OGIVA NUCLEAR

segunda-feira, 31 de março de 2014

NA KAMBANÇA…
Prevê-se uma estrondoso desaire eleitoral para os vampiros do PAIGC que durante 40 anos no poder não fizeram mais que sugar o sangue do povo guineense. A partir do dia 14 de Abril,  para explicar a sua derrota recorrerão aos fantasmas divisionistas e tribalistas. Os vampiros evocarão  o “voto étnico”, lero-lero, mentiras esfarrapadas, para o boi dormir. São os mesmos que infiltraram no PAIGC urdindo abjetas campanhas contra as nossas gloriosas forças da defesa e segurança, transformando-as em vilões. 

domingo, 30 de março de 2014

Bissau está em polvórosa..., expectativas com a chegada de DOMINGOS S PEREIRA, cómplica a cidade de bissau???
Uma das vías da nossa estrada se encontra com muita confusão???  

O aparelho da máquina do partido mais criminoso da Guiné Bissau- PAIGC, procura mostrar o seu poténcial.
Mas estes mesmos dirigentes que entre si se divergem, mostram uma capacidade enorme de falta de organização.
Muita contradição entre eles e muito cinismo.

PAIGC não esta no seu EU..., e muito menos controla alguma coisa.
O coitado do JOMAV neste preciso momento, nota- se que o seu próprio partido o abandonou..., prácticamente faz campanha sózinho.
Muitos descontentes do PAIGC, foram apoiar ao PRS e ao seu candidato..., enfim, o paigc está fazendo barulho, apenas incentivando- se a eles mesmos.

Por outro lado, não me esqueci do que envolve a Zeca Lima, Bicazel Namback e João Alexandre Forbes.
A história do lobo mau que a poucos dias vos contei, um deles está envolvido na cumé dinheru di javardu branco.

Próxima pergunta, adivinhem:
Qual a relação destes nomes?
SERAFIM, CRISTOVÃO, LINO, TCHUTCHU, CANDÉ...., hum kussas na fedi..., má fedi nan própi.

Recordem guineenses, recordem disto:

Apenas na nossa terra que matar um ser humano, não é considerado um crime.
Enfim, 
O PAIGC tem conduzido a luta armada de uma forma admirável contra o colonialismo português, não foi depois capaz de enfrentar os novos desafios que seguiram a independência politica, os homens do PAIGC foram preparados para ser autenticas máquinas de guerra, dotados de poder destruidor, mas não sabem fazer nada mais do que isso. 

Politica do PAIGC que consistia nos fuzilamentos, prisões arbitrárias, torturas, perseguições e destruição de infraestruturas, a incompetência, a corrupção, abuso do poder, a injustiça, a miséria.

Pondo de lado a seriedade, competência, responsabilidade, caracter.
Aqueles que passa a vida a beber "Tico Tico" (vinho de caju) devem saber que um país não é somente governados por tecnocratas, mas sim o país é governado também por pessoas que possui ciências politicas. 


Qualquer governantes tem que ter essas 2 variáveis, para poder governar o país, principalmente a componente politica e técnica. Sem essas duas variáveis estás condenados a governar o país muito mal.

O Dr. Paulo Gomes esteve no banco mundial á muitos anos a coordenar 32 países, mas porquê que não sensibilizou as autoridades da Guiné-Bissau naquele período para fazer reformas profundas no aparelho do estado, começando nas reformas económicas que pode criar progresso económico, posto emprego, no sistema educativo, educação de qualidade, saúde criar condições para que não haja mortalidade infantil, e algumas doenças precoce, justiça que seja mais rápido e não uma justiça lenta e corrupta.


Não é agora como candidato que vai dizer que vai tirar o país na situação  que se encontra, será na altura não tinha essa visão?


Olha o Luís Inácio Lula da silva antigo presidente do Brasil não teve formação superior, começou como sindicalista e mais tarde eleito como presidente da republica, conseguiu governar o Brasil, e tirou cerca de 40% de população que vive na favela na pobreza extrema no brasil, e hoje em dia essas pessoas tem uma condições mínimas e necessária para viver, mas também com algum trabalho deixado por Fernando Henrique Cardoso.


Tony Blair antigo 1º ministro de Inglaterra também não teve curso superior, mas conseguiu ter sucesso na governação dado a experiência politica que adquiriu ao longo dos seus embates politica


Na Itália, depois da caída de magnata Sílvio Berlusconi no governo, foi formado o novo governo de Dr. Mário draghi, foi antigo director geral de FMI que governou o país durante 6 meses, e o seu governo caiu, esse governo foi formado somente por tecnocratas
Na politica é preciso ser um líder carismático forte.
Um grande abraço mano Doka, e como para os teus filhos e a tua esposa
                                            Anonimo  
 

sábado, 29 de março de 2014

ABEL ENCADA- Candidato as presidênciais.
Aonde esta ele?
Fala- se que o dinheiro acabou com o homem, e de que não tem recursos financeiros para a campanha?
E agora?
Não se vê o ABEL ENCADA fazendo barulho.
Poderá isso ser verdade?
Se assim fôr, PRS que recorra ao candidato independente Nuno Gomes NABIAM.

Sr. Daniel Castro..., nome falso??? sim eu sei.
Como poderei públicar o documento que o sr. me enviou...., se a partida me chamou logo covarde.
Claro que eu sou covarde....., não o público..., e aonde é que está o problema?
Chame- me de corajoso e eu farei o que me pediu.
Recorde- se que eu Doka..., sou santchú..., ka bú fertchan pedra, mostran banana...

Nuno Gomes Na Biam dá insonia à PAIGC


Numa reunião entre camaradas do PAIGC, o 3°Vice-Presidente do PAIGC e atual Diretor de Campanha do JOMAV disse ao Califa Seidi não acreditar na vitoria do PAIGC nas proxímas eleições presidências porque com o passado judicial de JOMAV a derrota é certa. O JOMAV jà esta manchado.

O Baciro Djà teria dito que apoiar um candidato com o perfil de Nuno Gomes Na Biam seria mais facil para alcançar a vitoria.

Bufas foram informar à JOMAV do comentario de Baciro Dja. JOMAV reagiu dizendo que vai esperar o regresso do Presidente do Partido para lhe pedir que lhe mude de Diretor de Campanha.

