ministers of Cuba His Excellency Mr. Manuel Domingos Vicente, Vice-President of Angola

domingo, 29 de novembro de 2015

CARTA ABERTA DE DOKA INTERNACIONAL PARA O SEU AMIGO E IRMÃO DR. DIONISIO CABI

Ao 
Exmo. Senhor Dr. Dionísio Cabi
Presidente do Tribunal de Contas


Antes de mais, me permita expressar o meu aprecio pela sua pessoa, igualmente, aproveito esta pequena carta aberta para lhe desejar o maior sucesso nas suas novas funções para que foi nomeado pelo Decreto Presidencial Nº 14/2015 para exercer as funções do Presidente de Tribunal de Contas da República da Guiné Bissau.

Mas, importa aqui deixar algumas considerações embora eu Doka Internacional, não tenho duvidas sobre as suas qualidades técnicas como também as qualidades dirigente que faz parte do seu perfil.

Já la vão cerca de uma década que o Tribunal de Contas não julgou contas do estado e nem tão pouco tornou publico as irregularidades nelas cometidas. Mas, são exactamente os mesmos quadros que aí se pro filam dando assistência aos vários responsáveis da tutela deste órgão tão importante para o regular controle das contas públicas do nosso martirizado País, granjeado pela corrupção e nepotismo.

Por isso, quero lhe pedir desde o fundo do meu sentir, para que esteja atento com pessoas viciadas pelo actual sistema de branqueamento de capital social do povo mártir. 

De salientar, Tribunal de Contas é uma Instituição Publica estruturada pelos Juristas, Técnicos de Contas, Administradores e outras áreas de saber da vida económica social País, mas que no entanto, quase sempre foi chefiada pelos juristas da nossa Praça sem grandes resultados. Caro Presidente, sei que o Sr. é Jurista de Profissão, mas também reconheço que temos Juristas bons e sérios.

Mas antes de terminar, gostaria de lhe recordar de que o povo guineense vem sofrendo a muitas décadas e de que hoje os guineenses precisam de pessoas corajosas e sérias como o sr., a fim de vencermos a luta contra a corrupção e a maldade.

Para terminar, aceite as minhas felicitações e sucesso nesta nova função e as testemunhas das minhas elevadas considerações porque todos nós, verdadeiros guineenses, fazemos parte desta luta e acredite que o povo estará consigo nesta sua função que sabemos que é dificil mas não impossivél de ganhar ou de vencer.
Coragem e siga em frente. 

Atentamente,

Doka Internacional 
JOVAV ENTRE OS GRANDES
O NOSSO PRESIDENTE JOGA ENTRE OS GRANDE DE AFRICA E DO MUNDO
 
 
ESTA SEMANA O PRESIDENTE JOMAV ESTARÁ LADO A LADO COM HOMENS DA SUA ENVERGADURA: PUTIN, OBAMA, JUNKER, REI DE MARROCOS, ENTRE OUTROS.

DOMINGOS SIMÕES PEREIRA ESTÁ COMPLETAMENTE ISOLADO, NA ARRENA INTERNACIONAL É CONHECIDO COMO UM GRANDE TRAPACEIRO? QUANDO DSP VIAJA PARA QUALQUER PAÍS OS PRESIDENTES RECUSAM RECEBE-LO PORQUE O POUCO RESPEITO QUE AINDA TINHA, OBASANJO ACABOU POR DESTRUÍ-LO COM O RELATÓRIO QUE FEZ DA SUA ÚLTIMA VISITA A BISSAU QUANDO DSP TRAPACEOU OBASANJO, OVIDIO E TROUVOADA. PARA ENGANAR OS IMPREPARADOS DSP DEDICA-SE A PEDIR PARA DISCURSAR EM PEQUENAS CONFERÊNCIAS E ENCONTROS NO ESTRANGEIRO.