No entanto essa conversa caiu mesmo mal porque jà tinha uma suspeição, onde o mesmo Califa Seidi e Marciano Barbeiro foram acusados de ter transmitido gravações de uma reunião sobre estrategia eleitoraldo PAIGC ao PRS.

Esse é a verdadeira cara do PAIGC. Crime, traição e mentiras.

sexta-feira, 28 de março de 2014

O PAIGC NO PÉRILO…
Não foram 40 minutos, dias ou meses mas sim 40 anos de morticínios, perseguições, despotismo, corrupção etc, perpetrados pelo PAIGC contra o nosso povo na Guiné-Bissau. Hoje, em plena campanha eleitoral, o seu presidente, que não conhece nem Bruntuma, Quinara ou Tchokmon, saltita de mão estendida a mendigar apoios aos seus patrões de Portugal, Brasil e Angola. Mais um fardo para as gerações futuras, como disse, e bem,  o candidato às presidenciais, Luís Nancassa. O PAIGC e o seu presidente são uma “concha vazia”, sem credibilidade interna, que encontrou na “digressão” uma forma de fazer politiquice, apresentando queixinhas aos seus patões. O chamado “voto étnico” e o divisionismo são atirados para o ar só quando o PAIGC perde o poder na Guiné-Bissau. Atenção, o Domingos Simões Pereira virou fator de instabilidade na nossa terra!
Guineenses, isto aqui na Guiné Bissau esta puxado e complicado.
Muita guerra mesquinha em busca do poder e de dinheiro.
Muita mentira e muita gente falsa..., não por parte dos candidatos, pois eles ou estes candidatos, estão sendo muito serenos, sérios e mostram frontalidade em tudo...., o problema são as pessoas que os rodeiam, ali reside toda a maldade e toda a falta de profissionalismo e seriedade.

A única coisa que toda a gente se deu de conta, é a solidão de JOMAV, nem parece que seja um candidato do PAIGC.

Ali neste partido paigc, está se a passar alguma coisa..., tudo está baralhado, e nota- se por aquilo que JOMAV esta fazendo.  Tipo abandonado e solitário.
Uma campanha triste e só.

Estou errado?
Aqui na Guiné Bissau, acontece de tudo. A macacada vai até ao extremo.
Vou vos contar a história de um Lobo mau ( tipo  INTERPÓL ) da Guiné Bissau..., de uma ovelha inocente que apenas queria pastar e curtir a vida...., e de um Javardo branco.

Um determinado Lobo mau, que se faz passar de autoridade numa selva em que todos pensam que mandam ou que teem poderes adicionaiis acima dos outros, e este mesmo lobo mau, usufruindo do seu poder em quanto autoridade, deixa- se corrômper por coisas banais, tais como combustivél, sacos de arroz e até mesmo dinheru di fera para com o javardo branco.  Enfim

Bom, no meio disto tudo, está uma ovelha que apenas queria pastar e curtir a vida numa boa, esta ovelha na sua pastagem, encontra- se com o javardo branco num terreno longinqúo do seu.    E nisto, o javardo branco propõe ao pobre e coitado da ovelha um negóciozinho sujo, mas que parecia limpo....,infelizmente o coitado da ovelha sem orientação de um conhecedôr da área, cai no esquema perpétruado pelo Javardo Branco.

Aqui começa toda a embrulhada e toda a sacanice contra a ovelhinha.

De regresso desse terreno longinqúo, e por ter uma falha no cumprimento do acordo para com o javardo branco, o coitado e pobre da ovelha, vê- se metido numa enrascada entre o lobo mau e o branco javardo.

Tenham cuidado e recordem- se que o lobo mau, fazia e faz- se de autoridade do tipo da Interpól.   E recordar que aqui não houve nenhum furto ou qualquer tipo de crime, mas sim falta de cúmprimento do acordo em termos de pagamento.

O branco javardo aproveitando- se do seu poderio financeiro, corropmpe ao lobo mau, e este por sua vêz, desloca- se e vai a casota da pobre ovelhinha e intimida a este levando- o para o aquartelamento da Interpól em Bissau.

Já corrompido, este mesmo lobo mau, humilha a e ameaça a ovelhinha..., obrigando a este a fazer o pagamento. 

Assim foi, o pagamento foi feito ao lobo mau..., e este por ser mau...., comeu o dinheiro e o javardo braco, quando foi para recolher o dinheiro...., ele PUPOU..., não havia dinheiro porque o lobo mau o comeu.

O Javardo Branco disse: Ai a puta da minha vida e em que eu fui me meter.

O javardo branco agora pediu a sua esposa que vá recolhendo o restante dinheiro nas mãos da ovelhinha.

A história continua e amanha vos irei mencionar o nome do lobo mau.









quinta-feira, 27 de março de 2014

OLA AMIGO
Isto ai chama-se jogo baixo! Num momento crucial da nossa vida, vida de todos os guineenses, os funcionários da comunicação social, no país, resolvem boicotar o escrutínio, com greves? Onde é que está o patriotismo dessa gente? Estão irritados porque nestas eleições o fenómeno “banho” está fraco… Por outro lado, sabe-se que a “concha vazia”, o PAIGC, não terá hipótese de vencer estas eleições, por isso, está a agitar os seus agentes colocados nos diversos postos para baralharem o eleitorado e confundir o mundo sobre a sua iminente desgraça.  

quarta-feira, 26 de março de 2014

Ao Sr. Pedro Mendes Pereira...., e para aqueles que estão dentro do que se passou.

No passado dia 8 de Março de 2014, eu DOKA dei um programa na rádio Pindjikity. Foi um programa considerado para muita gente "PESADO ".
Pela primeira vêz, na Guiné Bissau, falou- se de coisas chocantes, mencionou- se nomes dos criminosos e o testemunho dos familiares que vivem sofrendo.

Um programa em que se falou sem medo, e sem receios de nada.
Mas até hoje, existem abutres, bandidos, filhos da PUTA que querem a minha cabeça a prémio..., para que eu Doka seja preso.   O que eu digo de boca cheia e bem firme, por causa desse programa, ninguém está na altura ou na posição de prender ou espancar ao Doka.

Desafio a todos estes bandidos que brincam com a vida humana que tentem algo.  DESAFIO.

Por outro lado, um recado meu para o sr. PEDRO MENDES PEREIRA..., eu Doka ouvi o que o sr. falou:

Ao me mandar dizer de que eu no momento em o meu pai foi fuzilado..., eu ainda estaria dentro do ventre da minha mãe..., e que eu lhe deveria perguntar a si sobre a morte do meu pai.

Kabessa na pupau???

O sr. está brincar comigo?

Se existe alguém que lhe pode dizer como tudo deu inicio , sou eu.
O sr. acha que as pessoas assássinadas, são animais?
O sr. deseja brincar comnosco?

Ou pensa que matar a uma pessoa, destruir um lar, desmorónar uma familia é gozo?
Procure- me e diga isso na minha cara, para que eu lhe mostre o outro lado animal que eu DOKA tenho.
Desafio- lhe para que desperte em mim aquele vulcão que se encontra adormecido.

Caso seja homem, contacte- me que irei no seu terreno, no seu campo..., aonde o sr. quiser e bem desejar.

Mas penso que ontem lhe mandaram chamar, e o sr. ouviu até aquilo que não esperava.
Mas o de ontem não foi nada.
Acredite, que se me tivessem permitido lhe encarar, a coisa iria estar preta para o seu lado.

Eu Doka defendo uma causa, defendo aos injustiçados.
Entenda isso, e medo, jamais terei, porque estou protegido, por DEUS e pelas boas almas que sofreram injustamente
Dentro de momentos vou- vos contar a história de um lobo mau, de um ratinho e um javardo.
Mas antes ainda, vou enviar um recado ao PEDRO MENDES PEREIRA.
                 Greves na televisão, rádio, e jornal do estado :

Desde que tomamos a independência na Guiné-Bissau, até ao sistema de multipartidarismo democrático, nunca houve as reformas no sector da comunicação social da Guiné-Bissau.
Só a televisão alberga cerca de 120 funcionários na sua totalidade, que está sobre a dependência do estado. 


Os jornalistas da televisão são cerca de 60, para 4 câmara men, esses 4 operador de câmara fazem um esforço tremendo para fazer reportagem no local escolhido, e esses materiais são completamente obsoleto. E o estado neste momento não tem o dinheiro para pagar quantidades de jornalistas que  as vezes não têm nada a fazer fica sentadinho num bar a frente  de edifício da televisão, a beber os seus copos de cerveja, vinho, e fica a espera do fim do mês para receber os seus salários e bem como os seus subsídios.

Todos nós sabemos que a nomeações para o cargo de director da televisão, rádio, jornal é feito por quem está no governo, e a pessoa tem que ser desse partido, não há uma escolha por critério de concurso público, e onde a escolha recai fundamentalmente na competência. 


E essas nomeações são feitas por cunhas e os favores reais, de então para cá, a história foi sempre a mesma, nada se fazia ou podia fazer sem o favor de alguém ligado ao poder, caso ganhasse as eleições teria o seu lugar garantido.
Os sindicalistas da televisão e da rádio estão sempre ao serviço de agendas político-partidárias, sem pudor, nem honra própria, para depois colher os seus benefícios depois da eleição.


Enquanto o pensamento dominante entre os Guineenses for o da dependência do estado, estamos condenados a ser um país pobre e uma nação arruinada para sustentar um estado, que mesmo assim, só sobrevive com ajuda internacional.
Um grande abraço, mano Doka
              Anonimo
7ze deixou um novo comentário na sua mensagem "Héis a história verdadeira de Mário Fambé de uma f...": 
Caro irmão Doka

É engraçado que, todos aqueles que agora levantaram a voz para defender o referido militar/político (ou político/militar?), ainda há pouco tempo diziam que a tropa obedecia ao PRS. Isto tem um pouco a ver com o mito, que parece prevalecer na Guiné, segundo o qual quem é espancado, logo a seguir ganha as eleições. Estou-me a lembrar de mais casos desses, mas vou omiti-los para não deitar mais achas para a fogueira. Mas, sendo militar, a atitude provocatória do indivíduo era perigosa (não vou ao ponto de dizer que estava a pedi-las, mas é o que parece, a ser verdade aquilo que contas) responde perante os militares, é tratado no hospital militar, e o caso muda de figura, até porque antes de ser candidato, era militar. Se calhar o que o tramou foi o excesso de confiança, a convicção (juridicamente errada) de que, sendo candidato, já teria imunidade. Por essa lógica, qualquer pretendente passa a marido, mesmo sem o consentimento da interessada, qualquer vago projecto passa a gloriosa realização e bastaria a qualquer bandido candidatar-se para se esquivar à justiça (não é caso único, aliás, no actual contexto eleitoral). Pelos vistos, há quem confunda imunidade (uma dignidade) com impunidade (para as suas maldades).

Obrigado, irmão Doka, por ouvires o reverso da medalha e o partilhares connosco 

sexta-feira, 21 de março de 2014

Héis a história verdadeira de Mário Fambé de uma forma resumida:

Mário Fambé, teria contactado ao Abel Encada, dizendo a este que ele Mario Fambé teria informações fidedignas de que os militares queriam lhe espancar a ele e ao Abel Encada.

E que uma viatura militar teria rondado a sua residência, e nessa mesma viatura, estariam os homens mais próximo do CEMGFA António Indjai...., nomeadamente o ZÉ POKNA e o BEBÉ.

Estes por sua vêz ao saberem de que os seus nomes estariam envolvidos em algo que os mesmos redondamente recusaram....., participaram na estãncia competente para tal, visto que o MARIO FAMBÉ, é  militar....., repito , é militar.

Por várias vezes o estado maior, tentou contactar com o mesmo Mario..., e este se recusava.
Por último, ontem dia 20 de marçco, foi entregue uma notificação ao Mario Fambé..., e este a frente dos militares, reagiu..., rasgou a notificação a frente deles, e segundo consta, mario estaria armado.

Foi aí que se desencadeou a sua detenção.

Guineenses, há que ouvir o outro lado da história.