 


 
EXCLUSIVO DOKA
DISCURSO DE ESTADISTA
UM HOMEM, UM PARTIDO, UM POVO, UMA NAÇÃO 
 
 
Dr. Baciro Dja em entrevista a RFI
CARREGUE AQUI PARA OUVIR



DR BACIRO DJA NA RFI
AQUI
EXCLUSIVO DOKA
DSP DESPRESOU ARTUR SILVA E MALAL SANE
 
 
 
Abel da Silva propôs os nomes de Artur Silva (atual ministro dos Negócios Estrangeiros) e MALAL SANE (atual ministro da presidência) para ocuparem o secretariado nacional do partido, mas DSP quando ainda era primeiro-ministro recusou dizendo que:
 
 
"NÃO SÃO PESSOAS IDONEAS"
 
 
Agora que é um simples cidadão precisa destes dois militantes e foi lhes buscar para o governo.

DSP ouviu estas acusações da boca do Abel da Silva e calou-se, numa clara falta de respeito por Artur Silva e Malal Sane
EXLUSIVO DOKA: CORRUPÇÃO


Elizalde Galvão- ELY ARAUJO UM DOS ELEMENTOS DO PROGRESSO NACIONAL? AHH ISTO ESTA A FICAR INTERESSANTE..., Fontes perto de JBV e DSP informam que  Ely foi afastado por corrupção. O barco está a afundar cada um está a tirar o que pode.

Mas DÔKA ÎNTERNACIONAL sabe de tudo o quanto acontece ao DSP e JBV, o Ely não fez isso sozinho, tem cúmplice que está ainda no mesmo cargo, mas parece que é namorada de ganda BOSS, JBV teve medo de tocar na namorada do BIG BOSS?

Avançando com mais informação, para substituir Ely foram chamar o Tó Diouf só porque o Tó insultou o Pesi JOMAV.

Tó Diouf abo bu coba mal kila baliu, i pena djintis ta coba tok ma é kata dadu nin  um cargo.
Por culpa do DSP que Chamou a Si a Organização da Peregrinação, os Peregrinos Este Ano Não Foram a Meca
Numa Decisão Do Conselho de Ministros DSP disse que Assumia o dossier da Peregrinação. Depois da perseguição a Braima Camara, Baciro Dja, Tcherno Djalo, Depois do Fecho da Mesquita do HSM. É mais uma Humilhação que DSP reservou aos Muçulmanos.  


GUERRA SANTA DE DSP CONTRA OS MUÇULMANOS
DSP JUROU QUE ENQUANTO FOR PRESIDENTE DO PAIGC NÃO HAVERÁ UM PRIMEIRO-MINISTRO MUÇULMANO. LAMENTÁVEL.



VITIMAS DE INJUSTIÇA,TRAIÇÃO, PERSEGUIÇÃO, CALUNIAS E JOGO SUJO POR PARTE DE DSP
CARMELITA PIRES
TCHERNO DJALO
TOMAS BARBOSA
BACIRO DJA
ABEL SILVA
M. SATURNINO COSTA
DOMENICO SANCA
ADJA SATU CAMARA
BRAIMA CAMARA
OCTÁVIO LOPES
HERMENEGILDO PEREIRA (PGR)
FLORENTINO M. PEREIRA
ALBERTO NAMBEIA
CARLOS NHATÉ
Rui Diã
Aristides Ocante  da Silva
Nuno Respício
OVIDIO PEQUENO (DA U. A. - ENGANADO E REVOLTADO)
OBASANJO (EX PRES. DA NIGÉRIA - ENGANADO E REVOLTADO)
MIGUEL TROVOADA (DA ONU - ENGANADO E REVOLTADO)
JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS (PR ANGOLA - ENGANADO E REVOLTADO)




 

sábado, 28 de novembro de 2015

EXCLUSIVO
RECONHECIDO A NIVÉL INTERNACIONAL..., E PELA 1ª VEZ UM GUINEENSE LIDERA UMA EQUIPA DE OBSERVADORES- 120 ELEMENTOS  PARA AS ELEIÇÕES NO BURKINA FASSO, AMANHÃ DOMINGO 29 DE NOVEMBRO.
EX- PRESIDENTE DA REPUBLICA MANUEL SERIFO NHAMADJO
A CEDEAO RECONHECE O SEU DESEMPENHO