SINAL “OCULTO”…
As forças “ocultas”, apostadas em baralhar as eleições, têm rosto. O quartel general deles, agora, fica em Cabo Verde.  Eles são vestidos e equipados pelo urubu e mentor da operação “Mar Verde”, Alpoim Calvão. Eles usam habilidades de camaleão para se adaptar ao meio ambiente. Usam arma e uniforme do inimigo para se confundir com ele. Não é por acaso que prediziam que não ia haver eleições ou que as nossas forças Armadas iam cindir-se e guerrear umas contra as outras..  Elas têm como operacional e informador de serviço para os tugas fascistas, José Zamora Induta. Promotor e provedor das despesas subversivas: Carlos Gomes Júnior. Apoio moral e político: a CPLP (Portugal, Angola e Cabo Verde).  

quarta-feira, 19 de março de 2014

CONFESSAR O CRIME NÃO REDUZ A PENA
Domingos Simões Pereira segue a peugada do seu antecessor, Carlos Gomes Júnior. Disse numa entrevista a RFI, no sábado passado, dia 15 de Março, em Paris: "Nós (PAIGC) já provámos que somos capazes de destruir o nosso país, agora é preciso construir". Ai!… Ainda não se convenceu da crueldade perpetrada, durante quarenta anos,  pelo seu partido contra o povo guineense? Essa boca de aluguer da CPLP, quer mais quarenta anos para corrigir o incorrigível? Será que ele nunca ouviu que pau que nasce torto, até a cinza é torta? Agora, para sua informação, senhor Domingos Simões Pereira: o PAIGC terá que responder no Tribunal Penal Internacional pelos crimes cometidos durante todos estes anos contra o nosso povo. 

sábado, 15 de março de 2014

JOMAV, “CIDADON-LADRON…”
Tudo isto é pura chicana política por parte do PAIGC. Não esqueçamos que o PAIGC queria o adiamento das eleições gerais para 4 de Maio. O PAIGC sabe que o seu militante, o senhor José Mário Vaz (JOMAV), é arguido com medidas de coação. Sobre ele recai forte suspeição de ter desviado cerca de 12 milhões de dólares. Porque então o PAIGC jogou esta cartada? Nenhum gesto em política é inocente. Para criar imbróglio jurídico com o fito de ganhar tempo que a sua desorganização e  autodestruição vem provocando. Temos vindo a alertar que não é de hoje que  o partido de Cabral virou concha vazia.

No canta, José Mário Vaz (JOMAV) “cidadon-ladron, cidadon-ladron”
MILOCAS PEREIRA..., foi chamada a fim de ir responder ao ZE.DU??? Na  presidencia???
Quando la saiu..., foi perseguida pelos agentes dos servicos secretos do estado?
Foi espancada, torturada e morta?
E posteriormente, tomaram o cadaver e o deitaram num cemiterio em Angola? Um corpo abandonado.
O nosso governo guineense, teve ou nao conhecimento de tudo isto?
O que foi que fizeram?
Mais uma  vez..., NADA?
Ahhh guine...., nunde ku nu na bai sim
Sem respeito

JOMAV ARGUIDO CANDIDATO…

Aonde é que já se viu um arguido a concorrer às eleições presidenciais? Só na república das bananas! É desta forma que cozinham a desordem pública e política para depois apontar o dedo às vítimas das suas próprias incoerências jurídicas e políticas. Até Ramos-Horta engoliu a isca, armando-se em democrata.  A história repete-se! A crise política de 12 de Abril também foi em parte gerada pela violação da constituição, quando o Supremo Tribunal de Justiça aprovou a candidatura do ex-Primeiro ministro às presidenciais desse ano, contra todos os pareceres de juristas que o davam como improcedente.  
Ora, o que significa ser arguido? Arguido significa ser um sujeito processual, formalmente constituído como tal, ou contra quem haja sido deduzida uma acusação ou aberta a instrução, sobre quem recaiam, num certo momento processual, fundadas suspeitas de ter praticado ou comparticipado na prática de um crime. Nessa qualidade, goza de um estatuto especial, designadamente um conjunto de deveres e direitos, que lhe são explicados no ato da sua constituição formal. É o caso do senhor José Mário Vaz. A presunção de inocência é um outro “capítulo”, não invalida medidas de coação sobre o arguido. O mesmo procedimento acontece com, por exemplo, Américo Bubo Na Tchuto, que muito embora seja presumivelmente inocente, isso não impediu a sua detenção e restrição de liberdade. Estando na prisão ou em casa, essa condição lhe permitiria candidatar-se ás presidenciais?
O PAIGC ainda navega no despotismo político. Incapaz de participar no escrutínio pretende baralhar as cartas e afundar, de novo, o país.  

sexta-feira, 14 de março de 2014

Domingos Quadé denuncia corrupção na JustiçaBissau - O candidato independente às eleições Presidenciais de 13 de Abril voltou a denunciar actos de corrupção no aparelho judicial guineense.

Domingos Quadé afirmou, em declarações à PNN este fim-de-semana, que a corrupção que se verifica no aparelho judicial guineense é «perigosa», salientando que algumas pessoas enriquecem ilicitamente a partir da actividade magistral.

No aparelho judicial guineense há corrupção das mais variadas naturezas. Enquanto Bastonário denunciei publicamente, na última cerimónia de abertura do ano judicial, que há casos de transformação do património público em privado revelou, afirmando que pediu ao Ministério Público, na altura, para abrir um inquérito para apurar esta situação.


Para que haja rigor na gestão da coisa pública é preciso a reimplantação da autoridade de Estado na Guiné-Bissau sublinhou o candidato, adiantando que a Guiné-Bissau tem uma crise de valores de afirmação de Estado, de Justiça.
Excelente discurso do Dr. Domingos Quadé, meteu o dedo na ferida, pela sua coragem e frontalidade, este discurso é para tirar o chapéu, e este discurso não deixa ninguém indiferente sobre os factos que acontece dia a dia na Guiné-Bissau. Hoje em dia na Guiné-Bissau temos muitos doctores de meia tijela como dizia muito bem o saudoso major Baciro Dabo que enriquecem indevidamente e ilicitamente apanhando qualquer processo que entra no tribunal onde é subordinado por bens materiais(dinheiro) e patrimoniais (casa, carro) a favor dessa pessoa, e todos nós sabemos por lei não é permitida legalmente fazer isso porque os nossos juízes são corruptos e são comprados, onde os decisores judiciais também vendem o seu poder funcional.