UM MOTIVO DE ORGULHO PARA A NAÇÃO GUINEENSE.
COM ELE ESTÃO:
MAMADÚ SERIFO DJAGUITÉ- EX SEC. GERAL DA PRESIDÊNCIA E O EX DEPUTADO DA NAÇÃO SERIFO BALDÉ.
SÃO COISAS DESTAS QUE PRECISAMOS NOTICIAR E FAZER O MUNDO VER E SABER.
VIVA A GUINÉ BISSAU E AOS SEUS VERDADEIROS FILHOS.

CORRUPÇÃO NA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO AEROPORTO INTERNACIONAL OSVALDO VIEIRA???? O “PN” APUROU UM ZUM-ZUM SEGUNDO O QUAL, PODERÁ TER OCORRIDO UMA MUDANÇA NA LIDERANÇA DOS SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA AEROPORTUÁRIA (SAA) DA GUINÉ-BISSAU.  Elizalde Galvão- ELY ARAUJO UM DOS ELEMENTOS DO PROGRESSO NACIONAL? AHH ISTO ESTA A FICAR INTERESSANTE..., MAS VAMOS FALAR DISTO JÁ DE SEGUIDA. 

«
CARTA ABERTA DE DOKA INTERNACIONAL PARA O SEU AMIGO E IRMÃO DR. DIONISIO CABI

Ao 
Exmo. Senhor Dr. Dionísio Cabi
Presidente do Tribunal de Contas


Antes de mais, me permita expressar o meu aprecio pela sua pessoa, igualmente, aproveito esta pequena carta aberta para lhe desejar o maior sucesso nas suas novas funções para que foi nomeado pelo Decreto Presidencial Nº 14/2015 para exercer as funções do Presidente de Tribunal de Contas da República da Guiné Bissau.

Mas, importa aqui deixar algumas considerações embora eu Doka Internacional, não tenho duvidas sobre as suas qualidades técnicas como também as qualidades dirigente que faz parte do seu perfil.

Já la vão cerca de uma década que o Tribunal de Contas não julgou contas do estado e nem tão pouco tornou publico as irregularidades nelas cometidas. Mas, são exactamente os mesmos quadros que aí se pro filam dando assistência aos vários responsáveis da tutela deste órgão tão importante para o regular controle das contas públicas do nosso martirizado País, granjeado pela corrupção e nepotismo.

Por isso, quero lhe pedir desde o fundo do meu sentir, para que esteja atento com pessoas viciadas pelo actual sistema de branqueamento de capital social do povo mártir. 

De salientar, Tribunal de Contas é uma Instituição Publica estruturada pelos Juristas, Técnicos de Contas, Administradores e outras áreas de saber da vida económica social País, mas que no entanto, quase sempre foi chefiada pelos juristas da nossa Praça sem grandes resultados. Caro Presidente, sei que o Sr. é Jurista de Profissão, mas também reconheço que temos Juristas bons e sérios.

Mas antes de terminar, gostaria de lhe recordar de que o povo guineense vem sofrendo a muitas décadas e de que hoje os guineenses precisam de pessoas corajosas e sérias como o sr., a fim de vencermos a luta contra a corrupção e a maldade.

Para terminar, aceite as minhas felicitações e sucesso nesta nova função e as testemunhas das minhas elevadas considerações porque todos nós, verdadeiros guineenses, fazemos parte desta luta e acredite que o povo estará consigo nesta sua função que sabemos que é dificil mas não impossivél de ganhar ou de vencer.
Coragem e siga em frente. 

Atentamente,

Doka Internacional 
§  Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Nacional Popular;

§  Excelentíssimo Senhor Primeiro-Ministro;

§  Venerando Senhor Presidente do Supremo Tribunal de Justiça;

§  Digníssimos Deputados da Nação;

§  Senhores Conselheiros e Assessores do Presidente da República;

§  Excelência Senhor Embaixador de Portugal na Guiné-Bissau;

§  Excelência Senhora Reitora da Universidade Amílcar Cabral

§  Excelência Senhor Director da Faculdade de Direito de Bissau

§  Excelência Senhor Assessor Científico da Faculdade de Direito de Bissau

§  Excelência Senhor Presidente do Instituto da Cooperação Jurídica da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

§  Excelência Senhor Presidente da Associação Académica da Faculdade de Direito de Bissau;

§  Caros Alunos;

§  Ilustres Convidados;

§  Minhas Senhoras e Meus Senhores;
Muito nos tocou o vosso desejo de nos associar a esta Cerimónia Comemorativa dos 25 Anos da Faculdade de Direito de Bissau e Entrega dos Diplomas aos Licenciados do Ano Lectivo de 2013/2014, estando igualmente em curso as Jornadas jurídicas sobre lema “A consolidação do Estado de Direito Democrático na Guiné-Bissau”. Quero, por isso, endereçar as mais vivas e calorosas felicitações à Faculdade de Direito de Bissau.

Dirijo uma saudação muito especial a todos os docentes e funcionários que contribuíram para edificação desta nobre casa do saber, bem como aos alunos, em especial, ­aos que viram os seus esforços recompensados no decurso Ano Letivo 2013/2014, e suas famílias.

Durante os últimos 25 anos, testemunhamos todos com orgulho o percurso ímpar e de ininterrupto sucesso da Faculdade de Direito de Bissau, aniversário esse que a justo título ora se comemora.

Estou, pois, inteiramente convicto que a Faculdade de Direito de Bissau representará sempre, no nosso panorama do ensino, um farol institucional de excelência na difusão da técnica e da cultura do Direito no nosso país, dando assim por inteiramente concretizados os objectivos formulados aquando da sua criação.

§  Distintos Professores,

§  Estimados Alunos,

§  Minhas Senhoras e Meus Senhores,

A «formação de quadros qualificados» aptos a servirem o País, foi sempre uma exigência que vem interpelando o nosso Estado desde os primórdios da sua criação.

Apesar das limitações de um país frágil, a formação do Homem guineense foi considerado sempre um imperativo nacional e, por isso, as nossas autoridades vem tentando dar cumprimento a esse desiderato. De reconhecer, contudo, que nem sempre foi de forma sistemática e consistente.

Não obstante, é manifestamente expressivo o recurso à vasta cooperação internacional, materializadas num primeiro momento através da disponibilização de bolsas de estudo para formação no exterior. Essa opção do nosso Estado permite hoje o nosso país gozar das mais sólidas competências.

Em boa hora, o forte compromisso do nosso Estado com a política de «formação de quadros» encontrou um eco fraterno na vontade do Estado português em aprofundar as nossas relações bilaterais de cooperação, vontades essas que determinaram a fundação da antiga Escola de Direito, sob cujas cinzas veio a ser construída a Faculdade de Direito de Bissau.

Fruto de uma louvável cooperação, a Faculdade de Direito de Bissau tem demonstrado um dinamismo inquebrantável e enorme capacidade de organização de eventos.

Para além de concorrer para a consolidação da Democracia e reforço do Estado de Direito na Guiné-Bissau, a Faculdade de Direito de Bissau tem contribuído ao longo dos anos para a formação de juristas qualificados, criação de um corpo docente guineense, pilotagem de reformas legislativas, bem como atualização do Direito guineense.

Por isso, este momento particular do percurso da Faculdade de Direito de Bissau, é-o também para o Estado da Guiné-Bissau.

A título de exemplo, durante esta crise sentimos o peso e a sombra da Faculdade de Direito de Bissau, sobretudo, nos debates radiofónicos dos fins-de-semana, em que diferentes comentadores residentes, muitos formados pela Faculdade de Direito de Bissau, exprimiram os seus argumentos sobre diversos aspectos jurídico+-constitucionais da crise.

Significa que o guineense está a construir, dia após dia, a sua própria opinião, a partir dos conhecimentos adquiridos nesta casa. E a verdade é que a Guiné-Bissau jamais será a mesma, porque as pessoas ao abrigo do conhecimento adquirido também na Faculdade de Direito de Bissau, jamais serão enganadas. Quem não acompanhar esta evolução fica pelo caminho e será ultrapassado no tempo.