Todos nós sabemos que o processo de José Mário Vaz não ia ser impugnado no supremo tribunal de justiça, se fosse no tempo de antigo presidente Luís Cabral, onde tinha o diretor de serviço segurança de estado Sr. António Buscardine o Sr. Mário Vaz não escapava, porque o António Buscardine não brincava em serviço, principalmente quem rouba o dinheiro do estado.


No senegal o filho do antigo presidente de senegal Abdulay wadé de nome karim wadé, desviou milhões de euros foi julgado e detido, bem como actualmente o presidente de Bayer de munich uma equipa histórico de futebol foi julgado no dia 14 deste mês foi condenado 3 anos e meio de cadeia, bem com o antigo presidente Bernard tape do Marselha e Gil e Gil. Isto demostra como a justiça funciona nesses países. 


Mas na Guiné-Bissau quem rouba o gado, a galinha, o porco vai para cadeia. E aqueles que roubam o dinheiro do estado são protegido por imunidades parlamentares, são intocáveis.
um grande abraço mano Doka.


Anonimo
Adivinhem..., adivinhem, como foi a morte, o assassinato de MILOCAS PEREIRA?
Adivinhem, guineenses, isto esta na merda.
Ja a seguir............, Cadogo esta em tudo

          A vergonha do secretário geral das nações unidas em Bissau :
Cada vez mais que o representante do secretário geral das nações unidas em Bissau fala aos órgãos de comunicação social, envergonha-nos, tanto aquilo que foi dito por ele :
- Quem for eleito nessas eleições legislativas e presidências deve imediatamente suspender o chefe estado maior das forças armadas e bem como os seus respectivos três ramos
- Aconselhamento o supremo tribunal de justiça para á não inviabilização das pretensões do José Mário Vaz, candidato do PAIGC.
José Ramos Horta, é uma pessoa que não sabe nada de direito constitucional, de saber que deve haver princípios de separação dos poderes : Poderes executivo, legislativo, judicial
No âmbito da justiça há que haver independência, imparcialidade, isenção.
A justiça não pode ser influenciado, pressionado por uma personalidade nacional ou estrangeira para pronunciar em favor de um candidato ou outro candidato durante o processo de instrução de prova ou de deliberação da referida sentença.
Não é da competência de José Ramos Horta a produzir comentários ou de tentar influenciar decisões de juízes do supremo de tribunal de justiça.
José Ramos horta devia pactuar pela equidistância, isenção, imparcialidade e a reserva moral como um diplomata que é, e não ser teleguiado pelo exterior como( Angola, Cabo-verde, Portugal) e de não ingerência nos assuntos internos da Guiné-Bissau, porque nós somos um país soberano, e pensamos com a nossa própria cabeça.
                              

             Ao Dr. Rui Diã Sousa do PAIGC :
Ao Dr. Rui Diã Sousa do PAIGC, é sempre bom ter presente na cabeça de Rui Diã Sousa que ninguém é dono da vontade da cidadã, cidadão, ou dos cidadãos para votar no PAIGC. Foi o partido que delapidou a economia da Guiné-Bissau e deixou de rasto todas as industrias deixada por antigo presidente Sr. Luís Cabral.
Não há padrão que assegure a posse da alma de quem quer que seja que devemos votar no PAIGC. Cada eleitorado vai depositar o seu boletim de voto por onde achar que deve pôr.
Há muita gente na Guiné-Bissau, disponível para tentar dar a volta a perpetuação cíclico de 40 anos de governação do PAIGC, que distribui todo o tecido económico do país ao seu proveito próprio.
um grande abraço mano Doka, que deus te protege durante a tua estadia em Bissau.
Anonimo

Do amigo Francisco Sanha. 

Parabens Doka internacional, pelo seu trabalho investigativo. O seu trabalho investigativo chegou muito tarde, mas vale a pena chegar tarde do que nunca. Na minha opiniao, o seu valioso contributo para a nacao guineense, esta a exclarecer as duvidas sobre lamentaveis acontecimentos em geral, no nosso pais. O seu trabalho esta a serrar feridas por revelar os culpados e cumplices, nos crimes praticados. Desta forma Doka, o seu trabalho investigativo, esta a chamar atencao aos guineenses, pela necessidade de ter em conta, sobretudo as fragilidades da nossa justica. Como sabemos, sem funcionamento dos tribunais, JAMAIS SAIREMOS DAS PROFUNDAS CRISES. Muita gente ainda nao perceberam o impacto positivo do seu T.I. no combate a impunidade e corrupcao. Lamentavelmente, porque realmente o pais esta no ABISMO sem duvidas. Para salvarmos o nosso pais, temos que aceitar que Guine Bissau esta no abismo e alguem tem que fazer algo. Voce esta fazendo um trabalho serio.

quarta-feira, 12 de março de 2014

JOSÉ MARIO VAZ (JOMAV) EM FUGA

Francamente, meus irmãos, gostaria que esta carta chegasse a quem de direito. A Guiné-Bissau não é e nem pretende ser uma república das bananas. Todo o cidadão atento e o PAIGC sabem que José Mário Vaz é arguido. Ficou pelo Tribunal sujeito a termo de identidade e residência.  Há uma medida de coação sobre si, ou seja  o Sr. José Mário Vaz é  obrigado a comparecer perante as autoridades sempre que a lei o obrigar ou para tal for notificado. José Mário Vaz ficou igualmente obrigado a não mudar de residência ( e também do país) nem dela se ausentar por mais de cinco dias sem comunicar a nova residência ou o lugar onde possa ser encontrado. Portanto, tudo isto são evidências do fórum judicial e não é política como outros querem transformar a questão. Tornar o arguido José Mário Vaz candidato às presidenciais é uma afronta ao poder judicial e significa que as limitações impostas contra si perderão efeito, visto que terá toda a liberdade de se movimentar como os restantes candidatos.

Continuem a cutucar o leão com vara curta…

terça-feira, 11 de março de 2014

Kuma Koumba raptado..., americanus lebal....

Realmente existem pessoas que desejam a instabilidade e o mal para os guineenses.
Tudo continua na mesma , Kouna Yala esta em Bissau e inclusive ontem passeou e discursou pelas ruas de Bissau.

Mas o Aly Silva sabia que o que o PASMALU estava publicando, tudo era mentira, mas infelizmente, tentaram baralhar aos guineenses de novo.

O Burro que nasce burro, morre pior ainda que um burro sem saber que pertence a natureza dos burros.

Guineenses, nunca chegou de haver movimentacoes de militares da ECOMIB como se especulou.
Bissau continua calmo e cada qual continua fazendo a sua vida numa boa.

Chega de parvoices e  de estupides.  Eu Doka estou em Bissau e caso algo estiver a acontecer, acreditem que de imediatamente o publicaria

Kumba Yala esta bem vivo e bem disposto nas nossas ruas e nao existe nenhum tormento na vida dos guineenses, apenas esperamos pelas eleicoes

segunda-feira, 10 de março de 2014

Nuno Gomes Nabiam, um candidato forte e com altos indices de favoritismo.
Jovem, determinado e bem posicionado entre os demais candidatos, mostra a sua garra neste grande desafio para as proximas eleicoes presidenciais.

Nuno Gomes Nabiam, sempre sereno mas convicto de que a sua luta sera por uma verdadeira causa,   defender a classe guineense na sua totalidade sem menosprezar a este ou aquele.
Um futuro presidente de todos os guineenses

Depois de 40 anos, finalmente, hoje a Guine Bissau, conseguiu ter ou encontrar uma alternativa e essa alternativa se chama NUNO GOMES NABIAM.;    Guineenses, vamos pelo menos de uma vez por todas procurar ir pelo caminho certo
EXCLUSIVO

Pela primeira vez ao publico e numa radio - PINDJIKITI, se deu um debate quente e ferronho
Bissau parou, muita polemica, muita confusao, e muitas ameacas.

Eu Doka estava quase a ser detido, houve tentativas para tal..., adivinhem porque falhou a minha detencao...., mas eu Doka reafirmo aquilo que falei no debate.................., nao retiro nenhuma virgula.

Pela primeira vez, numa radio, nome dos criminosos foram mencionados...., houve muita polemica, ordens para que se terminasse o debate..., mas eu Doka sou imparavel, ninguem esta na altura de me prender ou espancar.  NINGUEM

O programa segue em frente e todos os sabados.
Alias isto vai piorar

A audiencia esteve em maxima, e houve record absoluto

Buliduriss panha raiba
ALCATEIA DE LOBOS

O PAIGC, 40 anos no poder,, cada congresso que realiza, em vez de ressuscitar os princípios cabralistas, gaba-se de por os ter amarfanhado e deitado fora! Tornou-se um partido prepotente, clientelista e densamente povoado pelos antigos agentes dos tugas. É uma formação política onde quem tem dinheiro compra a liderança. Prova disso é o fato de ter sido liderado pelos peões como Cadogo Jr e atualmente pelo “moço de recados” da CPLP (Portugal, Angola e Cabo Verde), Domingos Simões Pereira. Pergunta-me: como pode o partido “libertador”  tornou-se numa concha tão vazia?

O “moço de recados” eleito no ultimo congresso do PAIGC como líder nunca demonstrou capacidade política. Era um bajulador que entregava envelopes às concubinas dos dirigentes daquele partido. É uma caixa de ressonância dos barões de droga. A sua esposa está indiciada no desfalque de bilhões de Francos CFA. Para escapar a Justiça o regime de Cadogo colocou-a na Embaixada em Portugal.. Como estava a dizer, a incapacidade política é tão profunda a ponto de o levar a cometer erros básicos de 1) lançar apelo aos seus patões no exilo para regressarem ao país; 2) vender a José Mário Vaz o lugar de candidato às presidenciais pelo seu partido.

A candidatura de José Mário Vaz, por um lado visa dois propósitos: exibir a prepotência partidária e, por outro lado, desafiar o Supremo Tribunal de Justiça com o intuito poder declarar depois falta de transparência e, consequentemente, o não reconhecimento do escrutínio. O Objetivo do PAIGC, é baralhar as cartas. 
Um grupo de pessoas quer a instabilidade no nosso pais.
O Koumba Yala, continua a sua campanha no sentido de apoio a NUNO GOMES NABIAM.
A equipa de cadogo jr., nao se contenta com o derrube e para isso desejam a instabilidade e que as eleicoes jamais se realizem

Koumba passeou hoje pelas ruas de Bissau e brincando com tudo e com todos

Bissau esta e continua calmo
Bom dia Voz di sem voz,
 
 
Na Guiné gostamos de polemicar e de diz que diz para nada.
 
 
Para saber se o JOMAV roubou errario publico é simples. O proprio JOMAV aceitou  que Angola deu a Guiné-Bissau 12.5 milioes de dolares americanos e no outro caso o JOMAV disse ter comprado o predio da RTP por um montante de 1.254 milioes de euros ou seja 1 biliao de Francos CFA. So para salientar que o montante mensal da massa  salarial da funçao publica na Guiné é 5 milioes de euros. Ou seja os bancos comercias emprestam ao Ministro das Finanças e nao ao Estado o seu empregador....na par ali.
 
 
 
1. E so verificar nas contas do BCEAO (Banco Central) para ver quando é que o montante chegou, a proveniencia do montante e quem levantou o montante. Isso deve constar no BCEAO porque transferencia de devisa equivale a emissao monetaria.  Mesmo se o dinheiro passar por um banco privado, devido ao montante avulso, o BCEAO tera que saber a provenencia por causa da luta contra enrequecimento ilicito e contra branqueamento de capital e do contrapartida em moeda legal por causa da politica cambial.
 
Outra pista, nao é dificil porque em Bissau temos so 4 bancos comercias : BAO, BRS, Ecobank e BDU. E so convocar os Diretores dos Bancos como testemunhos para saberem do paradelo do dinheiro. Se nao houver nenhum traço dos montantes, que o JOMAV nos explique onde foi o dinheiro, porque ele  mesmo ja aceitou que o Tesouro Publico reebeu  aquele montante.
 
 
 
2. Ao respeito do 1 bilioes de Francos CFA que permetiu a compra  do predio da RTP Africa é simples houve hipoteca? que os bancos comercias nos digam e que o cartorio predial produz a prova de hipoteca. Eu, o que saiba, o montante maximo das hipotecas na Guiné sao 50 milioes de Francos CFA sobre 10 anos e tems que ter um salarios para que a entidade empregadora autorisa uma ordem de transferencia permanente até a extinçao da divida.
 