§  Minhas Senhoras e Meus Senhores,

Completados 25 anos desta profícua relação de cooperação com Portugal, registamos com agrado que, apesar da conjuntura internacional adversa dos últimos anos, marcada pela grave crise económica e financeira, o Estado Português manteve intacto este singular gesto de cooperação entre os nossos dois países.

Enquanto Presidente da República, faço questão de realçar este gesto fraterno, augurando que seja mantido e, na medida do possível, reforçado.

Não obstante, entendo que o princípio da auto-responsabilidade deve orientar sempre as preocupações de todos os poderes públicos. Nesta ordem de ideias, considero que, a longo prazo, não seria de todo ­­contrário ao espírito de boa cooperação registado, que o nosso Estado fosse aumentando a sua quota de responsabilidade, salvaguardando sempre os padrões de qualidade atingidos.

Por outro lado, gostaria de aproveitar a presença do Senhor Embaixador de Portugal, para solicitar o apoio da Cooperação Portuguesa na criação de uma Escola Agrícola, a fim de nos permitir meter a “mão-na-lama” e com mais saber, criando assim as condições para a revolução verde de que a Guiné-Bissau precisa.

§  Minhas Senhoras e Meus Senhores,

Bem sabemos que, na Guiné-Bissau, o sistema de ensino e formação superior encontra-se em fase de edificação: a sua constituição é uma inevitabilidade e a sua consolidação deve ser uma prioridade do Governo.

Criar, edificar com qualidade e responsabilidade são desafios que se impõem ao ensino superior guineense.

O nosso sistema de ensino superior, sendo constituído por instituições públicas e de iniciativa privada, deve funcionar em parceria e complementaridade, visto que todos visam uma única finalidade: formar o cidadão guineense. Por isso, é da responsabilidade do Governo, através do

Ministério de Educação, criar um ambiente e condições propícias para a formação da massa cinzenta de que o país precisa.

Entendo que, parceria e não antagonismo entre os sectores públicos e privados, em todos os domínios da vida económica e social, é a melhor política para promover a produtividade, competitividade, o auto-emprego, a criação de riqueza e descongestionamento do sector público.

Torna-se pois consensual que nenhum país pode verdadeiramente aspirar desenvolver-se sem um sistema de ensino e formação superior, politécnico e profissional coerente, credível e de qualidade.

No nosso caso em particular, hoje como nunca, os guineenses anseiam por uma verdadeira mudança de paradigma do sistema de formação e de ensino superior.

Nesta ordem de ideias, e por considerar que é neste sector que reside o nosso sucesso no futuro enquanto nação, como Presidente da República, acompanho e acompanharei sempre com renovado interesse os desafios, bem como o desenvolvimento do sector educativo nacional.



§  Caro Director,

§  Ilustres Convidados,

§  Minhas Senhoras e Meus Senhores,

Enquanto cidadão, tive o privilégio de testemunhar o nascimento da Faculdade de Direito de Bissau e tenho acompanhado com atenção o seu crescimento e consolidação.

Enquanto empresário, tive a satisfação de ser assistido por vários quadros formados nesta casa, que me defenderam com muita firmeza e saber.

Hoje, enquanto Presidente da República, tenho a grata honra de ser convidado para presidir este ato solene, por ocasião de celebração dos 25 anos de existência da Faculdade de Direito de Bissau, prova mais do que suficiente da sua maturidade.

Permitam-me, por isso, em nome do povo guineense, expressar profundíssima gratidão à Faculdade de Direito de Bissau, à Faculdade de Direito de Lisboa e à Cooperação Portuguesa.





Parabéns à Faculdade de Direito de Bissau pelos 25 anos de vida.

Parabéns e boa sorte aos finalistas, desejando-vos muitas felicidades pessoais e sucessos profissionais.

Que Deus abençoe a Guiné-Bissau.

Bem-haja a todos.


Muito Obrigado!