Ami i ka ministro di Finança dé, pa ma JOMAV contano pom. Pabia anos tudo no misti tambi kassas ku bonito.
 
Este mail pode ajudar a Procurodaria Geral da Republica nas investigaçoes.
 
Na Guiné i bom no bata bai pa Lei no dixa papia.
Tudo mentira..., tudo mentira.
Kumba nao foi preso e muito menos capturado seja la por quem seja.
Eu Doka para confirmar os rumores falsos, falei com Koumba Yala ontem a noite dia 9 de fevereiro 2014, e hoje dia 10...., Koumba Yala deu a sua aparicao na cidade Bissau em duas duplas cabines da campanha de NUNO NABIAM

Kumba falava e discursava para as pessoas desmentindo o falso jogo de cadogo jr. e de toda a sua equipa.
Por outro lado nao existe nenhuma movimentacao de militares da ECOMIB

Tudo o que se diz de KUMBA YALA, tudo mentira.
Estejam confiantes, nao existe nenhum sobressalto;

Bissau esta tranquilo e em paz esperando pelas eleicoes.
Estamos juntos..., Kumba esta e continua em Bissau

Eu Doka vos garanto e confirmo isso e o povo guineense pode confirmar isso,

00245. 516 38 42

sexta-feira, 7 de março de 2014

Urdumunhos di JOMAV

José Mario Vaz (JOMAV) foi designado como candidato do PAIGC às eleições presidências. Uma escolha que surprendeu todos os observadores nacionais e internacionais da vida politica guineense.
Para ser sincero esta irupção do JOMAV na corrida para as presidências, constitui un enorme inconveniente para o PAIGC e riscos elevados para uma derrota. Permitem que me explico :

1. José Mario Vaz era conhecido em Bissau como um amigo pessoal do malogrado Presidente João Bernardo Vieira. Desta amizade foi-lhe concedido varias isenções sobre material de construção que JOMAV importava. Até a chegada do Carlos Gomes Jr. na arena politica, o JOMAV nunca trabalho no Estado. Tendo sido designado presidente da Camara Municipal de Bissau em 2005, o JOMAV entrou logo a seguir no Governo como Ministro das Finanças.

2. O JOMAV como Ministro das Finanças, viveu o assassinato das varias figuras politica que o Governo da altura assumiu publicamente na pessoa do seu Porta-Voz, Oscar Barbos, vulgo Cancan. Devemos ser honesto com a nossa propria consciencia, um dos motivos e pretextosfortes do golpe de 12 de abril, foram os assassinatos politicos da legislatura do PAIGC. Golpe que foi possivel com entendimento entre alas do PAIGC e do PRS. Os militares e civis, quer no PAIGC, quer no PRS que instrumentalizaram e apoiaram o golpe, não deixarão o candidato do PAIGC ganhar as eleições.

3. O nosso sistema constitucional, o semi-presidencialismo constitui um simente propicio para instabilidade politica quando o Presidente da Repùblica e o Primeiro Ministro estão do mesmo bordo politico. Ja temos varios exemplos (Kumba-Alamara, Kumba-Faustino, Nino-Cadogo, Bacai-Cadogo, Raimundo Pereira-Cadogo). O PAIGC se quiser governar com estabilidade, se ganhar eleições legislativas, devem se descartar do JOMAV. A ala que venceu Congresso de Cacheu, não esta ainda suficiêntemente forte para neutralisar as capacidades nocivas da ala derrota dentro do PAIGC. Isso quer dizer que o recem eleito Presidente do PAIGC não vai ter tempo de organizar a maquina partidaria para embates eleitorais. E uma equipa jovem, com quadros competentes, mas que falta maturidade politica e que terà dificuldades a criar uma imagem de Presidente da Repùblica para um candidato que não tem base dentro de um partido divido.

4. Os mais velhos do PAIGC, detentor ainda do poder de decisão, entendem que o JOMAV usurpou a hierarquia e por isso não vão lhe apoiar. O JOMAV, não é Nino Vieira, não é Bacai Sanha que foram historicos e que dispõme de uma autoridade moral e uma legitimidade para unir e conseguir votos dos militantes do PAIGC. A escolha do JOMAV até pode ser uma menos valia para as eleições legislativas.

5. Para subregião, JOMAV pertenceu a um Governo que apoio o Laurent Gbagbo, antigo Presidente da Costa de Marfim que recusou reconhecer a vitoria do actual Presidente da Costa Marfim nas eleições presidências de 2011. O Governo do Carlos Gomes Jr., em apoio ao Laurent Gbabgo contra toda a comunidade de Africa Ocidental deu passaportes diplomaticos e de serviços aos emissarios de Laurent Gbagbo que não pudiam viajar para a Europa. Vejam www.lesafriques.com. Isso quer dizer que a candidatura do JOMAV jà é mais de que mal visto no nosso bloco geopolitico regional. E mais, na crise de Costa de Marfim, Angola apoiou o Laurent Gbagbo, militarmente, financeiramente. O Governo do Carlos Gomes Jr., seguiu Angola e quando a Costa de Marfim de Laurent Gbagbo ameaçou sair da Zona Franco CFA para criar a propria moeda nacioal, Angola emetiu a ideai da Guiné-Bissau sair tambem da zona CFA e propoe a Guiné de assegurar a convertibilidade da futura moeda nacional. O que foi uma engratidão porque os salarios da Guiné-Bissau eram pagos atraves do mercado de titulos pùblicos regionais da Zona CFA.

6. Para pessoal do PAIGC , os grupos de Braima Camara, Serifo Nhamadjo, Simões Pereira que não querem ouvir jamais falar do Carlos Gomes Jr., porque precisam de controlar o PAIGC, o JOMAV sara um Cadogo bis. Não apoiorão o JOMAV para as eleições presidências. Falta três semanas do inicio da camapanha eleitoral, como é que o candidato JOMAV vai ter meios financeiros para assegurar uma camapanha eleitoral ??? à não ser confirmar os desvios de 12,5 miliões de dolares americanos que até agora esta pendente na Procurodaria Geral da Repùblica.

7. A respeito dos desvios de 12,5 milioes de dolares, como é que o PAIGC, o partido mais experiente na politica guineense pode se aventurar a apoiar um candidato que tem dossier pendente de desvios de erario pùblico ? Ab inicio é um pessimo sinal para o eleitorado e os discursos de luta contra corupção, e de boa governação com a agravante de ver essa candidatura vetada pelo Suprêmo Tribunal de Justiça por causa de sinais fortes de enrequecimento ilicito com dinheiro pùblico.




Olá Doka bom ai, espero que tudo esta dando certo contigo ai.
Só para dizer uma coisa, nós guineenses devemos começar pensar de raciocinar quem somos nós.
Eu gostaria de pedir todas pessoas que estão a reclama de que o Sr Jomav deve candidatar para eleição, mais é bom que todos essas pessoas procuram saber quem é o Sr José Mario Vaz ?
Todos nós guineenses sabemos de que ele era ministro de finança, todo mundo elogio trabalho dele, mais em vão, porque ele não nos mostrou carácter de um líder que sabe governar. Pergunto, quem é responsável na altura que dinheiro desapareceu, e não chegou na tesouro publico ?
Meus caros vamos pensar um pouco, o Sr Jomav todos nós lhe conhecemos, principalmente eu lhe conhece pessoalmente, ele não tem dinheiro de comprar instalação de RTP África em Bissau, na valor de 1 milhão e tal de euro, se ele não roubou de todos nós.
Por isso Ministério Publico ágio bem de gravar candidatura dele, porque se não no dia é que ele for eleito vai roubar bilhões, porque ele já fez nada não saio, agora é a moda Guiné.
E outra coisa que todo mundo devem saber, Ministério Publico é a instituição que nunca se equilibra de um lado a outro porque somente eles é que podem fazer com que governantes corruptos deixam de pensar na furto.
José Mario Vaz vulgo (JOMAV) não tem condição de se candidatar porque ele tem caso na justiça, para quele se candidata ele deve ir responder acusação, PAIGC deve escolher outra pessoa.
Obrigado a todos. 
Finalmente, chegamos a um acordo.
RADIO PINDJIKITI, aceitou a proposta de Doka Internacional..., e amanha sabado dia 08- 03- 20014, o primeiro programa KINTI WIT..., trocamos o nome de Kussas na Kinti..., para KINTI WIT.

Um programa que vai ser comandado por DOKA INTERNACIONAL.
A coisa vai ser quente e vai estar aquecido ao extremo.

Primeiros convidados, e ja confirmados, serao as vitimas de atrocidades.
Amanha na RADIO PINDJIKITI..., com duas horas de programa em cheio...., das 10 horas da manha ate ao meio dia.

As vozes dos que sofrem, comecam a ser ouvidas.

Zeca Lima, Bikazel Namback e Joao Alexandre Forbes..., que estejam preparados..., porque os vossos nomes irao ser chamdos e sem piedade.

Telefonaram me de DAKAR para que eu DOKA fosse ao aeoroporto internacional Osvaldo Vieira- Bissau, visto que a cantora AICHA KONE iria chegar.  Ela viria de Guine Konacry..., sendo NUNO GOMES NABIAM pela sua vinda
Entretanto estando eu no aeoroporto e como se diz em criolo..., kau sukuru ba dja..., o aviao estaria ja aterrando e era visivel.
Estando o aviao a menos de uns 350 metros de altitude..., adivinhem
LUZ BAI....,
O aviao aterrou as escuras.
Apenas acontece isto na nossa terra.
Imaginam a tragedia que poderia ter acontecido?
Dizem que nao ha dinheiro..., ninguem faz nada, este governo dorme e pouco se importa..., mas a vida das pessoas continuam em jogo.
Eles pouco se importam

quarta-feira, 5 de março de 2014

CPLP: BARATA TONTA

A CPLP, isolada sobre assuntos políticos da Guiné-Bissau, já não sabe o que fazer. Saltita de palco em palco, nos fóruns internacionais para falar do meu país. O Ministro angolano da Justiça, Rui Mangueira, serviu-se de “boca de aluguer” dos tugas fascistas e colonialistas, a falar de apoios à democracia na nossa terra às Nações Unidas em Genebra, em 3 de Março. Pergunto: será que a CPLP não dialoga com a organização regional, a CEDEAO, onde a Guiné está geopoliticamente inserido? Será que Angola e Moçambique estão melhor colocados para falar nessa matéria tao cara aos seus países?
A partir de agora a Guiné-Bissau passa a fazer apelos a paz e democracia em Cabinda e em Moçambique. Assim o querem assim será!

domingo, 2 de março de 2014

Hoje se vai saber quem vai representar  PAIGC  como candidato as Presidenciais..., JOMAV ou MARUKAS, recordar que este ultimo foi embaixador nos ESTADOS UNIDOS salvo erro, e o seu nome apareceu no livro de KEBA SAMBU- ordem para matar
Keba falou pessimas coisas deste homem
Mais Desenvolvimentos sobre isto.

Por outro lado, uma coisa que me chegou atraves de uma abelha
CADOGO JR. em DAKAR???  Tentando vir para BISSAU???  Pa i bim son..., si fianssa, pa i bin

Neste momento Cadogo jr. tem uma guerra aberta com DOMINGOS SIMOES PEREIRA..., e eu Doka acho que esta guerra, ja estaria iminente.

Domingos S Pereira, que esteja atento..., porque a todo custo, Cadogo jr., deseja ver JOMAV na RIBALTA.
Portanto DSP, ganhou o congresso do PAIGC em CACHEU..., mas agora todo o cuidado merece ser tomado em conta.

Aonde vai isto parar?
Todos querem o poder, nem que seja preciso espezinhar e matar.

Bissau esta confuso, sujo e nojento.
Falta de agua, falta de organizacao, falta de lideranca, desordem total nas ruas e nas estradas..., inseguranca por todo o lado.

Enfim, nada funciona, os criminosos, andam a solta, apenas quem esta preso, sao os LADRONS DI TABANKA.

Muita mentira, muito roubo, muitos desfalques...,
Neste momento, os guineenses estao perdidos e a deriva.

Zeca Lima, Alexandre Forbes, e Bikazel Nambak..., continuam nas suas...., enganando, ou pensando que podem enganar ao povo guineense.

Esta semana, espero que sejam chamados a fim de clarificar alguma coisa

Porque tanto o ladrao o que vai a horta e o que fica a porta

Que sera que eu Doka quero dizer com isto???